21.3.12

Candidatos - Chicago Bulls


Já fizemos a ronda pelos candidatos a Oeste, é tempo de ir até à outra ponta. Assim, depois da análise aos San Antonio Spurs, aos Oklahoma City Thunder e aos Dallas Mavericks, vamos até à cidade ventosa e até à equipa que vai com o melhor recorde da temporada, os Chicago Bulls.


Estão em primeiro do Este e da liga (38-10), mas, mais impressionante que isso, estão com um recorde de 10-4 nos jogos sem Derrick Rose. Para uma equipa que sempre foi acusada de depender demais daquele jogador, é um feito assinalável. E embora na temporada passada já tenham demonstrado que conseguem ganhar jogos com jogadores importantes lesionados, nenhum desses tinha sido o seu MVP. Conseguiram ganhar jogos sem Noah, sem Boozer, sem Noah e sem Boozer, mas continuar a ganhar (e a jogar bem) sem Rose é mais impressionante. 

E mais importante também. Porque de facto, as críticas de demasiada dependência de Rose eram justificadas na temporada passada. O base MVP era a sua maior e, demasiadas vezes, única arma ofensiva, o que custou-lhes caro nos playoffs. D-Rose conseguiu levá-los até à final de conferência, mas não chegou para ultrapassar os Heat. 

Este ano, os Bulls estão com um ataque mais equilibrado e com contribuições de mais jogadores. Para além de Rose, têm mais cinco jogadores na casa das dezenas nos pontos (Hamilton, Boozer, Noah, Deng e Watson). E mesmo suplentes e jogadores secundários como Brewer, Korver, Gibson e John Lucas, têm entrado com a sua parte no ataque e na marcação de pontos. E isso, obviamente, torna os Bulls uma equipa mais imprevisível e perigosa. 

E estão também mais eficazes desse lado do campo. Depois de terminarem a temporada passada com o 11º melhor ataque, estão, este ano, com o terceiro melhor ataque (108.8 de Off Rtg). Podemos comprovar essa eficácia com o facto de que são a 10º equipa que mais pontos marca por jogos (97.6), apesar de jogarem a um dos ritmos mais baixos da liga (apenas 25ª, com uma média de 89 posses de bola por jogo). Quer isto dizer que os Bulls marcam mais pontos em menos posses de bola. A definição, por excelência, de eficácia.

Estes vários jogos sem Rose, na verdade, são um mal que veio por bem, pois não só não tem prejudicado o recorde de vitórias-derrotas, como tem obrigado os outros jogadores a assumirem mais protagonismo e tem contribuido para melhorar o ataque da equipa. E esse era o aspecto onde precisavam de melhorar. Quando for altura de ganhar jogos nos playoffs, estes jogos da temporada regular sem Rose pode ter sido mesmo o melhor que lhes aconteceu.

Porque do outro lado do campo continuam tão bons como no ano passado. Estão com a segunda melhor defesa (98.8 Def Rtg) e são a melhor equipa da liga nos ressaltos (com um diferencial de +6.5, quase o dobro do segundo classificado). Têm uma defesa do lado da bola sufocante e são dos melhores, claro, nas rotações e ajudas defensivas.

Diz-se que se ganham campeonatos com defesa. Também se diz que "no rebounds, no rings". Pois bem, esses dois os Bulls têm. E este ano parece que têm também um ataque ao mesmo nível. Por isso, o mais importante para estes Bulls, mais do que alguma coisa a melhorar dentro de campo, é ter todos os jogadores disponíveis e saudáveis nos playoffs. Se os tiverem, são a maior ameaça para os Heat e são, junto com estes, os maiores candidatos ao título.

13 comentários:

  1. Stoudemire21/03/12, 15:17

    Para mim principais candidatos ao título. Têm o melhor plantel, e são uma equipa equilibradíssima. Poderemos ver uma final de conferência épica com os Heat, mas se somente 1 dos Big 3 não estiver nos seus dias na hipotética série, será muito complicado aos Heat passarem. Os Bulls têm uma grande vantagem no paint sobre os Heat, e todos sabemos como isso poderá ser determinante.

    ResponderEliminar
  2. Eu acho o segredo para os Miami serem campeões passa pelo Chris Bosh.
    Ele tem que jogar melhor nos playoffs senão os Heat estão lixados e os Heat não são campeões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. claro que passa pelo Chris Bosh afinal de contas eles tem um plantel muito curto e se o Bosh não aparece fica complicado para o Lebron e Wade tomarem conta de tudo...até pk eles 2 juntos mesmo marcando tudo não chega para vencer jogos como se viu no ultimo jogo entre estas 2 equipas...no ultimo jogo Lebron e Wade ainda jogaram mais ou menos mas depois chalmers,bosh,haslem e N.Cole falharam quase todos os lançamentos e ficaram praticamente a 0 no final da partida o que tornou impossivel a vitoria dos heat... Bosh ainda pode falhar mas o resto da equipa tem que acompanhar os outros 2 (lebron e Wade), agora se falha bosh e o resto da equipa então a missão torna-se muito complicada...por mais que Lebron e Wade sejam jogadores fantásticos, o basquetebol é um jogo de equipa....

      Eliminar
  3. Bulls definitivamente tem o melhor plantel da competição mas continuo achar que os principais favoritos são os heat... a equipa de Chicago nestes 2 anos tem feito duas grandes temporadas regulares pois apresentam o melhor plantel que faz com que a equipa seja consistente ao longo do ano, se um jogador joga mal aparecem outros para assumirem o comando da equipa. Nos playoffs isto muda um bocado, especialmente se tivermos a falar de um confronto directo com os heat, pois tenho visto todos os jogos dos bulls vs heat e a impressão que me dá é que os bulls só conseguem ganhar aos heat se a equipa de miami tiver um jogo desastroso como aconteceu no ultimo jogo entre as 2... Analisando o playoff do ano passado heat vs bulls e comparando as equipas de este ano eu dou o favoritismo a equipa de miami...eles tem um plantel superior ao plantel do ano passado e com o Big three a jogar muito melhor que a época passada e os bulls continuam a ter o mesmo grande plantel, se no ano passado não resultou este ano as dificuldades são as mesmas ou superiores...mas claro estou a falar em favoritismo e probabilidades pois tudo pode acontecer especialmente quando se fala da NBA xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, então nestas duas últimas época, os Heat já tiveram pelo menos 6 jogos desastrosos contra os Bulls; na época regular passada, em que perderam os 4 jogos, nos p off perderam um, e esta época já perderam outro. No deste ano nem jogou Rose, e a % de lançamentos nem foi muito diferentes. Não foi aí que residiu a derrota dos Heat; foi no trabalho de campo; os Heat levaram um banho de 50 ressaltos dos Bulls, contra somente 34.
      De qualquer modo, também acho que os Bulls, se não estiverem saudáveis, dificilmente serão campeões. Por isso defendi que deveriam ter adquirido um bom shooting guard, embora Lucas se esteja a portar bem, com uma média de 14,5 pontos nos últimos 5 jogos.

      Eliminar
  4. Offtopic: Não sei se já foi postado ou se toda a gente conhece, mas vale a pena ver esta série de episódios sobre a época dos Denver Nuggets:

    http://www.youtube.com/watch?v=MnuwwLSsR24

    Muito interessante para quem como todos os que passam por aqui, gosta da nba.

    Cumps

    ResponderEliminar
  5. Acho que entre chicago e miami estará o futuro campeão. Apesar de este ano miami já ter um bom banco, falta-lhe um poste influente, especialmente contra chicago que tem um jogo interior tão poderoso. Lebron James terá que estar no seu melhor para terem possibilidades.

    ResponderEliminar
  6. Como já disse, parece-me ter sido um pouco imprevidente por parte dos Bulls não terem adquirido um bom shooting guard até à deadline, vistas as lesões continuas de Rip, embora Lucas apresente uns bons 14,5 pontos nos últimos jogos sem Rose.
    Mas há muitas lesões; Rose, Rip e Deng e Watson, que têm jogado com lesões. O que impressiona é continuarem a ganhar jogos. E Thibs tem gerido a questão de Rose - joga, não joga?- de forma brilhante, protegendo-o, mantendo-o fora da equipa, só o fazendo regressar quando estiver completamente recuperado.
    Com a equipa em pleno, os Bulls têm todas as possibilidades: são uma equipa trabalhadora, solidária e humilde. Quando falha um, aparece outro. Até Boozer - o alegado ponto fraco da equipa - tem feito alguns bons jogos. E não se pode exigir mais de Noah: sabe-se que em todos os jogos dá tudo pela equipa. É por isso que, não sendo um dos fortes postes da liga, é dos mais eficazes e daqueles com que o treinador sabe que pode sempre contar.

    ResponderEliminar
  7. CARREGA BULLS! OS BULLS ESTÃO DOIDOS, ESTÃO BRAVOS!!!

    No entanto, não considero o gibson um jogador secundário. Defensivamente penso que dá mais garantias que o boozer e também molha sempre a bico em termos ofensivos.

    Apesar de tudo, e para grande pena minha, penso que nos playoffs os heat serão capazes de aniquilar os bulls.

    ResponderEliminar
  8. O facto de os Bulls terem boas segundas opções em todas as posições do campo, torna-os mais impermeáveis a derrotas quando alguém do cinco inicial está lesionado.
    Para além disso, a equipa mantém-se estável e coesa ao longo das últimas 3 temporadas e nota-se uma evolução constante no seu nível de jogo.
    Aqui o mérito vai para Thibodeau, que tem sido um treinador brilhante. Há mais equipas com plantéis de qualidade/profundidade semelhante ao dos Bulls, mas falta lá argamassa para juntar os tijolos todos.
    Assim, para os Bulls vai-se tornando cada vez mais fácil ser a melhor e mais consistente equipa da época regular.

    Nos playoff tudo muda e é necessário estar ao mais alto nível na altura certa e muitos jogos são decididos no último quarto. Aqui os Heat ou os Thunder levam vantagem por terem mais do que um jogador que pode resolver com uma jogada brilhante. Nos Bulls há o Rose e... pronto.

    Não querendo iniciar um guerra, acho que quando os Bulls chegam ao playoff Rose sofre um pouco de "síndrome de Kobe". Ou talvez "síndrome de Jordan" aplica-se melhor! Quando Rose começar a confiar no que os colegas são capazes de fazer em situações que todos se têm de superar e contribuir, os Bulls ganham o anel novamente. Quando a bola começar a ir parar às mãos de Korver ou CJ Watson como na década de 90 foram parar às de Kerr e Paxson.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou de Lucas, que nos últimos jogos, tem sido mais eficaz que Watson. E foi ele que acabou com os Heat, tal como fez ontem com os Raptors.

      Eliminar
  9. boas!
    Queria por uma questão que não tem nada a ver com este post mas não sabia onde colocar.
    Alguem me pode dizer quando acaba a league fantasy do setevintecinco? Tipo é agora quando acaba a faze regular? ou é só mesmo no final dos play-offs?

    ResponderEliminar