5.10.13

Boletim de Avaliação - Dallas Mavericks


Uma conferência já está, vamos à outra. E começamos a avaliação das equipas do Oeste pela Southwest Division e pelos Mavs, que voltaram a fazer uma revolução no plantel:




BOLETIM DE AVALIAÇÃO - DALLAS MAVERICKS

Saídas: OJ Mayo, Darren Collison, Chris Kaman, Elton Brand, Jared Cunningham, Mike James, Anthony Morrow, Rodrigue Beaubois
Entradas: Jose Calderon, Monta Ellis, Samuel Dalembert, Devin Harris, DeJuan Blair, Wayne Ellington, Shane Larkin (18ª escolha no draft), Ricky Ledo (43ª escolha no draft), Gal Mekel
Cinco Inicial: Jose Calderon - Monta Ellis - Shawn Marion - Dirk Nowitzki - Samuel Dalembert
Banco: Devin Harris - Wayne Ellington - Vince Carter - Brandan Wright - DeJuan Blair - Bernard James
Treinador: Rick Carlisle

Balanço: Depois de duas temporadas com equipas provisórias e contratos de um ano para manter o máximo de espaço salarial e tentar contratar uma estrela na free agency, os Mavs mudaram de plano.

Mark Cuban desmantelou a equipa campeã em 2011 para tentar pescar um peixe grande e, depois de não apanhar nenhum dois anos seguidos (em 2012, tentaram - e falharam - Deron Williams; e este ano tentaram - e voltaram a falhar - Chris Paul e Dwight Howard), decidiu começar a montar uma equipa com mais prazo de validade.

É claro que esse plano só entrou em cena depois do plano A falhar. O grande objectivo da offseason era contratar Dwight Howard, mas como Howard escolheu outra equipa do Texas, os Mavs foram para o plano B. Um plano B mais a longo prazo que os planos B dos anos anteriores.

Deixaram sair quase todos os seus free agents e remodelaram completamente a equipa. Um novo backcourt: Monta Ellis (3 anos/25 milhões) e Jose Calderon (4 anos/28 milhões). E um novo poste: Samuel Dalembert (2 anos/7,5 milhões).

Um backcourt novo e melhor que o anterior: Calderon comandará e organizará o ataque muito melhor que Collison e Ellis é uma arma ofensiva para complementar Nowitzki. Com Calderon a bola chegará as mãos de Nowitzki mais e melhor. Na defesa é que pode ser um problema, pois nenhum daqueles dois é propriamente um especialista defensivo. Mas também não deverão ser piores (ou muito piores) que Collison e Mayo e no ataque deverão ser bastante melhores.

Para além disso, ainda contrataram Devin Harris (1 ano/ 1,3 milhões) e Wayne Ellington (2 anos/5 milhões) e ficam com um bom backcourt suplente e uma boa rotação de bases (onde ainda têm os rookies Gal Mekel e Shane Larkin).

Depois, como defesa e ressaltos eram dois dos pontos fracos da equipa, escolheram um poste que é especialista nas duas coisas. E, para a rotação interior, renovaram com Brandan Wright e Bernard James e contrataram DeJuan Blair (que deverá ter um papel maior que nos Spurs).

Esta mudança de planos e a opção por comprometerem-se com contratos mais longos (embora não muito longos, a 2 e 3 anos) também aconteceu porque os 20 milhões de Nowitzki e os 9 milhões de Marion saem da folha salarial no fim desta temporada. Nowitzki acaba o contrato este ano e deve renovar por muito menos. Vince Carter e Shawn Marion também terminam os contratos e se renovarem será também por bastante menos (ou entao saem e os Mavs vão buscar outros jogadores).

Por isso, têm muito espaço salarial na próxima free agency. E foi por isso que Mark Cuban avançou para uma equipa mais definitiva. Porque ficaram com uma base mais estável e ainda com flexibilidade para a reforçar mais tarde. Ficam com um núcleo de equipa por mais anos sem comprometer o espaço salarial e sem perder a flexibilidade no futuro. E para o ano vão ter espaço para, mais uma vez, ir atrás de um free agent de topo.

Os Mavs voltaram a falhar no plano A, mas desta vez o plano B foi melhor. E embora esta não seja equipa para lutar pelo título, ficaram com melhor equipa que no ano passado. E pro ano voltam a atacar a free agency. Ficaram melhores no presente e em melhor posição para o futuro. 

Nota: 12

4 comentários:

  1. Interessantes os Mavs esta época, espero que consigam os playoffs, mas na conferencia oeste concereza que ser dificil

    ResponderEliminar
  2. Os próximos peixes que o Cuban tentará sacar serão o LeBron ou o Carmelo

    ResponderEliminar
  3. Bem, eu discordo da tua opinião Márcio. O roster dos Mavs do ano passado era tão bom ou melhor que este, simplesmente tiveram de passar uns 20 jogos ou assim sem o Nowitzki. Não vão chegar aos playoffs.

    ResponderEliminar
  4. Espero que o Larkin fiquem na equipa, mostrou ter potencial! Tambem estou curioso para ver o desempanho do monta ellis nesta nova equipa

    ResponderEliminar