14.3.11

PROCURA-SE: Ataque dos Bucks


Esta noite muita gente em Milwaukee deve ter tido pesadelos. Ou pelo menos pensaram que estavam num. 56 pontos em 48 minutos. É mau até para estes Bucks de 2010-11. Como é possível, perguntam-se muitos desses assolados pelos pesadelos.

Na temporada passada, foram uma das revelações e uma das equipas que mais progrediu. De um recorde negativo de 34-48 em 2008-09 passaram para 46-36. Terminaram na 6ª posição do Este e apuraram-se para os playoffs pela primeira vez desde 2006. Tiveram em Brandon Jennings um dos melhores rookies da época e com Andrew Bogut (nº1 do draft de 2005) a afirmar-se como um dos postes mais regulares e sólidos da liga, o futuro parecia promissor. O ataque já não era dos melhores (97.7 pts/jogo e um Off Rtg de 104.9, em ambos apenas o 23º melhor), mas uma defesa aguerrida (96 pts/jogo, a 7ª melhor marca, e um Def Rtg de 103.1, 2º melhor na NBA) permitiu-lhes fazer uma época muito positiva.
Nos playoffs perderam logo na primeira ronda, mas numa série muito equilibrada onde levaram os Hawks ao sétimo jogo (e sem Bogut, que se lesionou no final da temporada regular).

Para 2010-11, as expectativas em Milwaukee eram grandes. Esperava-se que continuassem a subir (e todos apontaram-nos para terminar nos 6 primeiros da conferência) e se afirmassem como uma equipa de playoff. Mas fizeram precisamente o contrário. Estão em 10º lugar no Este, com um recorde negativo de 26-39 (ainda a lutar pela última vaga para os playoffs, mas apenas porque estão no desequilibrado Este; entre as 30 equipas este recorde dá-lhes um pobre 22º).


E o que aconteceu aos Bucks esta temporada? A defesa continua lá. São a 3ª equipa em pontos sofridos (92.2/jogo) e em Def Rtg (102.0), números ainda melhores que os do ano passado. De facto, para uma equipa que está tão abaixo na classificação, são números inacreditáveis. Não é todos os dias que uma equipa de top 3 defensivo não está entre as melhores.

E para uma defesa tão boa estar tão abaixo, o ataque tem que ser muito mau. Que é exactamente o que o ataque dos Bucks tem sido toda a época. Muito mau mesmo. Estão com a paupérrima média de 91.2 pts/jogo (no fundo da liga, destacados) e conseguem mesmo à justa um Off Rtg acima de 100 (marcam apenas 100.9 por cada 100 posses de bola).
As percentagens de lançamento, como podem imaginar, não são boas: 42.5% nos lançamentos de campo (adivinhem em que posição nas 30 equipas? Pois, último, mais uma vez) e 34.1% nos 3pts (vá lá, aqui há equipas piores, estão apenas em 24º).

Se já tiveram a oportunidade (ou o azar) de ver algum jogo dos Bucks esta temporada, é provável que tenham visto um ataque muito estático, com poucas penetrações para o cesto, com pouco movimento da bola e, mesmo nas ocasiões em que conseguem rodar melhor a bola, muitos lançamentos falhados. Porque é assim que têm sido a maioria dos seus jogos. Difíceis de ver.

Se alguém souber do paradeiro do ataque dos Bucks, Scott Skiles agradece que lhe enviem a informação, com urgência. Porque lá para os lados do Bradley Center já se fazem vigílias e acendem-se velinhas por ele.


6 comentários:

  1. corey maggette tem de estar mais tempo em campo quer na posição 3 quer na posição 4. É claramente o melhor marcador de pontos deles...

    ResponderEliminar
  2. boas. e o drew gooden tb tem q jogar mais. o jennings e o bogut são o sumo desta equipa, e o resto são role players, mas alguns até são bonzinhos.... mas sim, são uma desilusão, e os jogos são uma seca.... para finalizar, excelente análise do blog 7 25.

    ResponderEliminar
  3. Precisam de um gas que comande o ataque tipo Lebron, kobe, granger, rose etc...

    ResponderEliminar
  4. Depois do jogo da noite passada entre miami e san antonio, bem que podemos dizer tb, procura se defesa dos SPURS, que tareia, a desforra do outr dia

    ResponderEliminar
  5. Os Bucks sofreram apenas 87 pontos, mas mesmo assim conseguiram perder por 31 pontos de diferença...

    ResponderEliminar
  6. Parece que já apareceu... e logo frente a quem imaginem lá, aos knicks pois foi.Parece que agora o que se procura é a defesa de New York, como já foi referido pelo Márcio e muito bem, a equipa da big aplle, ganhou mais no ataque mas não tem defesa pra ganhar títulos, pois afinal é a defesa que ganha titulos como sempre ouvi dizer

    ResponderEliminar