15.7.12

Miami (Rep)Heat?


Ainda vamos apenas na primeira semana de free agency e muito pode (e deve) ainda acontecer até ao início da temporada. Afinal ainda faltam mais de três meses para a bola ao ar na época de 2012-13 e muitos jogadores podem ainda mudar de ares. Para além dos free agents ainda disponíveis, podem ainda acontecer trocas entre quaisquer outros jogadores e equipas. Mas alguns dos maiores nomes que estavam disponíveis no mercado livre já têm equipa, por isso, podemos já fazer alguns balanços e avaliar as equipas que se deram melhor nesta free agency.

Para começar, vamos até South Beach e aos actuais campeões. E como se deram os Miami Heat nesta free agency até agora? Nada mal. Nada mal mesmo. Conseguiram aquele que era o seu maior alvo, Ray Allen, e ainda sacaram mais um atirador para abrir espaço para Wade e Lebron, Rashard Lewis.


Podem não ter (ainda?) conseguido o poste que queriam e que eternamente perseguem (conseguiram um através do draft, Justin Hamilton, que pode dar uma ajuda e conseguir um lugar na rotação, mas pouco mais), mas reforçaram (e bem) o jogo exterior. Como escrevemos quando Ray Ray anunciou a ida para Miami, imaginem o que aconteceu nas Finais deste ano (Battier, Chalmers e Miller com laçamentos isolados na linha de três pontos devido às penetrações de Wade e LeBron e ao jogo a poste baixo de LeBron), mas com o melhor triplista de sempre a receber a bola. E agora, para além de Allen, imaginem isso também com Lewis. O ataque dos Heat pode ser imparável. 

Não quer isso dizer, no entanto, que os Heat serão imbatíveis. Porque o small ball com que bateram os  Thunder (e a que devem recorrer bastante no próximo ano) funciona muito bem contra equipas com um jogo interior ofensivo fraco (como os Thunder). Contra equipas dessas, os Heat podem jogar com LeBron a power forward e Udonis Haslem/Joel Anthony/Chris Bosh a poste e criar mismatches no ataque sem comprometer a defesa.

Mas contra equipas com jogadores interiores capazes de jogar de costas para o cesto e bons ofensivamente, os Heat sentem mais dificuldades (como vimos contra os Pacers e Celtics). Aí o small ball pode continuar a funcionar no ataque, mas traz problemas na defesa. Obriga LeBron a defender um jogador interior (e a desgastar-se mais) e revela as deficiências defensivas dos seus postes.

No small ball serão imbatíveis, mas continuam a precisar de um poste que lhes dê mais armas para (quando e se fôr necessário) jogar big ball. Com um bom poste defensivo (alguém como Camby teria sido ideal), seriam verdadeiramente imbatíveis. 

Não sabemos, por isso, se as movimentações em Miami ficam por aqui e a offseason pode ainda melhorar, mas até agora já é bastante positiva. Podem não ter ainda armas para todas as ocasiões, mas já foram a melhor equipa da temporada passada. E agora ainda reforçaram essa equipa. São por isso, e para já, os maiores candidatos ao próximo título.

13 comentários:

  1. Stoudemire16/07/12, 08:01

    Como já disse, e parece que já há movimentações nesse sentido, Oden.
    É a escolha possível neste momento, pelo menos que eu saiba...
    Mudando de assunto parece que está para breve a construção do melhor 5(pelo menos) da NBA, se é que já não o é, ainda seria melhorado.
    Repito, os Lakers realmente são uma franchise à parte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo que são uma franchise à parte, daí eu ser fã dos La Lakers. West, Wilt, Kareem, Magic, Shaq, Kobe...

      Eliminar
  2. os miami se já n tinham desculpas para justificar derrotas estes ultimos dois anos.. agora juntando estes dois ficam num patamar aonde é mesmo obrigatório vencerem a tudo e a todos..

    enfim.. fiquei mesmo muito desiludido com a opção do ray allen.. seja como for estou atento a ver o que os bulls conseguem sacar pois vai ser complicado sair de East uma equipa que lhes fará frente nos playoffs :(..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Stoudemire16/07/12, 11:24

      É como os Lakers que também era obrigatória vitória e depois foram limpos pelos Detroit sem estrelas.
      As pessoas ainda não se aperceberam que no desporto qualquer um pode vencer independentemente dos nomes, para isso ninguém via NBA para o ano.
      Já agora achas que (hipoteticamente) perder na final contra (hipoteticamente) Howard, Gasol, Metta, Kobe e Nash seria indesculpável ou contra os OKC? Ou mesmo antes com Boston ou Chicago?
      Bem podemos todos desligar durante um ano da NBA porque para o ano os Heat fazem 82-0 e 16-0...
      Que venha a época 2013-14, que o bis já está feito!

      Eliminar
    2. indesculpavel? sim! completamente..
      neste momento não tens uma equipa na nba que tenha tanto potencial junto.. pura e simplesmente não existe!

      mas eu nunca disse nem nunca direi que as outras equipas não têm chances de os vencer.. nunca disse nem nunca direi que eles ja têm o campeonato ganho..

      se eu t perguntar se vais ver os jogos olimpicos? provavelmente responderias q sim.. se te perguntar os eua têm alguma desculpa caso não vencam? que resposta darás?!
      não venham com a espanha isto ou a lituania ou a argentina ou seja la que selecção for.. o potencial dos eua é demasiado grande a comparar com as outras selecções que não existem desculpas em caso de derrota!

      e indesculpavel não é tirar o mérito á equipa adversária!

      Eliminar
    3. Stoudemire16/07/12, 18:06

      Estás a comparar uma seleção dos USA vs resto do mundo com Miami vs resto da NBA? Humm...

      Eliminar
    4. jovem, pega nas palavras que escrevi e trata como as quiseres.. no problem..

      para mim os miami heat têm potencial e talento de sobra para vencer e não têm pontos por onde se pegue para desculpar qualquer falha..

      eu estou deste lado a puxar contra..

      Eliminar
    5. Stoudemire17/07/12, 12:32

      Miúdo, não tens noção nenhuma de potencial se achas isso.
      Queres um ponto por onde pegar? Os outros serem melhores à melhor de 7 jogos, chega?

      Eliminar
    6. ok Stoudemire, estava a tentar ser educado contigo.

      Eliminar
  3. 1- USA diferente de Miami Heat. Não compares ambos, na NBA há equipas e jogadores para fazer frente a Miami. Na FIBA, só Espanha e Argentina talvez possam fazer isso. E tu próprio o referes. Potencial dos USA é muito maior que os outros.
    E apesar de Miami estar no topo, a diferença entre 1 e outras 5 equipas não é tão grande.

    2 - presumo que estejas desiludido com o Steve Nash também?

    3 - Miami nunca arranjou desculpas, era CAMPEONATO ou NADA. Como campeão e projecto criado somente para ganhar, Miami tem obrigação de olhar só para a vitoria. Se dissesses isso, ok.
    Mas por causa do talento? Olha para Nova Iorque. Olha para LA.

    Miami tem talento, e um jogador de Outro Mundo, mas o que lhe deu vitorias foi o conceito de equipa. E equipas tens muitas na NBA, algumas melhores que Miami.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. presumo que tenhas pego no meu comentario e aproveitado a resposta.. e se foi esse o caso penso que deverias ter feito responder ao comentario pois assim ficou como uma resposta solta.. se estiver enganado peço desculpas..
      1 - como respondi ao stoudamire é simples.. lê e relê o q escrevi.. o que foi dito começou em relação ao assistir aos jogos verificando o diferencial de potencial das equipas..
      2 - quando falo sobre a minha desilusão sobre o ray allen estou a referir a um dos maiores icons que segui nos ultimos anos.. um jogador que sempre sempre admirei principalmente nos seus anos em seatle.. o caso de nash é comparavelmente diferente.. mas como sinto q a pergunta é no sentido kobe lover + lebron hater fico-me por aqui..
      3 - perdime.. n sei o q quisest dizer mas ok..

      Eliminar
    2. Comparar Miami a concorrência e os USA a concorrência não tem lógica. Sobretudo com os argumentos que propuseste. OKC, LAL, BOS, SAS não são coitadinhos, nem ficam atras de Miami.
      Espanha (n.2 ranking) não esta no patamar dos EUA.
      OKC esta no patamar de Miami. Entre outros.

      Não é Kobe nem LEBRON.
      Trata-se de Boston e Miami de um lado.
      E Phoenix Suns e Lakers de outro.
      Qual a diferença? Ah, os Suns não tentaram livrarsse do NASH. Tens razão, e mesmo diferente!

      Eliminar
  4. Só temos mais 2 anos de Miami Heat ! :(

    ResponderEliminar