10.7.12

Partida, lagarta, f...ree agency!


Começou ontem, em Orlando, a Summer League, mas as notícias mais importantes por estes dias continuam a ser as da free agency. Afinal, o interesse competitivo da liga de Verão é nulo e o objectivo é apenas experimentar/ver em acção/dar minutos de jogo/rodar rookies, jogadores do fundo do banco e outros sem contrato e candidatos a um lugar na equipa. É uma oportunidade dos jogadores se mostrarem às equipas e destas rodarem jogadores novos e/ou menos utilizados e recrutarem algum outro para completar a equipa. 

Para nós, fãs, o maior motivo de interesse é mesmo ter uma antevisão dos rookies e uma amostra daquilo que eles podem fazer (mas mesmo isso pouco revela de como se vão portar na liga a sério. Anthony Randolph, por exemplo, dominou a Summer League de 2009). Por isso, vamos deitando um olho ao que se vai passando em Orlando e se houver algo que mereça destaque, lá iremos (e se houver algo que vocês queiram destacar ou pensem que não pode passar despercebido, o espaço ali em baixo é todo vosso). Mas para já, continuamos no que de mais relevante se passa na NBA neste momento e isso é: as movimentações que as equipas vão fazer.


A partir de amanhã (já daqui a umas horas), já se podem fazer propostas oficiais aos restricted free agents (as suas respectivas equipas têm depois três dias para igualar) e já se podem assinar contratos com os unrestricted. E tendo em conta as movimentações já confirmadas e todas as outras que correm por aí, vamos ter um dia muito preenchido amanhã.

Para já, mais umas já confirmadas pelos próprios:

- Jason Terry vai mesmo para os Celtics, porque estes mostraram muito interesse nele e os Mavs pouco ou nenhum.


- Nick Young tem acordo com os Sixers para um contrato de um ano. O agente de Young confirmou-o à ESPN. O que quer dizer que Lou Williams vai ter de procurar outra equipa (e já se despediu dos fãs de Philadelphia).

Quanto a rumores (cada dia que passa parece que entra uma equipa nova na novela do Howard) e notícias ainda apenas oriundas de fontes, continuam a sair às mãos cheias. Vamos ver quais se confirmam, já a partir de amanhã. Até já!

13 comentários:

  1. Perry Jones III a mostrar serviço!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o perry jones e um jogador que gosto muito tenho pena de não ter sido escolhido para os miami passando o bosh para center

      Eliminar
  2. Slice of Butter10/07/12, 23:32

    E o rumor do possível interesse dos Heat no Rashard Lewis? Não percebo, querem fazer uma coleção de small-forwards? LeBron, James Jones, Mike Miller, Shane Battier e agora o Lewis? Porra. Não há maneira de arranjarem um Center minimamente decente e que possa ser uma opção válida para 5 inicial.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a posição 5 é complicada de ser reforçada com pouco dinheiro, a única opção que tinham era mesmo o Camby mas os Knicks apareceram na fotografia e elevaram muito a parada, M.Camby com 38 anos ainda assinou um contrato de 13.2M e os NYK ainda cedeu vários jogadores e picks, miami nunca poderia nem de perto igualar uma propostas destas...acho que os NYK neste campo esforçaram-se para garantirem este substituto de T.Chandler nem que seja para que os Heat continuem sem opções nos confrontos entre big mens...

      acho que os NYK pagaram demasiado por ele mas tambem acho que foi boa jogada da equipa de NY...assim Chandler e Stoudemire podem ficar mais aliviados dos problemas com as faltas e o principal adversário não fica mais forte...

      Pat Riley já desde o fim dos playoffs que disse que a prioridade era arranjar um bom atirador e isso Miami conseguiu na contratação de R.Allen que era o alvo preferido...M.Camby foi apenas uma tentativa na expectativa que ninguém elevasse a parada por um jogador de 38 anos mas ao que parece os NYK não se deixaram ficar... ou foi uma jogada de Pat Riley para sacar outro coelho da cartola vamos esperar para ver mas acho que dificilmente arranjam um center decente...de qualquer forma acho que os Heat já estao a pensar utilizar cada vez mais o Bosh na posição 5

      Eliminar
  3. o rashard pode jogar como pf (jogou assim em orlando), o mike miller pode jogar a sg (ao longo da sua carreira jogou assim), o shane battier pode jogar a sg ou sf e o james jones pouco vai jogar. não há grandes centers para o dinheiro que eles têm...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Slice of Butter11/07/12, 01:09

      Seja como for, faz-me confusão ver tantos jogadores com características semelhantes na equipa. Quando li o rumor pensei logo que os Heat estavam a preparar a amnistia no Mike Miller, o que não era nem de perto nem de longe uma boa opção na minha opinião porque com saúde ele é uma ajuda tremenda. Se a ideia é usar o Bosh a center definitivamente (eu não gosto de ver, para mim devia ser melhor aproveitado agora que está a jogar verdadeiramente como um PF), o Rashard até pode ter lugar no 5 inicial jogando a PF, sendo que ele é reconhecidamente um bom ressaltador. Não acredito que isso venha a ser assim, até porque o Lewis chegou como mais uma opção de lançamento exterior para equipa, penso eu. Depois têm um banco bem recheado, com o Miller, o Battier, o R. Allen e o Haslem. Tudo bem, até pode dar resultado, mas volto a repetir que gostava de ver um decente big man na equipa. Pena nao termos "fundos" para isso! Já quanto ao Joel Anthony, ao Pittman e ao Hamilton, não me parece que venham a ter contribuições decisivas, vamos lá ver. Só estou curioso para ver o rendimento do Norris Cole na próxima época.. o homem tem talento!

      Eliminar
    2. Small ball won a championship

      Eliminar
  4. o Rashard Lewis esta confirmado nos Heat oxala que jogo alguma coisa e nao faça como nos Wizards.

    ResponderEliminar
  5. Rashard Lewis mais uma boa peça para os Heat...ou é de mim ou já se estão a pôr numa situação muito boa para repetir o campeonato.

    ResponderEliminar
  6. Stoudemire11/07/12, 06:24

    Os Heat a meu ver só têm uma coisa a fazer, assinar o Greg Oden.
    Um big man, com risco zero pelo salário mínimo e como sorte ainda o conseguem recuperar minimamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é ele aceitar um salário minimo... Mas acredito que mesmo sem um big man, Miami vai continuar no topo da liga!

      Eliminar
    2. joel pryzbilla foi falado no ano passado e acredito que para fazer uns 20 minutos por jogo é boa solução.

      Eliminar
  7. Miami está a seguir uma boa política de contratações. Em vez de ocupar uma série de lugares no plantel com vários postes inúteis, está-se agora a preocupar em contratar jogadores de qualidade, como agora o Rashard Lewis e a enriquecer a equipa. Claro que se arranjarem um poste ou extremo poste razoável vale a pena.

    ResponderEliminar