30.9.14

Boletim de Avaliação - New York Knicks


Depois dos Celtics e dos Nets, vamos à análise da offseason dos Knickerbockers (quem é que sabe o que é um Knickerbocker?*):



Boletim de Avaliação - New York Knicks

Saídas: Tyson Chandler, Raymond Felton, Kenyon Martin, Shannon Brown, Toure' Murry, Jeremy Tyler
Entradas: Jose Calderon, Samuel Dalembert, Shane Larkin, Travis Outlaw, Quincy Acy, Jason Smith, Cleanthony Early (34ª escolha no draft), Thanasis Antetokounmpo (51ª escolha no draft)
Cinco Inicial: Jose Calderon - Iman Shumpert - Carmelo Anthony - Andrea Bargnani - Samuel Dalembert
No Banco: Pablo Prigioni - Shane Larkin - JR Smith - Tim Hardaway Jr. - Travis Outlaw - Quincy Acy - Amare Stoudemire - Jason Smith
Treinador: saiu Mike Woodson, entrou Derek Fisher

Balanço: Em março, quando Phil Jackson se tornou o responsável máximo do basquetebol dos Knicks, dissemos a propósito da tarefa que o esperava na grande maçã:

"Começando pela dificuldade: é grande. Com um plantel desequilibrado, um ataque limitado e individualista, uma defesa atroz e um treinador que parece perdido no meio disto tudo (e não parece ter o respeito e a confiança do grupo), esta equipa precisa de uma revolução completa.

Para além de difícil, vai ser também uma tarefa longa. Sem escolhas no próximo draft, com os enormes contratos de Stoudemire, Bargnani e Chandler (49 milhões entre os 3!) a consumir o espaço salarial e sem peças para usar em trocas (a única peça apetecível para outras equipas, Tim Hardaway Jr., é uma de que os Knicks não se querem desfazer), Phil Jackson não vai poder fazer grande coisa nesta offseason e terá de esperar até 2015, quando esses três contratos terminam, para fazer uma grande remodelação na equipa e poder começar a montar um candidato ao título."

Ora, o que é que o Zen Master e os Knicks, para além de escolherem os dois jogadores com os melhores nomes deste draft, fizeram nesta offseason para começar a atingir esse objectivo?

Conseguiram convencer Carmelo a renovar (124 milhões/5 anos) e retiveram assim o seu melhor jogador e a peça à volta da qual começa a construção.

Para além disso, fizeram apenas pequenos ajustes para tentar melhorar aquela equipa desequilibrada e disfuncional do ano passado, ao mesmo tempo que preparam a revolução futura.
Fizeram um upgrade a base e com Calderon arranjaram alguém bem melhor que Felton para dirigir o ataque e orquestrar o triângulo ofensivo. 
Mas fizeram um downgrade a poste. E se a defesa já era um problema no ano passado (24ª defesa), este ano sem Tyson Chandler no meio deverá ser ainda pior. Falta gente para defender (e se Calderon é um upgrade no ataque, também não ajuda muito desse lado) e a coisa não promete desse lado do campo.

A maior mudança foi mesmo no primeiro lugar do banco, de onde saiu Mike Woodson assim que Phil Jackson entrou e para onde entrou um dos aprendizes do Zen Master, Derek Fisher. Um treinador rookie, com tudo para ser um bom treinador nesta liga (conhecimento profundo do jogo, experiência de muitos anos como jogador na liga, reconhecida capacidade de liderança), mas que, como sempre, precisa de tempo para aprender a função. 

Mas tempo é o que estes Knicks têm e esperar é o que eles têm para fazer esta temporada.
Este ano expiram os grandes contratos de Bargnani e Stoudemire (11 e 23 milhões, respectivamente), assim como os de quase toda a equipa (só Carmelo, Prigioni e Calderon têm contrato garantido para além desta temporada; JR Smith tem player option e Hardaway e Larkin têm team option. E é tudo). 

No próximo Verão têm muito espaço salarial e poderão então fazer a remodelação profunda que desejam (e precisam). Este não era o ano dos Knicks fazerem alterações profundas. P'ro ano é que é. Até lá é esperar. 

Nota: 10



*a origem da palavra remonta aos colonos holandeses que se instalaram na zona onde é hoje Nova Iorque - na altura, Nova Amesterdão -, no séc. XVII. E "Knickerbockers", ou knickers, são as calças - pelo joelho - que estes colonos usavam e que, com o tempo, vieram a tornar-se um símbolo da cidade.


(a seguir: Atlantic Division - Philadelphia 76ers)

2 comentários:

  1. Achas que o Shumpert vai estar no 5 em vez do JR Smith? Tem deixado a desejar o primeiro, porque parou literalmente de evoluir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que sim, o Shumpert pode não ter evoluído o que se esperava, mas é muito melhor defensor que o JR Smith e um backcourt com Calderon e Smith seria muito fraco defensivamente.
      Os Knicks já têm falta de gente para defender, por isso precisam do Shumpert no cinco para equilibrar um bocadinho isso.

      Eliminar