18.10.13

Boletim de Avaliação - Portland Trail Blazers


Depois do Colorado e de Minnesota, vamos até ao Oregon, ver o que a offseason trouxe à equipa do Rookie do Ano:


BOLETIM DE AVALIAÇÃO - PORTLAND TRAIL BLAZERS

Saídas: Eric Maynor, JJ Hickson, Jared Jeffries, Sasha Pavlovic, Nolan Smith
Entradas: Mo Williams, Dorell Wright, Robin Lopez, Thomas Robinson, Earl Watson, CJ McCollum (10ª escolha no draft), Allen Crabbe (31ª escolha no draft)
Cinco Inicial: Damian Lillard - Wesley Matthews - Nicolas Batum - LaMarcus Aldridge - Robin Lopez
Banco: Mo Wiliams - CJ McCollum - Dorell Wright - Victor Claver - Thomas Robinson - Meyers Leonard
Treinador: Terry Stotts

Balanço: Os Blazers chegaram a esta offseason com duas necessidades claras: um poste para completar o cinco inicial (jogaram com JJ Hickson adaptado a essa posição toda a temporada) e um banco decente (a segunda unidade dos Blazers foi última na liga em pontos e assistências, última na percentagem de 3pts e penúltima na percentagem total de lançamento; e os seus titulares, com uma produção tão fraca do banco, foram os que jogaram mais minutos em toda a liga).

Com o cinco inicial quase completo, os Blazers precisavam urgentemente de um poste e de melhorar a defesa interior. Mostraram interesse em Tiago Splitter, mas este chegou rapidamente a acordo com os Spurs. Acabaram por conseguir meter-se no negócio de Tyreke Evans entre Kings e Pelicans e conseguiram Robin Lopez por duas 2ªs rondas e Jeff Whitey. 

Lopez não é um poste excepcional, falta-lhe mobilidade e técnica, mas é um bom defensor e um bom jogador para complementar LaMarcus Aldridge. Cumpre o primeiro objectivo.

Aproveitaram depois a limpeza que os Rockets estavam a fazer no plantel para arranjar espaço salarial para Dwight Howard e conseguiram Thomas Robinson por apenas duas 2ªs rondas. Mais um bom jogador para a defesa interior e uma boa adição para a segunda unidade.

A free agency trouxe depois um grande (e barato; 5.5 milhões / 2 anos) base suplente. Mo Williams é um grande upgrade em relação a Eric Maynor e irá comandar a segunda unidade (e pode também jogar ao lado de Lillard).

Trouxe também um bom (e igualmente barato; 6 milhões / 2 anos) small forward suplente. Dorell Wright é bem melhor que Pavlovic e é mais uma boa adição para a segunda unidade.

E a offseason trouxe ainda um bom rookie para completar o backcourt suplente. CJ McCollum, que também é melhor que Nolan Smith e um upgrade em relação ao que tinham.

O verão trouxe mais atiradores para uma equipa que já tinha vários (e uma equipa que não é tímida na hora de atirar de três: foram 4ºs em tentativas de 3pts em 2012-13) e uma segunda unidade bem melhor que a anterior. O verão trouxe um poste titular decente e um bom banco. Eram esses os objectivos principais nesta offseason e foram conseguidos. E os Blazers vão atacar os playoffs.

Nota: 13

Sem comentários:

Enviar um comentário