14.4.13

Uma temporada de recordes


Independentemente da equipa pela qual torcemos, de quem seja o nosso jogador preferido, de que equipa queiramos ver campeã e quais queiramos ver ficar pelo caminho, todos devemos sentir-se sortudos pela temporada que tivemos o privilégio de assistir até aqui. Porque ao longo destes seis meses tivemos uma das temporadas com mais recordes e mais momentos para a história de que nos lembramos. Esta foi a temporada em que:


- Os Knicks bateram o recorde de equipa com mais triplos numa época (857 até agora, ultrapassando os 843 dos Magic de 08-09)

- Damian Lillard bateu o recorde do rookie com mais triplos numa época (177 até agora, a ultrapassar os 166 de Stephen Curry)

- (e a propósito do base dos Warriors) Stephen Curry e Klay Thompson tornaram-se a dupla com mais triplos numa época (466 até agora)

- (ainda nos triplos e não faltaram recordes da linha dos 7,25 nesta temporada) Deron Williams estabeleceu um novo recorde de triplos numa parte (com 9 triplos na 1ª parte do jogo frente aos Wizards)

- LeBron James tornou-se o primeiro jogador na história a ganhar cinco vezes seguidas o prémio de Jogador do Mês

- O mesmo LeBron tornou-se também no primeiro jogador da história com seis jogos consecutivos com mais de 30 pontos e mais de 60% nos lançamentos

- Kobe Bryant tornou-se o jogador com mais presenças consecutivas no All Star (15, desempatando com os 14 de Karl Malone, Shaquille O'Neal e Jerry West)

- Os Clippers batem um triplo recorde de vitórias na sua história: o máximo de vitórias em casa (31), o máximo de vitórias fora de casa (23) e o máximo de vitórias totais (54 até agora, a bater as 49 de 74-75, quando ainda eram os Buffalo Braves)

- Os Grizzlies fazem também a melhor temporada da sua história, com 54 vitórias até agora (a ultrapassar também pela primeira vez as 50 vitórias - tinham como máximo 50 em 2003-04)

- Os Rockets igualaram o recorde de triplos num jogo (23)

- Os Heat batem o recorde da equipa de vitórias numa época (63 até agora, a bater as 61 da equipa de 96-97)

- Carmelo Anthony foi o primeiro Knick desde Bernard King com cinco jogos seguidos a marcar mais de 35 pontos e igualou o recorde de Pat Ewing com três jogos seguidos com mais de 40

- E os Heat tiveram a segunda melhor série de vitórias de sempre

Foi, até agora, uma temporada ímpar, recheada de grandes feitos e já com tantos momentos para mais tarde recordar. E ainda faltam os playoffs.


Actualização - 15-04, 21:58:
Mais dois grandes feitos a que assistimos esta temporada. Esta foi também a temporada em que:

- Kobe Bryant marcou o seu 31420º ponto e ultrapassou Wilt Chamberlain para chegar ao 4º lugar da lista de melhores marcadores de sempre

- E os Nuggets fazem também a melhor temporada regular da sua história, com as 55 vitórias que têm até agora a ultrapassar as 54 de 87-88

35 comentários:

  1. Stoudamire14/04/13, 20:37

    - O mesmo LeBron tornou-se também no primeiro jogador da história com seis jogos consecutivos com mais de 30 pontos e mais de 60% nos lançamentos

    --

    Esta é daquelas stats tiradas do olho do c* (perdoe-me a expressão) que a ESPN gosta de fazer para o Lebron...ahah

    ResponderEliminar
  2. Spud-Webb-Mire14/04/13, 21:03

    Grande época! Lá pra Junho estamos todos no marquês outra vez, até os comemos! Let's Go Heat!!!

    ResponderEliminar
  3. Black Mamba14/04/13, 23:00

    Update da lesão do Kobe! http://i.imgur.com/spqfyPx.jpg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a imagem do pierce é de grande memória para os celtics, nesse jogo ainda voltou e (quase) sozinho venceu o jogo, e imagina tu contra qual equipa foi???

      finals 2008



      Eliminar
    2. hehehe tá engraçado.. bem, life goes on. bem, esta é a oportunidade de howard demonstrar q é a estrela da era pós-Kobe q os Lakers precisam, agora já n pode haver desculpas.. Os Lakers TÊM de ir aos playoffs. 1st step.. se isso acontecer, dps de lá estar pensa-se no resto (nem q sejam swept in the first round).

      Eliminar
    3. LBJ tenho 1 respeito enorme pelo Pierce enquanto jogador. Para mim é daqueles q marcou 1 geração. Mas esta "lesão" é gozada a torto e direito. E com motivo. Estás a falar de 1 gajo q teve de sair de CADEIRA DE RODAS do campo... Pq n se conseguia levantar e passado uns 2/3 minutos volta a andar e a jogar como se nada tivesse acontecido.. n pega... Ah e já agora no ano a seguir adivinha quem se vingou... e contra quem?

      Eliminar
  4. Blue Energy 99915/04/13, 00:10

    Já agora, a propósito dos playoffs... Márcio, este ano voltaremos a ter o concurso das previsões das grelhas dos playoffs para enviar para ti?

    ResponderEliminar
  5. Papa Valdemares15/04/13, 02:52

    1) Como eu previ, os Dallas foram uma desilusão. O próprio Cuban já veio deizer que fez caca e da grande!

    2) Miami vai limpar isto com clareza.

    3) Os Spurs, independentemente do que fizeram nos PO, continuam a ser os eternos velhos enterrados à partida e que, no final, vêm confirmar as palavras de Samuel Clemmens: as notícias acerca da sua morte foram claramente exageradas.

    4) Os Lakers nunca tiveram química, foram marcadas por sucessivas lesões e enterraram as últimas chances de fazerem algo de significativo. De facto, tiveram lesões prolongadas Nash, Kobe, Metta, Gasol, Howard, Hill, o PG suplente (não me lembro do nome e não estou para ir procurar).

    5) Os Thunder deram um passo atrás, com a saída do Barbas, mesmo tendo em conta os progressos de Ibaka.

    6) Os Clippers têm um grande plantel, mas falta-lhes química. Fizeram uma época aquém, na minha perspetiva.

    7) Grande nota para os Nuggets. Fantástico! Uma equipa sem estrelas, mas uma verdadeira equipa.

    8) Para concluir, só vejo uma equipa capaz de travar Miami: os Knicks. Se conseguirem chegar à final de conferência e enfileirarem um conjunto de jogos como um que fizeram contra Miami, podem derrotá-lo(s). Mas só nesse caso.

    9) Última palavra mesmo para Boston: foi a última «run». Foi uma bela viagem, mas acabou!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo sem Harden, acho que se vai repetir Miami vs OKC nas finais.

      Eliminar
  6. Grande vitória para os Lakers. O coração de Campeão está lá, mesmo sem a qualidade técnica necessária para chegar à vitória final, orgulho na purple and gold.

    ResponderEliminar
  7. Stoudemire15/04/13, 08:24

    No Kobe, no problem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz lembrar os Heat quando ganharam em San Antonio...curioso, foi contra a mesma equipa! :)

      Eliminar
    2. Stoudamire15/04/13, 13:39

      Mas tem razão o Stoudemire, quando os Heat ganharam sem o lebron e o wade não tivemos direito a post "No lebron, no problem". Ele está a citar e bem o título de uma entrada recente deste blog.

      Eliminar
  8. Stoudemire15/04/13, 08:58

    E orações para o Faried?
    Isto sim tem sido uma pena, a onda de lesões dos Denver porque sem elas não sei se não poderiam ganhar a conferência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Isto sim tem sido uma pena" - mto sentimental - pena é não partilhares esses sentimentos no que toca aos Lakers. Ou eles n têm tido 1 onda de lesões tb?

      Eliminar
    2. Stoudamire15/04/13, 13:32

      Kiko, Haters gonna hate.

      Eliminar
    3. Stoudemire15/04/13, 15:28

      Segundo vocês os LAkers não tinham equipa para ganhar logo a lesão não intervém no título. Estas sim, os Denver podiam fazer uma gracinha na máxima força. Simples.

      Eliminar
    4. Black Mamba15/04/13, 21:02

      Lesão? O Dwight esteve até à pouco para retornar à forma normal, o Jordan Hill está lesionado desde o primeiro terço da temporada, o Nash já perdeu uns 20 jogos este ano, o Gasol outros tantos, o Kobe andava a jogar cheio de mazelas (lembram-se da "não falta" do scrub dos Atlanta Hawks? pois...), o Metta World Peace foi operado ao joelho há duas semanas e recuperou em tempo record, o Earl Clark tem jogado com mazelas, o Jamison também. E tu falas de lesão? ahahah

      Eliminar
    5. Black Mamba15/04/13, 21:03

      o 5 inicial: Nash, Kobe, Metta, Gasol e Dwight começou uns 10 jogos no máximo esta temporada. Nunca estiveram todos disponíveis na mesma altura, o Kobe foi o último a cair, estoicamente, como é seu hábito.

      Eliminar
    6. Segundo vocês quem?? Quem disse q os Lakers n tinham equipa para ir longe? O q se pedia era saúde e 1 bom treinador. e de certeza q se tivessem essas 2 coisas pelo menos aos nuggets faziam frente. e de certeza q se posicionavam melhor para os playoffs. e dps quem sabe? a verdade é q nada disto aconteceu. Mas se o resto da equipa continuar saudável ainda acredito como verdadeiro adepto de 1 equipa e n de 1 jogador.
      Os Lakers podem surpreender os Spurs (embora ache q n vai acontecer, ainda mais numa melhor de 7 jogos) mas como disse e volto a repetir, Howard está cada vez melhor e o último jogo dele foi impressionante. N é todos dias q se põe 1 Duncan (apesar de velho) em sentido...

      Eliminar
    7. O Gasol esteve fora 33 jogos e o Steve Blake 17 também. Quanto ao Nash, já lhes perdi as contas e o Jordan Hill só jogou uns 15. O D'Antoni leva a culpa na gestão das rotações, ele que curiosamente também chegou ao lugar de treinador a recuperar de uma cirurgia ao joelho.

      Eliminar
  9. O Kobe ter chegado a 4º melhor marcador de sempre, não pode (deve) ser considerado um recorde a ter em conta?

    ResponderEliminar
  10. falta muito para o relato da viagem??

    ResponderEliminar
  11. Papa Valdemares15/04/13, 21:11

    Este comentário é dirigido diretamente ao dono do blogue.

    Eu suporto muito melhor umas carvalhadas do que a provocação gratuita e o ódio dirigido a outros comentadores ou a estrelas do espetáculo, logo, para mim, merecem muito mais esses comentários serem eliminados do que outros do que não veem a luz do dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela tua observação e obrigado também aos comentários/observações/sugestões de todos.

      Nestes últimos posts a discussão estava animada, mas ninguém se estava a insultar, nem a entrar em discussões pessoais, por isso relaxei um pouco na censura, deixei a conversa seguir e confiei que não ia descambar. Infelizmente parece que entre alguns de vocês a questão já se tornou pessoal. Mas vou ficar (mais) atento daqui para a frente.

      Obrigado a todos.

      Eliminar
  12. Stoudemire15/04/13, 22:36

    O Lebron bateu o recorde de mais novo a chegar aos 20 000 pontos, e com um número qualquer de ressaltos e assistências a acompanhar

    ResponderEliminar
  13. Stoudemire16/04/13, 17:16

    Kobe: "Can't move for 2weeks so I'm laid up. Will watch game on tv and give adjustments if needed by phone at halftime"

    Mike D'Antoni on Kobe's tweet saying he'd plan to call in with halftime adjustments as he watches from home: "I'll turn my phone off"

    O antónio que se cuide...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, espero que seja o Kobe a gerir as rotações também. Quem dera. Coach Mamba já :)

      Eliminar
    2. o que me espanta nisso tudo é o Mike D'Antoni n ter sido despedido logo a seguir. Sim, pq segundo o q tu estás smp a escrever o Kobe manda nos Lakers.. estranho, não achas? ;)

      Eliminar
    3. Stoudemire16/04/13, 22:54

      Está à vista o porquê, precisam de um técnico assistente para a parte ofensiva ;)

      Eliminar
  14. E podes já pensar em actualizar de novo o post pois está-se na iminência de quebrar mais um recorde.

    No jogo de ontem o Stephen Curry ficou a dois triplo de quebrar o recorde de mais triplos feitos numa época que pertence ao Ray Allen, por isso possivelmente no próximo jogo dos Warriors já vamos ter um novo recordista de triplos numa só época!!

    Que grande temporada estamos a assistir, cheio de recordes e grandes partidas e é só pena as lesões em jogadores importantes. Para acabar em beleza só falta mesmo os Heat voltarem a sagrarem-se campeões.

    ResponderEliminar
  15. Heads up para o regresso do Keyon Dooling à nba, grande jogo fez ontem pelos Grizzlies.

    ResponderEliminar
  16. Stoudemire16/04/13, 22:58

    McGrady assina pelos Spurs.
    "Na presente época, o talentoso jogador encontrava-se no campeonato chinês, onde vinha assinando médias de grande relevo: 25 pontos, 7,2 ressaltos e 5,1 assistências."
    Conhecendo os Spurs, ainda vão pô-lo a jogar perto de all-star :)

    ResponderEliminar