15.4.11

Partida... lagarta... fugida!


Ainda mal refeitos de todas as emoções da temporada regular, começam já amanhã as ainda maiores emoções da segunda metade da época. Já cheira a playoffs! As equipas estão todas a postos e a corrida pelo título começa já amanhã. E depois de 82 jogos e quase 6 meses à espera deste momento, quais são as equipas que chegam a esta fase em melhor posição para a corrida?




Conferência Este

Chicago Bulls
Depois duma temporada regular surpreendente, entram nos playoffs numa posição inédita: já não como underdogs e uma equipa que pode surpreender, mas sim como os favoritos de muita gente ao título. Terminaram a época em grande, vencendo 22 dos últimos 23 jogos e com uma série de 9 vitórias consecutivas. Com a vantagem-casa assegurada para todos os playoffs, vão ser um osso duro de roer no United Center, onde terminaram com um recorde de 36-5. Mas vamos ver como jogadores ainda inexperientes nos playoffs e um treinador rookie lidam com esta pressão.
O seu forte é a defesa (2ª melhor da fase regular, 91.3 pts/jogo) e diz-se que esta ganha títulos. Resta ver se o ataque (20º, 98.6 pts/jogo, mas a melhorar ao longo da temporada) acompanha.
Uma curiosidade: em todas as épocas que terminaram com 60 ou mais vitórias, os Bulls venceram o troféu. Mas nesses tempos tinham um jogador que dava pelo nome de Michael Jordan (e neste tempos têm um senhor que dá pelo nome de Derrick Rose, dizem alguns de vocês? Será suficiente?).

Orlando Magic
Stan Van Gundy gosta das hipóteses da sua equipa. Para ele, os Magic "a jogar bem, podem ganhar a qualquer equipa". E Van Gundy é conhecido por ser um dos treinadores mais sinceros da NBA, por isso, se o diz, é porque acredita realmente. Mas há um asterisco nas suas afirmações: "a jogar bem", algo que não têm feito sempre e algo que soa também a recado para alguns dos seus jogadores (ouviste, Gilbert Arenas?).
Continuam com uma das melhores defesas (4ª, 93.7 pts/jogo) e um jogador que nenhuma equipa no Este consegue marcar individualmente (que saudades de Perkins em Boston). Mas para poderem chegar mais longe que a segunda ronda, Howard vai precisar de ajuda. Apesar deste ter ficado mais curto desde a troca, o Superman pode valer por um froncourt inteiro. No entanto, o backcourt (hello, Nelson, Arenas, Turkoglu?) vai ter de elevar o seu jogo para os Magic serem candidatos a alguma coisa.

Miami Heat
Ah, os Heat! A equipa que ia dominar a NBA tem agora a sua oportunidade. Agora é a sério e se ganharem o título ninguém se vai lembrar da temporada regular e dos dramas de Novembro ou Março. Os Heat, ao contrário do que parece, são uma boa equipa defensiva (6ª, 94.6 pt/jogo). Na verdade, são bons dos dois lados do campo (uma das poucas que está no top 10 na defesa e no ataque, 8º, com 102.1 pts/jogo). O problema é que dependem quase exclusivamente do seu Big Three. Nenhuma outra equipa depende tanto das suas estrelas e tão pouco dos restantes como eles, o que torna o seu jogo mais previsível. Mas saber o que eles vão fazer é uma coisa. Conseguir impedi-los de fazer, é outra.
Com tanto talento individual vão ser sempre favoritos, mas só com três jogadores a produzir em séries a sete jogos, pode não chegar. Conseguirão fazer o que ainda não fizeram esta época e ter um contributo maior dos outros jogadores? Sem isso, dificilmente chegarão onde querem.

Boston Celtics
Os favoritos no Este durante 5 meses da temporada regular. Perderam gás no último mês e cairam do 1º para o 3º lugar. Resta saber se é cansaço e falta de forma ou apenas uma desaceleração para se prepararem para os playoffs. Porque um grupo veterano como este sabe que agora é que começa a sério. Também o ano passado já os davam como mortos e todos sabemos onde acabaram.
A chave para os Celtics está (como sempre) na saúde dos seus principais jogadores, especialmente Shaquille O'Neal. Porque todos apontam a troca de Kendrick Perkins como a responsável pela queda da equipa de Boston, mas eles estiveram sem Perkins até Fevereiro e estavam a dominar o Este. A diferença? O'Neal estava no meio. E é da sua presença interior que dependem as aspirações dos verdes. Com O'Neal totalmente recuperado (o que ainda não é certo), podem voltar às Finais.

Pacers, Sixers, Hawks e Knicks
Destas espera-se que caiam já na primeira ronda. Para os Pacers e os Sixers, qualquer coisa mais que isso já será uma surpresa. Os Hawks tentam vingar a derrota do ano passado com os Magic e mostrar que podem ser a equipa de topo que nunca mostraram na temporada regular. Não há muitos a acreditar nisso, mas é uma das rondas no Este onde se aposta que pode haver uma surpresa. A outra é a dos Knicks, onde Mike D'Antoni (e Carmelo) continuam a tentar mostrar que o ataque também pode ganhar títulos. Mas só a atacar (28ª defesa, 105.7 pts/jogo)? Boa sorte com isso.


Amanhã, vamos analisar os candidatos do lado do Oeste, onde as coisas parecem bem mais imprevisíveis logo desde a primeira ronda.

4 comentários:

  1. Penso que para os Heat o jogo passado com Boston mostrou claramente como eles podem vencer qualquer equipa da liga. Defender e depois atacar com todos os jogadores e não fazer ataques à vez de Dwyane Wade, Lebron e Chris Bosh.. Eu penso que eles podem ganhar, mas vão ter de perceber os seus papéis contra cada equipa dependendo do matchup de cada estrela.

    ResponderEliminar
  2. Acho que deste lado passam as 4 favoritas, mas acredito que os Knicks possam fazer 1 gracinha. De resto espero que os Heat mantenham a atitude demonstrada contra os Celtics.
    Aposto em Miami - Chicago para final de conferencia

    ResponderEliminar
  3. Agora é que vamos ver o verdadeiro big three dos Heat em acção! Acredito que estão prontos para os playoffs. E a questão do center tem sido menos falada, o Eddy Curry sempre vem ou os problemas de saúde não o deixam? De qualquer maneira o Ilgauskas e o Joel Anthony podem tomar bem conta daquela posição.

    ResponderEliminar
  4. Hey, vai ser mesmo Boston ;)

    ResponderEliminar