25.1.15

This is the end?



Interrogámo-nos se seria quando Kobe se lesionou no joelho e perdeu a temporada passada. Agora, depois de mais uma lesão que o vai fazer perder o resto da temporada, a interrogação volta a ser inevitável.

Nesse Dezembro de 2013, não nos quisemos precipitar porque acreditávamos que se havia alguém capaz de desafiar o fisicamente normal era Kobe. Aquela lesão no joelho podia ser apenas um azar, uma lesão daquelas que pode acontecer a qualquer jogador em qualquer altura da carreira. Mas, perguntámo-nos, também podia ser um sinal de que o corpo de Kobe estava a começar a dar de si.

E este ano mostrou-nos que está. Ao início, parecia que não, que Kobe tinha regressado aos 36 anos ainda capaz de jogar a um nível alto. A equipa era medíocre e ele regressou aos seus tempos de "lone gunman", a tentar fazer tudo sozinho como nos tempos de Smush Parker e Kwame Brown, mas isso é outra história. Kobe estava a jogar mais de 35 minutos por jogo, a lançar como se estivéssemos em 2006 e parecia desafiar a sua idade.

Só que ao fim de 27 jogos, Kobe mostrou que é humano e que o seu corpo já não aguenta esse ritmo durante 82 jogos. E aquilo que escrevemos naquele Dezembro parece, infelizmente, estar a confirmar-se:

"Há um limite para o que o corpo de um atleta aguenta e mesmo com os avanços na medicina desportiva, ainda ninguém consegue vencer o Tempo. Mesmo jogadores que conseguem estender a carreira até idades avançadas e que se mantiveram sem lesões graves até essas idades, chegam a uma altura em que as lesões começam a aparecer recorrentemente. Foi o que aconteceu por exemplo com Steve Nash, que parecia imortal até aos 38 anos (sempre a alto nível e sem nenhuma paragem prolongada) e que agora não se consegue manter saudável. Foi o que aconteceu a Jason Kidd que jogou a bom nível até aos 40 e depois caiu muito rapidamente. É o que parece estar a acontecer também a Kevin Garnett e Paul Pierce, que parece que envelheceram 6 anos em apenas um.

A verdade é quanto mais velho um jogador, mais peso tem mais um ano. A partir dos 30 e muitos (para uns pode ser aos 35, para outros aos 40), a degradação física é cada vez mais rápida."

Byron Scott já fez "mea culpa" e reconheceu que devia ter gerido melhor os minutos de Kobe. E é verdade que isso pode ter pesado e contribuído para esta lesão. Mas o facto incontornável é que o corpo de Bryant está a chegar ao seu limite. Nunca ninguém venceu o Tempo e Kobe Bryant não será o primeiro.

Será então este o fim? Será que vai terminar assim a carreira de um dos melhores jogadores de sempre? Acreditamos que não, simplesmente porque Kobe deve ser o jogador mais teimoso que já pisou um campo da NBA e é aí, dentro de campo, que vai querer terminar a carreira. Só por isso, deve fazer tudo para regressar e jogar no próximo ano.

Para já, pelo menos mantém o sentido de humor:


Acreditamos, portanto, que não foi a última vez que vimos Kobe Bryant num campo da NBA. Mas também acreditamos que nunca voltará a ser o mesmo. Se já não era antes, agora a próxima temporada será, quase de certeza, a temporada de despedida. Kobe regressará para pisar pela última vez os campos onde nos encantou (e exasperou, e deliciou, e irritou, e maravilhou) tantas vezes. E para nos despedirmos.

7 comentários:

  1. Paulo Dias26/01/15, 07:22

    É o princípio do fim.

    Também este não foi o novo Jordan. Mas deixa a sua marca na NBA.

    Para o bem (com as vitórias, os anéis, as distinções...) e para o mal: não fosse o egocêntrico que foi e teria mais um par de anéis nos dedos. Assim, preferiu afastar O'Neal e ser o lone star...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. devia-se falar com conhecimento de causa. Estiveste nos balneários para saber o q se passava? afastou o o'neal ou este decidiu sair? O próprio o'neal já disse numa entrevista q n renovou pq n queria receber menos...

      Eliminar
  2. Márcio, quando é que te vamos ouvir na Sport tv? Já fizes-te candidatura?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já fiz, mas ainda não foi desta! ;) Um dia, um dia... :)

      Eliminar
    2. Digam-lhes vocês isso, mandem uns emails para lá a dizer isso! ;)

      Eliminar
    3. Vou fazer isso.. Por acaso acho q tens mto jeito para comentador. Para quem se devia mandar um mail relacionado com a questão?

      Qto ao Kobe acho q essa mensagem dele no twitter foi antes de saber a gravidade da lesão. É daquelas lesões q se prolongam até chegar uma altura em q pioram de tal forma q é impossível continuar. O próprio disse q já sentia dores há 2 meses... Mas nunca pensou q fosse algo tão sério. A verdade é q por mais triste q seja n faz sentido ele voltar de um ponto de vista objetivo. Principalmente por um motivo: os Lakers na próxima época não vão fazer uma equipa para lutar pelo título (e enquanto Jim Buss estiver à frente de alguma coisa não me parece q consigam atrair nenhum top free agent). Mas sabendo como Kobe funciona não duvido que volte à mesma. O próprio já tinha dito q se retirava dps da época 2015/16. Com esta lesão de certeza q tb vai depender da sua recuperação, se acha q consegue jogar ao mais alto nível,etc...

      Eliminar
  3. Tenta para estes:
    comentarios@sporttv.pt
    recursoshumanos@sporttv.pt
    rpublicas@sporttv.pt

    ;)

    ResponderEliminar