7.6.12

Podem ter cara de miúdos, mas de vitórias percebem eles



Já temos o primeiro finalista da temporada. Os Oklahoma City Thunder, naquela que foi uma das maiores reviravoltas a que já assistimos, sagraram-se ontem campeões da conferência Oeste. Os Thunder foram apenas a terceira equipa na história da NBA a recuperar de uma desvantagem de 0-2 e vencer quatro jogos consecutivos numa final de conferência. E pelo caminho deram uma demonstração de maturidade que deixou meio mundo boquiaberto. 

Já sabíamos que esta equipa tinha muita qualidade. E que tinham um dos melhores jogadores do mundo. E dois dos melhores defesas da liga. E um dos plantéis mais atléticos da NBA. Foram uma das melhores equipas da temporada regular e todos contavam com eles para marcar presença nas fases mais avançadas dos playoffs. Mas a forma autoritária e segura com que ultrapassaram os Spurs surpreendeu até aqueles que acreditavam na vitória da equipa desde o princípio.

Porque, apesar de todas as suas forças, este é um grupo de miúdos. São uma das equipas mais jovens da liga, com uma média de idades de 25 anos, e os seus melhores jogadores ainda não comemoraram o 24º aniversário (Durant e Westbrook têm 23 anos e Harden e Ibaka têm 22). E isso é algo que poderia notar-se nos momentos decisivos, em jogos equilibrados, quando a pressão está no máximo, os nervos podem levar a melhor e a inexperiência pode custar caro. 

O ano passado, esse foi um dos factores que lhes valeu a derrota na final de conferência com os Mavs. Westbrook (não só, mas principalmente) foi um dos que acusou a pressão. Cometeu muitos erros, teve muitas decisões precipitadas no ataque e muitos turnovers. 
Mas este ano a história foi bem diferente. A juventude dos Thunder não foi uma fraqueza e inexperiência foi algo que não se notou nesta série. Ou, pelo menos, algo que não se notou a partir do segundo jogo. Depois de terem desperdiçado uma vantagem de 9 pontos no quarto período e acabado por perder esse jogo, foram uma equipa segura e controlada nos quatro jogos seguintes. 

Para essa demonstração de maturidade e de controlo emocional, muito ajudaram Kendrick Perkins e Derek Fisher. O ex-jogador dos Celtics já tinha, na temporada passada, trazido mais experiência e veterania à equipa e, este ano, a adição do ex-jogador dos Lakers foi a melhor decisão que podiam ter tomado. Ambos têm experiência de Finais e de títulos, são dois líderes no balneário, duas vozes veteranas e dois mentores para os mais jovens. Com Perk e Fish, este grupo de miúdos parece um grupo de veteranos que fazem isto há anos e que não se deixam afectar pela responsabilidade do momento.

Pelo contrário. À semelhança do que fizeram na primeira e segunda rondas (frente a Mavs e Lakers), foi nos momentos mais decisivos que estiveram melhor. Tomaram o controlo dos jogos nas segundas partes e portaram-se como veteranos experientes nos quartos períodos dos jogos. Nestes playoffs, a juventude não tem sido uma fraqueza para os miúdos de OKC. Juventude tem sido sinónimo de mais energia, mais velocidade, mais pulmão e mais vontade. Nestes playoffs, a juventude tem sido uma força.


Curiosamente, para chegar a este título do Oeste e às Finais, eliminaram as três equipas que dominaram a conferência nos últimos 13 anos. Desde 1999 que o finalista do Oeste é uma dessas três equipas (Spurs em 99, 2003, 2005 e 2007; Mavs em 2006 e 2011; Lakers em 2000, 2001, 2002, 2004, 2008, 2009 e 2010). Por isso, não deixa de ser simbólico que os Thunder tenham eliminado as três. Nenhum argumentista de Hollywood teria escrito melhor. É uma verdadeira passagem de testemunho e uma demonstração que a hora deles chegou. Os miúdos estão crescidos. E estão prontos para o assalto ao título.

9 comentários:

  1. Sérgio Lobo07/06/12, 23:56

    Já deixaram de ser meninos!

    Só nesta ronda de playoffs:
    Quem não se lembra do jogo perfeito de Ibaka?
    Do melhor jogo ofensivo de Sefolosha?
    Dos 18 pontos em 7 minutos do Durant?
    Dos mais de 10 pontos de Perkins?
    Do triplo do Harden no final do jogo 5?
    Das 12 assistencias do Westbrook (talvez o máximo de época)?

    Só prova que todos cresceram,e agora percebo como foi importante a chegada do Fisher (e faço mea culpa, pois na altura até fui contra).

    Agora s+o a vitória na final interessa. Thunder Up!

    ResponderEliminar
  2. Sao jovens mas nao sao imaturos . Sao uma verdadeira equipa , e ainda com margem de progressao a nivel individual , tem um jogo atraente e tem uma cidade ou para ser mais correto tem um estado a puxar por eles .
    E uma equipa que pode manter-se no top por longos anos sem fazer grandes alteracoes . Pode ser uma equipa a marcar uma era na NBA , a ver vamos !

    ResponderEliminar
  3. Subscrevo por inteiro tudo o que foi dito sobre Durant e companhia....e se existe um jogador que merece ser o "melhor" enasse e KD! Mas ainda assim, penso que nao necessitava de ser desta forma....é justa a passagem a final, mas nao havia necessidade de uma arbitragem caseira n 4 per...recordo um lance d falt e 2 de Manu transformado em atacante, um ressalto ofensivo penso q do lennard em k leva uma pancada n cabeca e "deixa" a bola sair pela linha d fundo e tambem um lance em q KD poe a bola n bracos d seu defensor direto e ainda assim é marcado falta defensiva....deja vu! Fez!me lembrar uma outra final,qd o Divac ensinou o Shaq a jogar a poste...e "teve" q sair c 6 faltas... De salientar a colaboracao d
    Popovic...comecou o ult per c TD e Parker n banco...ja d out vez tirou o Ginobili qd ele estava a jogar d forma brutal! Mistake Mr Pop! Ainda assim,parabens aos Thunder!

    ResponderEliminar
  4. Stoudemire08/06/12, 22:29

    http://www.youtube.com/watch?v=Qyft8BMskrs

    http://www.youtube.com/watch?v=PQ4owWLPa8o

    http://www.youtube.com/watch?v=JYir1bFmXZA

    Quem gostar de se rir e de observar o quão ridículo as pessoas podem ser, divirtam-se com o Skip Bayless, um gajo que foi ali posto (e muito bem!), para representar fielmente uma boa parte dos "adeptos" da NBA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. este gajo sempre foi 1 ultra hater de Lebron. N é agora q vai mudar. Nem preciso de ver o vídeo. Agora por haver pessoas exageradas n quer dizer q Lebron n possa ser criticado como tu pensas Stoudemire

      Eliminar
    2. Stoudemire09/06/12, 05:15

      "Agora por haver pessoas exageradas n quer dizer q Lebron n possa ser criticado como tu pensas Stoudemire."
      Falso.
      Stoudemire
      Lebron tem estado ridículo de ft nestes playoff.

      Isto é uma crítica na minha terra. Nestes playoff até agora não posso apontar mais nada, peço desculpa.

      Eliminar
    3. Stoudemire09/06/12, 05:19

      Já agora, tu que também gostas muito de cascar nele, não te vi por aqui a seguir ao jogo 6... Olha que elogiar fica bem às pessoas, não é só criticar.

      Eliminar
    4. O post era sobre os Thunder man... Que são uma grande equipa, com o melhor jogador da nba na actualidade na minha opinião, que é o Kevin Durant. Admiro muito a forma como construíram esta equipa, a combinação certa de grande talento jovem com jogadores de campeonatos, como o Fisher e o Perkins faz destes OKC a melhor equipa da actualidade. Muitos parabéns a eles e aos seus fãs que merecem o título da conferência Oeste.

      Stoudemire: O Skip Bayless apesar de tudo é mais esperto que tu. E o Stephen A. Smith é hilariante, apesar de ser um grande cromo, podias aprender mais com ele.

      Eliminar