6.10.12

Boletim de Avaliação - Washington Wizards


Para encerrar a digressão pela Southeast Division (e pela conferência Este) vamos até à capital dos Estados Unidos ver que tal correu a continuação do plano dos Wizards para sair do fundo da tabela:


Washington Wizards

Saídas: Andray Blatche, Rashard Lewis, Brian Cook, Maurice Evans, Morris Almond e James Singleton
Entradas: Emeka Okafor, Trevor Ariza, Martell Webster, Jannero Pargo, AJ Price e Bradley Beal (3ª escolha no draft)
Cinco Inicial: John Wall - Bradley Beal - Trevor Ariza - Nenê - Emeka Okafor
Banco: AJ Price - Jannero Pargo - Jordan Crawford - Jan Vesely - Trevor Booker - Kevin Seraphin
Treinador: Randy Wittman

Balanço: Os dirigentes dos Wizards perceberam que com a equipa que tinham não só não iam a lado nenhum, como estavam também a comprometer o desenvolvimento do seu maior talento, John Wall.  Eram cabeças ocas a mais no mesmo balneário. E se um cabeça oca numa equipa veterana e com jogadores que o orientem pode dar um bom jogador (não duvido que JaVale McGee vá ser muito bom nos Nuggets, por exemplo), muitos cabeças ocas juntos na mesma equipa nunca dá bom resultado.

E assim nasceu o plano dos Wizards para limpar o balneário dos cabeças ocas e rodear John Wall com jogadores mais veteranos. Um plano que começou no trade deadline da época passada, quando trocaram McGee por Nenê, e continuou nesta offseason, com a amnistia de Andray Blatche (e dos 23 milhões restantes do seu contrato). 

O plano continuou com a troca de Rashard Lewis por Emeka Okafor e Trevor Ariza. São dois veteranos úteis pelo preço de um que não fazia parte dos planos da equipa. Com Nenê e Okafor ficam com um frontcourt a sério, com uma boa defesa interior e uma ameaça a poste baixo para o ataque. E Ariza preenche outra posição do cinco inicial com mais um veterano (e mais um bom defensor). E são dois veteranos que vão melhorar a equipa no presente, sem atar as mãos do front office no futuro (têm apenas 2 anos de contrato, com player option em 2013-14, por isso mantém as opções dos Wizards em aberto).

No draft escolheram um jogador para a posição que mais precisavam. Já tinham Okafor e Nenê para o interior, já tinham Wall a base e Ariza para small forward. Faltava-lhes um shooting guard. A escolha óbvia para os Wizards era Bradley Beal. E com Beal e Wall têm um excelente backcourt para o futuro, com dois jogadores com potencial All-Star e dois jogadores que se devem complementar bem (Wall, mais penetrador e Beal, mais lançador).

A completar a offseason, ainda adicionaram dois bons suplentes para Wall (AJ Price e Jannero Pargo), para completar e solidificar a rotação.

Não está a correr mal o plano para sair do fundo da tabela. Foi uma offseason bastante positiva e os Wizards ficaram muito melhores. Agora já têm uma equipa. Ainda não é equipa para aspirar a muito (embora os playoffs no Este não estejam fora de questão), mas já é qualquer coisa. E conseguiram isso sem hipotecar a flexibilidade futura. Foi um bom trabalho e os Wizards são uma das equipas que vão dar um salto maior esta temporada.

Nota: 13


(e assim encerramos a conferência Este. A seguir vamos para Oeste e começamos por baixo, pela Southwest Division e pelos Dallas Mavericks)

4 comentários:

  1. Na minha opinião os Wizards foram das equipas que melhor se movimentaram nesta offseason. Bons reforços e sem hipotecar o futuro. Julgo que melhoraram imenso (contando com a ainda recente chegada de Nene), e que têm todas as condições para entrarem nos playoffs ali no 7º ou 8º lugar. É sempre muito subjectivo, mas eu dava-lhes uma nota bem superior ao 13.

    Parabéns pelo 2º aniversário do blog e continua com o excelente trabalho no blog obrigatório para todos os fãs portugueses de NBA!

    ResponderEliminar
  2. Os Wizards tem equipa para estar nos playoffs numa posição baixa entre 6º e 8º, mas nao acredito que cheguem longe nos PO mas podem ganhar 1 ou dois jogos aos cabeças de serie.

    ResponderEliminar
  3. Papa Valdemares06/10/12, 23:47

    Estes são outros que só vão fazer número.

    De qualquer maneira, é como o Tiririca: pior não fica(m).

    ResponderEliminar
  4. Número Papa Valdemares ? Já parecem as conversas do outro lol Olha que o cinco inicial deles é muito razoável mesmo. Só não acredito muito que eles cheguem aos playoffs porque não têm banco para acompanhar, mas melhor que estes anos quase de certeza que vão fazer.

    ResponderEliminar