13.11.13

Há 34 anos, Darryl Dawkins partiu tudo


Hoje é o 34º aniversário do "Chocolate-Thunder-High-Flying, Robinzine-Crying, Teeth-Shaking, Glass-Breaking, Rum-Roasting, Bun-Toasting, Wham-Bam, Glass-Breaker-I-Am Jam":


Uns dias depois da segunda tabela partida por Darryl Dawkins, a NBA determinou que partir uma tabela era proibido e criou uma regra que castigava com uma multa e uma suspensão quem o fizesse. Até que mais tarde, claro, introduziram os cestos flexíveis que temos agora e abandonaram essa regra. 

Quanto ao nome da obra de Dawkins é da autoria do próprio, que gostava de dar nomes aos seus afundanços e tinha, como podem ver, uma grande veia poética.

Sem comentários:

Enviar um comentário