9.8.12

LeBron James - Uma temporada de Rei


Nenhum jogador no mundo provoca reacções tão extremadas como LeBron James. E se a velha máxima que diz que o número de inimigos varia na proporção da nossa importância tem algum fundo de verdade, então James é actualmente o jogador mais importante do mundo, pois a legião de haters é tão grande como a de fãs (ou até mesmo maior). Nenhum jogador desperta tantas paixões e tantos ódios como o extremo dos Miami Heat.

Basta ver pelos comentários aqui no SeteVinteCinco sempre que falamos dele (e já estamos preparados para os comentários deste mesmo post!) que ninguém lhe fica indiferente. Mas essa deve ser a sina dos melhores jogadores do mundo em qualquer desporto (podemos ver o mesmo fenómeno em relação a Cristiano Ronaldo e a Messi, só para referir um exemplo próximo).


Mas, adorem-no ou odeiem-no, LeBron está a fazer uma das melhores temporadas basquetebolísticas de que há memória. Foi MVP da temporada regular da NBA, campeão da NBA, MVP das Finais e está a dois jogos de vencer a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos. Está a duas vitórias de distância de conseguir um feito que só mais um jogador conseguiu. 

Michael Jordan é, até agora, o único jogador que ganhou, no mesmo ano, o MVP da temporada regular, o título de campeão, o MVP das Finais e o título olímpico (em 92, claro). E LeBron está perto de lhe fazer companhia neste clube estratosférico. 

Juntem a isso a noite de recordes de ontem (conseguiu o primeiro triplo-duplo de sempre numa selecção americana - 11 pts, 14 res e 12 ast; o segundo triplo-duplo de sempre nos JO; o russo Alexei Belov fez 23 pts, 14 res e 10 ast em 1976, contra o Canadá -, igualou o recorde de assistências num jogo da selecção americana, ultrapassou Scottie Pippen e tornou-se o jogador com mais assistências ao serviço dos EUA - 76 - e ultrapassou Charles Barkley no terceiro lugar dos melhores marcadores) e James está a fazer uma temporada sem paralelo.

Adorem-no ou odeiem-no, mas é de tirar o chapéu.

109 comentários:

  1. "a velha máxima que diz que o número de inimigos varia na proporção da nossa importância tem algum fundo de verdade, então James é actualmente o jogador mais importante do mundo, pois a legião de haters é tão grande como a de fãs (ou até mesmo maior)."


    Essa velha máxima não é - de todo - verdade, então Artest era melhor jogador que Durant. Phelps, o melhor atleta olímpico da história tem muito poucos haters por exemplo. Já Bolt tem mais (grande prova a pouco...). Conclusão: Cada caso é um caso e normalmente é consequência das suas acções. Bolt/Artest (exemplos que dei) são mais odiados que Phelps/Durant não por serem melhores mas por terem atitudes mais arrogantes ou que agradam menos por alguma razão. Acho que o mesmo se aplica a LeBron que até há bem pouco tempo era muito imaturo.


    Concordo com a parte de que é actualmente o melhor jogador de basket do mundo e que ficará no top5 da história da NBA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As acções não são tudo. Os fãs do Kobe e até do Jordan sempre odiaram o LeBron. Começou pelas expectativas que ele criou mesmo antes de entrar na liga, mas foi mais longe que isso. O LeBron rapidamente ultrapassar o Kobe Bryant foi também uma mais valia. Os fãs do Kobe incondicionalmente odeiam o LeBron. Mesmo antes da "decision". Ele ameaça passar os legados de quase todos, daí que seja odiado muitas vezes.

      Além disso tens o Howard que já se portou 200 vezes pior que o LeBron mas não recebe nem um quinto do ódio. Portanto, como vês, acções -> ódio não é verdade. Há muitas variantes.

      Eliminar
    2. Stoudemire10/08/12, 01:24

      Subscrevo totalmente MC Vince, nem mais.

      Eliminar
    3. MC Vince, concordo contigo. Acho que cada caso é um caso e não se pode medir a qualidade de um jogador pelos "haters" que têm. Ronaldo tem muito mais - mesmo muito mais - que o Messi e não é muito melhor jogador (outra discussão diferente...).

      E sim grande parte dos fãs de Kobe vão ter sempre ódio ao James por lhe ter "roubado" o posto de melhor do Mundo.

      "Portanto, como vês, acções -> ódio não é verdade." Acho que vai dos gostos de cada um, eu por exemplo sou fã de estilos mais sóbrios como o Durant e portanto é aquele que mais aprecio, uma pessoa que gosta mais de estilos menos ortodoxos vai para James ou Kobe.

      Pessoalmente, eu aprecio o facto de poder viver numa época de grandes jogadores e perco pouco tempo a comparar e ganho-o em vê-los jogar a todos.

      Eliminar
    4. O Black Mamba é o gajo que não descansou enquanto não despachou o Bic Shaq, por não suportar outra estrela de igual calibre.

      Eliminar
  2. É realmente um jogador fabuloso. Eu ponho-o no top 5 de todos os tempos: 1º Michael Jordan, 2º Wilt Chamberlain, 3º Magic Johnson, 4º Kareem Abdul-Jabbar e 5º Lebron James.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Melhor que o Larry Bird (ainda) não é. E acho o Wilt dos jogadores mais talentosos e dominantes de sempre, mas não era um vencedor. Só a diferença das estatísticas dele entre época regular e playoffs para mim diz muito...

      O problema do Lebron acho que não tem nada a ver com talento, imaturidade, desaparecer nos grandes momentos ou outra desculpa que queiram encontrar. É simplesmente pela mudança para os Heat. Não me lembro de ele ter uma legião de haters como tem agora quando estava nos Cavaliers, até tenho ideia que era um jogador bastante consensual. A mim também ainda me custa a aceitar a mudança para os Heat e da maneira como foi, apesar de adorar vê-lo jogar. Não me lembro se quando o Shaq foi para os Lakers se também passou a ter muitos haters, mas se os teve acabaram por desaparecer (a não ser os fãs dos Magic :P)

      Eliminar
    2. Papa Valdemares10/08/12, 02:08

      Bound, por acaso eu, que não gosto do Le Choca e que adoro o Bird, acho que o LBJ vai superá-lo com tranquilidade, embora não me esqueça como a carreira do Larry foi afetada e terminada antecipadamente por causa das suas malditas costas.

      Eliminar
    3. É capaz, mas para já ainda não o superou. É normal nós, enquanto estamos a viver na era de um grande jogador como o Lebron, achemos que ele vai sempre manter o mesmo nível até ao final da carreira e não tenhamos em mente possíveis percalços que poderão acontecer (lesões, desentendimentos com equipa, problemas pessoais, etc). Mas o que é que teria acontecido se o Shaq nunca tivesse saído dos Lakers e tivesse sempre mantido o mesmo nível de 1999-2003? Ou se o Grant Hill e o Tracy Mcgrady nunca tivessem tido os problemas de lesões que tiveram? Ou se o Magic nunca tivesse contraído HIV?
      Para mim o grande problema do Lebron continua a ser mental; não vejo nele aquela chama e competitividade quase doentia que alimentava o Jordan, mas espero que ele prove que estou errado :D

      Eliminar
  3. Papa Valdemares09/08/12, 23:34

    Sim, é o melhor da atualidade (desde há dois ou três anos) e vai continuar a ser. Não me lembro de alguém ter posto isso aqui em questão.

    O problema com La Choca (estou a seguir dois comentários a outro post) são as suas atitudes e comportamentos dentro e fora de campo. A malta (eu, pelo menos) não o critica por ele ser o melhor, mas pelas m***s que ele tem vindo a fazer, aspeto em que melhorou, mas está muito longe de ser algo de jeito.

    Por outro lado, por muito que isso desgoste os apaixonados por ele, a malta tem o direito de não gostar das suas parvoíces e de o criticar e dizer que não gosta dele.

    Contudo, o tempo muito pode ainda fazer pela sua imagem. Durante anos, «não podia ver» Magic por causa da rivalidade com Bird. Hoje, adoro-os ambos, pois são dois grandes senhores que, de rivais que se odiavam, evoluíram para um profundo respeito mútuo e, finalmente, para uma amizade à prova de bala.

    P.S. - Alguém sabe quem foi Belov? (Ir ao google é batota). Do you know what I mean?

    P.S.1. - Quanto aos números, não se esqueçam que são as terceiras olimpíadas em que ele participa e que fez parte daquela seleção que ficou, desonrosamente, em terceiro lugar.

    P.S.2. - Para quem é mais novo, há um outro pormenor a considerar: o impacto estratosférico que o Dream Team teve em 1992, quer no evento propriamente dito, quer no pós-Barcelona.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Relativamente ao teu "P.S.2" lembra-te de como era o basquetebol em 1992 em como ele é agora. É impossível ter o mesmo impacto da altura!

      Eliminar
    2. porquê comparar o impacto do Dream Team de 92 com o LBJ????

      comparar com o outro tipo que fez triplo duplo tem alguma lógica, dizer que tem mais jogos, logo tem maior probabilidade de fazer mais pontos, assistências etc, também tem lógica, agora compará-lo sozinho com uma equipa (e logo a melhor de todos os tempos) é que não percebo...

      tem que haver sempre alguma bicada...

      Eliminar
    3. Que obsessão, pá!

      O gago que papa qualquer coisa limitou-se a chamar a atenção para o impacto do DT original. Onde é que o sócio o comparou a ti, LBJ?

      Saibam ler ao menos.

      Eliminar
    4. não é obsessão...

      o post é sobre o que ganhou na temporada, sobre os números do último jogo...

      só não percebo porque é que se lembram neste post de dizer que o dream team 92 teve um grande impacto, é que isso é óbvio, desde 92 que se sabe isso, ou só se descobriu quando a austrália jogava contra os USA ontem???...

      Eliminar
    5. Stoudemire10/08/12, 01:28

      P.S.2- Mal jogou, deve ter sido essa a causa do bronze ;)

      Eliminar
    6. Stoudemire10/08/12 01:28
      P.S.2- Mal jogou, deve ter sido essa a causa do bronze ;)

      Não: mal jogou, por isso os EUA ainda chegaram ao bronze. Se ele tem jogado, nem ao jogo das medalhas chegavam.

      Eliminar
  4. Stoudemire09/08/12, 23:45

    Márcio não tiro o chapéu ao melhor futuro jogador de sempre porque não uso, mas tiro a roupa toda sempre que ele quiser.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Da fuq? ^_^

      Eliminar
    2. Depois desta já não mando ninguém fazer nada.

      Eliminar
    3. Dwight Howard11/08/12, 15:17

      LOLOL

      Eliminar
  5. Estou a ver que sempre utilizaste alguma da informação que pus no post do facebook :P

    Agora mais a sério, esta já é uma das melhores temporadas de sempre na NBA. Michael Jordan além de todos esses feitos, ganhou ainda o melhor marcador de pontos por jogo na NBA. Foi a única coisa que ganhou a mais.

    Depois nas melhores temporadas de sempre temos o Hakeem, com MVP, FMVP, DPOY (único de sempre a conseguir) e a 1ª época do Wilt Chamberlain também é algo de outro mundo (podem conferir o que fez na 1ª época! para 1º ano é realmente irrepetível).

    Estas serão as melhores épocas de sempre da NBA, à qual se junta esta do King James!

    ResponderEliminar
  6. Acham que o LeBron se pode considerar o segundo melhor jogador de sempre, atras do MJ23? Acham que ele poderá vir ainda a ultrapassá-lo? É mais ou menos claro que se trata do melhor jogador da actualidadde?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Stoudemire10/08/12, 01:31

      Claramente, poderá ultrapassá-lo. Basta continuar a ser o que sempre foi durante mais uns anos, COM OU SEM ANÉIS.

      Eliminar
    2. "Claramente, poderá ultrapassá-lo" . Claramente ? Really ? Calma

      Eliminar
    3. Diogo, é de noite e o homem está de lanterna em punho à procura do futuro.

      Eliminar
    4. Para fazer uma lista de melhores de sempre eu uso:
      - Estatística bruta;
      - Estatística avançada;
      - Longevidade;
      - Sucesso colectivo;
      - Prémios individuais;
      - Pico de forma de um jogador;
      - Feitos e recordes.

      Se o LeBron pode ser melhor que o Jordan? Ou seja o melhor de sempre? É muito dificil. O Jordan em estatística bruta e avançada é um monstro. Em sucesso colectivo também. Em prémios individuais, 5 MVP + 6 FMVP para resumir falam por si. O seu pico de forma é simplesmente brutal... e tem feitos e recordes ao pontapé.

      Acho pouco provável. No entanto, tenho um feeling que me diz que quando se retirar, o LeBron será o 2º melhor de sempre.

      Eliminar
    5. Stoudemire10/08/12, 02:05

      Há uma coisa que não aparece em lado nenhum. Os intangíveis.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
  7. pode ser considerado*

    ResponderEliminar
  8. Eis a definição de um palerma: «Sou uma lenda e também o melhor atleta vivo.». Usain Bolt

    Não comparando com outras modalidades, este tipo sabe quem foi, por exemplo, Jesse Owens? Ou o Carl Lewis?

    É por este tipo de palermadas que a malta não gosta de muitas destas estreletas de pacotilha, que não percebem que, tal como no Oeste americano, há sempre um gajo mais rápido que surgirá e derrotará o ás do saque do presente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Stoudemire10/08/12, 01:30

      É palerma porque tem uma opinião? Tá certo.
      Eu não concordo totalmente, mas depende dos critérios.

      Eliminar
    2. é um palerma duplo-campeão olímpico de 100 metros e 200 metros...

      é um palerma recordista do mundo de 100 e 200 metros e da estafeta 4x100 metros...

      Eliminar
    3. Stoudemire10/08/12, 01:38

      Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. 1.º) Alguém pôs em questão os feitos do atleta?

      2.º) Um tipo emite uma opinião sobre si próprio??? Como é que é essa? Eu sou o maior!!! Isto é uma opinião??? Há inteligências entrincheiradas, de facto.

      3.º) Neste momento, passei a assobiar.
      4.º) Parei a assobiadela para confessar, de facto, a minha inveja relativamente ao Bolt. Então não é que o gajo foi celebrar o triunfo nos 100m com três suecas. Se ele dissesse aqui que é o maior, eu concordava e batia palmas e mostrava toda a minha inveja. Como não foi o caso, confesso a minha inveja pela inteligência dos não entrincheirados.

      5.º) Novamente, em pleno assobio.

      Eliminar
    5. Stoudemire10/08/12, 01:52

      Não se pode emitir opiniões de comparação de si próprio relativamente aos outros? :S
      Não sabia.

      Eliminar
    6. «emitir opiniões de comparação de si próprio relativamente aos outros?»

      Hã? Sempre há uma língua marciana?

      Um tradutor, por favor!

      Eliminar
    7. Respondendo de forma curta...

      Muitos de nós temos um ego. Isso nota-se nas simples coisas do dia a dia, e aplicando ao desporto, quantos é que jogam só basquetebol de rua e se acham os LeBrons e os Kobes do sítio?

      Agora imaginem, com estes super-feitos, sendo os melhores do mundo... Estes comentários, este ego, não acabam por ser normais? Eu admito... se eu fosse o melhor do mundo num desporto, acho que os meus níveis de ego disparavam até ao limite.

      Eliminar
    8. Vince, só uma nota: «Muitos de nós temos um ego.»

      Não, todos temos um «ego», vocábulo derivado do pronome pessoal latino, forma de sujeito (1.ª pessoa). Ele pode ser é descomunal.

      E concordo contigo: quem se destaca no que quer que seja tem sempre o ego um bocadinho inflacionado. É da natureza humana. Só que eu nunca vi o Damásio dizer que era o maior na área dele. Só para citar um exemplo de um tuga bom na sua especialidade sem ser o CR7.

      Eliminar
    9. Certo... mas o Damásio não tem uma projecção que se possa comparar a um Cristiano Ronaldo ou um Bolt... Eles são figuras altamente mediáticas... quase sem comparação!

      Eliminar
    10. Stoudemire10/08/12, 02:26

      Damásio ao nível de Cristiano Ronaldo em termos de popularidade mundial, segundo aqui um iluminado LOL

      Eliminar
    11. Vince, de acordo, mas eu não estava a comparar a projeção mediática dos dois, nem quero iniciar uma discussão filosófica acerca da perceção pública da importância de A ou B. Isto é, se o Bolt ou o Dr. Barnard, o gajo que iniciou as operações ao coração, ou os gajos que desvendaram o genoma humano, é que são mais populares e a nossa perceção acerca da relevância dos feitos que cada um praticou na sua área.

      Eliminar
    12. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    13. Stoudemire10/08/12, 02:47

      Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    14. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
  9. Slice of Butter10/08/12, 01:46

    Olha que o Usain Bolt sabe perfeitamente que estas afirmações podem vir a ser entendidas dessa forma e depois claro, começa a aparecer o ódio progressivamente embora eu esteja certo que a legião de fans que possui dificilmente será quebrada. E porquê? Se queres que te dê a minha opinião, o Bolt já provou por diversas vezes que essa é mesmo a forma de ser dele. Até pode ser um pouco egocêntrico, mas diz o que realmente pensa (e que não anda muito longe da realidade), até porque um atleta de alto rendimento constante como ele tem que se motivar desta forma e manter os níveis de confiança altos. O sucesso normalmente tem que ser alcançado, seja de que forma for. Acima de tudo, ele também já mostrou ser uma pessoa genuína com outras atitudes. É pena que vocês acabem por pegar sempre nestes promenores para criticar. Mas porra... um velocista que faz dobradinha de 100 e 200m em 2 JO consecutivos e que tem uma série de recordes mundiais e olímpicos só pode ser considerado uma lenda. Só tenho pena do Yohan Blake por fazer parte desta "geração Usain Bolt", mas penso que no futuro ainda pode ter resultados de maior.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Slice, de acordo com quase tudo.

      Agora, não me venham justificar a tirada do «sou o maior atleta vivo». Para já, na mesma disciplina, ainda tem de ir ao Brasil e emborcar mais 3 medalhas de ouro, algo perfeitamente possível, dado que tem apenas 25 anos.

      Quanto aos feitos do homem e ao extraordinário atleta que é, estamos de acordo a 200%.

      No entanto, afirmações dessas são palermas. Como diz o não entrincheirado, é a minha opinião sobre estas declarações do homem. Não confundam, não confundam.

      Seja como for, Slice, é um prazer trocar ideias, opiniões, argumentos, de forma civilizada.

      Nem eu te chamo X ou Y, nem tu devolves a cortesia com azias, invejas ou cobardias.

      Eliminar
    2. Stoudemire10/08/12, 02:03

      Se soubesses metade das coisas que por exemplo o Carl Lewis disse do Bolt, se calhar não emitias opiniões dessas.
      Mas não espero conhecimento de causa de alguém que só escreve para criticar desportistas.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. Stoudemire10/08/12, 02:23

      Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
  10. lakers enviam gasol para orlando e bynum para os 76ers
    nuggets enviam affalo para orlando e harrington para os lakers
    76ers enviam iguodala para os nuggets
    orlando envia howard para os lakers

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó homónimo, sonhaste?

      Eliminar
    2. Stoudemire10/08/12, 02:24

      Rumores de hoje. Não está, nem provavelmente se confirmará.

      Eliminar
    3. não, tu é que estás a dormir...

      topo direita deste site ou então site da nba...

      Eliminar
    4. Peço desculpa, tens razão. A coisa está em estudo.

      Numa primeira análise, a concretizar-se, não me parece que alguém ganhe o Euromilhões.

      Agora, sei quem vai perder mais uma vez: Mark Cuban.

      Dirk, fizeste o que tinhas a fazer, por isso parte para outra, que nada deves a Dallas.

      Eliminar
  11. Este blogue é de basket ou de atletismo? :)

    P. S.: Também sou um grande fã de atletismo (100m e 200m).

    ResponderEliminar
  12. Isiah_Thomas10/08/12, 02:34

    Em relação ao LeBron está a ter uma das maiores épocas de sempre na NBA.
    MC Vince também considero a época em que Robertson fez um triplo duplo de média um feito brutal. Mais, durante as suas cincos primeiras épocas na NBA manteve essa média. E ainda hoje detem um recorde de mais triplos duplos quase impossível de igualar. O único a conseguir aproximar essa média numa época foi o Magic.

    Em relação às declarações do Bolt, é a opinião que ele tem de si próprio. A minha é que é o maior de sempre nos 100 e 200 metros. Um dos maiores de sempre do atletismo. Não sei se é o maior de sempre no atletismo. A carreira dele ainda não acabou. E depois ainda existem muitas variantes.

    Em relação a ser o melhor atleta de sempre, em todos os desportos. Ai não concordo. Se ele é melhor de sempre, o que são por exemplo Michael Phelps, Michael Jordan, Roger Federer, Rod Laver, Muhammad Ali, Steffi Graf, Martina Navratilova, Margaret Court, Carl Lewis, Messi, Pelé, Ronaldo, Maradona, Aleksandr Karelin, Yasuhiro Yamashita, entre outros.

    E ainda podemos ter em conta, gajos como o Loeb, Senna, Rossi, Schumacher, Fangio, Agostini, etc, só para dar mais alguns nomes.

    Mas isso já são contas de outro rosário.

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  14. Stoudemire10/08/12, 02:59

    Mais uma vez post sobre o LeBron e a caixa de comentários dispara, há mesmo evidências que não podem ser refutadas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a) Filosoficamente, desde quando é que uma EVIDÊNCIA é refutável, certo? O que é evidente é real, logo não refutável, certo? Daí que há quem afirme que crê-se aquilo que não tem 'explicação' não existe de facto.

      b) De acordo com esta lógica calimérica, se um post sobre A tem mais comentários do que sobre B, isso significa que A é superior a B.

      c) No fundo, meu rapaz, estás a dar razão a uma certa corrente filosófica que afirma que, se alguém fizer equivaler o conhecimento aprofundado de um dado assunto a uma opinião tendenciosa,está a evidenciar a sua suposta objetividade e razão acerca do dito assunto, em contraponto com a ignorância alheia.

      Eliminar
  15. Stoudemire10/08/12, 03:09

    É um prazer ver os melhores de sempre nos seus desportos actuarem todos ao mesmo tempo: LeBron, Phelps, Bolt, Nadal, CR7, Isinbayeva, Serena, Loeb, Rossi, Slater, e Gebrselassie, Shumi, Armstrong, El Guerrouj, Tiger Woods não há muito tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Passemos o Choco à frente.
      Nadal é superior a Federer? Ou a Rod Laver?
      CR7 é melhor do que Pelé ou Maradona?
      Serena é melhor do que Graff ou Navratilova?
      Rossi é melhor do que Agostini?
      Armstrong, o dopado, é melhor do que Merckx?
      E por aí fora...

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    3. Stoudemire10/08/12, 03:29

      Observa os confrontos Nadal vs Federer e diz-me se o Nadal não é melhor que ele. Vais-me falar em títulos? Compara a concorrência de um e outro. Um fez grande parte dos títulos num período sem grandes tubarões, enquanto o outro o faz na era do suposto melhor de sempre.
      Pelé? LOL Maradona aceito, são opiniões.
      Os 2 pontos a seguir são discutíveis.
      Armstrong, um monstro imbatível.

      Eliminar
    4. Stoudemire10/08/12, 03:33

      Isto há "cousas" do camandro.

      Eliminar
    5. PURA E SIMPLESMENTE, NÃO SABES DO QUE FALAS!

      Aliás, nem vale a pena retorquir-te, pois a malta que te ler tirará as suas conclusões.

      Vou-me rir ali fora.

      Ele há cada cómico. É discutível que a Martina seja superior? LOL LOL LOL LOL LOL LOL

      Eliminar
    6. Stoudemire10/08/12, 03:44

      Evolução amigo. Ficaste preso ao passado, só por ter pó não quer dizer que seja melhor.

      Eliminar
    7. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    8. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
  16. Orlando Magic são mesmo estúpidos. AHAHA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou então estão a querer não ser tão patéticos como Cleveland e receber algo em troca do Howard.

      Eliminar
    2. Isiah_Thomas10/08/12, 03:29

      Acho que a estupidez dos Magic foi mandar embora o treinador e GM por causa do Howard e agora irem-se livrar do Howard.
      Mas concordo com o anónimo, estão a tentar tirar alguma coisa da porcaria que fizeram.

      Eliminar
    3. Stoudemire10/08/12, 03:35

      Não sei quem é mais estúpido se ele ou os Magic. Aquela renovação por um ano, deve entrar ou até mesmo liderar o Top de estupidez desportiva de todos os tempos.

      Eliminar
    4. Ele devia era ter feito como o Choco frito e c***r-se por completo para os Magic.

      Isso, sim, é que era uma coisa «esperta».

      Eliminar
    5. Stoudemire10/08/12, 03:41

      A confirmar-se os Lakers ficam ainda mais candidatos e os Denver ganham um jogador que eu aprecio muito. Os Magic também acabam por ficar bem servidos (o possível) e ainda recebem 1st round picks das outras 3 equipas.
      Para mim o loser são os Sixers, não para este ano mas já a partir do próximo ( só se o Bynum assinar extensão o que não acredito).

      Eliminar
    6. Conclusão: ganham todos, até os Sixers se o Bino assinar.

      Está bem!

      Mais uma profecia da bola calimeriana.

      Eliminar
    7. Stoudemire10/08/12, 03:51

      Normalmente os negócios têm por objectivo isso mesmo, a satisfação de todas as partes.

      Mas pelos vistos estou enganado :)

      Eliminar
    8. Ainda bem que reconheces: «Mas pelos vistos estou (Stoudemire) enganado.»

      Estás no bom caminho. Com o tempo chegarás lá.

      Eliminar
    9. Se há equipa que ganhou esta troca foi :

      1- Philadelphia
      2- Lakers
      3- Denver
      (...) as restantes equipas da liga
      30 - Orlando

      Eliminar
    10. Como é que é possível os Magic trocarem o melhor poste da liga, estarem envolvidos mais 2 All-Stars nessa troca (Bynum e Iguoadala) e eles não receberem nenhum?! Iiiiiiihhh ca burros! lol Eu até gosto do Aaron Afflalo, o Al Harrington até é um forward decente (apesar de já ter 32 anos) e o Moe Harkless dizem que pode ser a grande surpresa do draft de 2012... mas fizeram uma borrada enorme neste negócio.

      Os Lakers basicamente é troca por troca; conseguem sempre fazer estas trocas sem ficar a perder. Wilt, Kareem, Shaq, Gasol e agora Dwight. Mas esta equipa dos Lakers está-me a começar a parecer aquela de 2003-2004, quando eles foram buscar o Karl Malone e o Gary Payton. Equipa envelhecida e com muitos egos no balneário... se calhar pode não correr bem

      Eliminar
    11. O Bynum vai ficar em Philadelphia, é a equipa que lhe pode oferecer mais dinheiro pelo máximo contrato no próximo ano. Treme Stroudlemire, os sixers vão atrás do Lebronco e dos íte.

      Eliminar
  17. E o Nuno Marçal? Ninguém o quer? Nem a custo zero?

    Há gente que não tem mesmo visão...

    ResponderEliminar
  18. quer se ame ou se odeioo lebron tem que se admitir que ele e um dos melhores jogadores de sempre

    ResponderEliminar
  19. Michael Jordan, esse farsante10/08/12, 14:01

    PG - Steve Nash
    SG - Kobe Bryant
    SF - Maluco
    PF - Pau Gasol
    C - Dwight Howard

    E assim temos um candidato ao título. Resta saber como se vai comportar Kobe. Em teoria, esta equipa, na minha opinião, é mais forte do que OKC e Miami. Em teoria, porque falta a química.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Stoudemire10/08/12, 14:09

      Suponho que seja a equipa mais odiada a partir de agora, seguindo critérios anteriores lol
      Como muitos defendiam que era anel ou desilusão para os Heat, este ano isso aplica-se a esta equipa então.

      Eliminar
    2. A equipa mais odiada porque...?

      Eliminar
  20. vamos ver se os lakers vão aguentar a pressão, têm que ser campeões já este ano, senão o howard vai para brooklyn como FA...

    Miami vai chegar à final relativamente fácil, os lakers vão ter um caminho mais difícil, porque as equipas são muito melhor do outro lado, e passar os thunder não vai ser fácil (eu não acredito que passem westbrook e companhia)...

    Miami vai ter uma época muito mais tranquila porque os holofotes vão apontar para os lados de hollywood...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É impossível Howard ir para Brooklyn como FA, a não ser que eles desmantelem a equipa. Não digas coisas só por dizer. Mavs, Lakers são os candidatos mas até lá muitas equipas podem posicionar-se para ter Howard. Hawks por exemplo.

      Se achas que os Miami Heat vão ter caminho fácil, lembra-te do suposto caminho fácil do ano passado, foi realmente fácil? Bosh e Wade aleijam-se muito (mas jogam na mesma o que é mais impressionante).

      Concordo contigo sobre a tranquilidade da época, mas foi mais pelo título, agora colocarem uma equipa de velhos como favorita dos campeões? É a melhor coisa que podia acontecer!!! Atiçem o LeBron e o Riley, atiçem.

      No papel é interessante ver os Lakers, mas vs Grizzlies, Nuggets, Clippers, Spurs, Thunder, vão sofrer. Sobretudo com Thunder, Spurs e Clippers. Acho que este ano os Clippers vencem o Oeste.

      Eliminar
    2. brooklyn pode passar o tecto salarial à vontade, o russo paga...

      no ano passado os knicks foi fácil, com indiana sem bosh, sem jogo interior venceram hibbert e west, boston têm mais um ano nas pernas, e o garnett jogou como nunca, será que vai continuar assim???

      Miami vai à final com muita tranquilidade...

      os lakers, não sei não...

      Eliminar
    3. Não tem cap space! Como podes assinar com um FA quando tens (http://www.hoopsworld.com/brooklyn-nets-team-salary) 85 M$ em salários para o proximo ano? Não há espaço, não se trata de pagar ou não.

      Só os Knicks foram fáceis. E este ano eles estão melhores.

      Vencemos Indiana mas foi fácil? Liga a NBA Tv, vê o jogo 4 contra Indiana, foi preciso Wade e Lebron desumanos senão caíamos para 3-1.

      Boston também. Estávamos a levar 3-2. E não preciso de te lembrar o famoso jogo 6 de alguém (a melhor exibição que já vi). No GARDEN.

      Ganhámos mas fácil não foi, nem será daqui para a frente.

      Eliminar
    4. continuo a achar que indiana foi fácil...

      o melhor jogo que vi do lebron foi jogo 5 da final de conferência de 2007 em detroit,marcou os últimos 25 pontos da equipa (18 nos 2 prolongamento) e dos últimos 30 da equipa marcou 29...

      eles podem abrir espaço salarial anistiando os jogadores...

      Eliminar
    5. Já agora, quando dizem que ele não é clutch, lembro me desse jogo... e penso, deixa lá que eles não percebem nada de basquetebol...

      Eliminar
    6. Stoudemire10/08/12, 16:58

      LBJ, a série com Indiana foi tudo menos fácil.
      Ainda por cima com a lesão de Bosh, a perder 2-1 e ainda fazer o jogo 4 em Indiana essa série esteve em sério risco.
      James esteve ao seu nível e fez um jogo assombroso, e finalmente aí Wade acompanhou-o e esteve em grande nível. Mas o que acho que foi o momento de viragem foi com certeza o troço do Haslem, que pôs fim às brincadeiras.

      Contra Boston a série parecia controlada, mas depois de estar a perder 3-2 e indo fazer o jogo 6 a Boston, mais uma vez estiveram em sérios riscos. Mas aí mais uma vez apareceu o homem que se esconde nos grande momentos LOL, com um jogo do outro mundo.

      E mesmo na final aquele jogo 1 deu ideia que OKC seriam os favoritos, mas a partir do jogo 2 o Spoelstra descobriu a fórmula do sucesso e foi sempre a aviar.

      O que ainda dá mais valor à vitória dos Heat é que estiveram sempre a perder nestas 3 séries, encostados à parede e responderam sempre com classe.

      Eliminar
    7. Stoudemire10/08/12, 17:00

      O mito do LeBron não ser clutch é cómico. Vendo os jogos ou fazendo uma pesquisa simples esse mito desfaz-se. Mas não dá jeito a alguns :)

      Eliminar
  21. sera preciso fazer um desenho a explicar oh ivan?? entao depois da palhaçada do D12... fica, não fica, renova, quer sair, nao se decide, faz birra...yapa yapa yapa... ao menos o LBJ teve maturidade suficiente para decidir e pronto... (apesar do espectaculo the decision ter sido ridiculo...).

    Apesar disso... fantástico negocio dos LAL, que equipa...!! a conferencia oeste este ano vai ser incrivelmente forte!
    Ainda tenho esperança que miami consiga contratar um poste... milicic ou ate mesmo arriscar com o Greg Odem!!

    Um grande abraço aqui para o pessoal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, mas não deixou os Magic de mãos a abanar nem avisou da decisão através de um episódio de «soap opera».

      E não esqueçamos o triste papel que a NBA desempenhou o ano passado, ao impedir que Chris Paul e DH fossem para LA. O Stern sabe muito, mas mesmo muito...

      Eliminar
    2. Mas porque é que continuam a classificar como triste a intervenção da NBA no negócio Chris Paul? Se a NBA era a dona dos Hornets tinha poder para decidir se o negócio lhe era vantajoso ou não, ou se queriam optar por outra proposta. Se a proposta que acabaram por aceitar foi melhor já é discutivel, mas foi a que a NBA (enquanto dona da equipa) aceitou.

      Quanto ao negócio do D12, foi um desastre para os Magic. E se muita da culpa pode ser atribuida aos Magic porque não aceitaram logo que não o conseguiam manter e procuraram o melhor negócio possivel, o Howard também não os "ajudou" com a intransigência em se mudar apenas para os Nets ou ao afirmar que não ía assinar uma extensão em 2013.

      Eliminar
  22. Concordo contigo. A pressão passa toda para o lado dos Lakers.

    Quanto a OKC, não me parece que consigam ir muito mais além com a atual equipa. Precisam de mais qualquer coisa, por exemplo de uma base verdadeiro e com mais cabeça.

    Os Lakers, agora, precisam de arranjar um par de atletas que enfiem umas valentes bombas de 3, para aproveitar o 2 X 1 sobre o Howard.

    E aguardemos pelos Clippers.

    Enfim, venha de lá a próxima época...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isiah_Thomas10/08/12, 14:51

      Para lançar de 3 têm lá o Nash e o Jamison.
      Mas têm é de aproveitar a grande vantagem que vão ter no interior, que neste caso são Gasol e Howard.

      Eliminar
    2. Acho que shooters para LA deve ser entre Leandro Barbosa, Jodie Meeks, Carlos Delfino ou Martell Webster. Todos eles bons jogadores para dar profundidade ao banco que bem precisa.

      Eliminar
    3. OKC com um base "sem cabeça" eliminaram só dallas, lakers e spurs...

      um base que enfia 25 pontos por jogo, é mau...

      eu gosto de ver o westbrook a jogar, não é de fazer muitas assistências, mas no 1x1 com os outros bases ele ganha grande vantagem só com o físico, mas admito que ele é um pouco louco e trapalhão a jogar, mas com a idade deve melhorar...

      Eliminar
  23. Ainda sobre o Usain Bolt
    1 - trata-se, e isso é irrufável a não ser que haja um controlo anti-doping positivo, do maior velocista de todos os tempos (não podemos avaliar o que faria Jesse Owens nos JO de 1940, se se tivessem realizado)
    2 - Fica-lhe mal fazer afirmações auto-elogiosas
    3 - Mas se há pessoa com menos moral para criticar esse género de afirmações é precisamente Carl Lewis, porque ele próprio se considerava também "O maior"
    4 - E ficou ainda pior a CL fazer aquelas insinuações sobre doping dos atletas da Jamaica. Devia lembrar-se que o record mundial de 100 m mulheres que é de uma sua compatriota que até já morreu, é um dos mais falsos de toda a história. Como se deveria lembrar dos casos Marion Jones e do seu marido, e de mais uns quantos atletas made in USA que ao correr dos anos têm estado suspensos devido a estarem dopados, especialmente velocistas. Mas Carl Lewis sempre demonstrou ter pouco ou nenhum fair-play como desportista, e agora vem ao de cima todo o seu ressabiamento, ao ver um outro atleta conseguir aquilo que ele nunca conseguiu.

    Quanto a ser o maior atleta vivo...não entendo como é que se pode comparar um Bolt com um Phelps, ou qualquer destes com Rudisha ou com alguns dos basquetebolistas da equipa nacional dos Estados Unidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 1 - É a tua opinião, logo o irrefutável serve para ti.
      4 - Vic, o próprio Carl Lewis acusou doping antes dos JO de 1988.

      Agora, o gajo tem razão numa coisa: o controle anti-doping na Jamaica é risível. Mas, a bem da verdade, a maior parte dos atletas, provavelmente, dopa-se.

      Eliminar
    2. "irrefutável", como é óbvio.É o que faz escrever de um Ipad, que nos emenda as palavras

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. Anónimo, Irrefutável porque o Bolt é o recordista mundial. Logo, é irrefutável que seja o mais rápido de todos os tempos, além de que é a 1ª vez que alguém ganha os 100 e 200 m em dois JO seguidos.
      E Carl Lewis, porque também acusou doping, devia ter-se eximido agora a comentários sobre isso. (Mas toda a gente o conhece, e mesmo na sua equipa, não tinha muitas simpatias) Até porque os Estados Unidos não são exemplo para ninguém.
      E como é evidente, concordo contigo quando referes que a maior parte dos atletas seja em que desporto for, se dopa.
      Já dizia o velho Joaquim Agostinho que quem pensa que subir os Alpes só a comer bifes com batatas fritas, é um ingénuo.
      E nesse campo, não há virgens ou inocentes.

      Eliminar
  24. Stoudemire10/08/12, 16:31

    Uma coisa é certa, bato palmas a toda a organização dos Lakers. Mantêm-se no topo constantemente, sacando da cartola negócios que não lembram ao diabo (começo a pensar que têm um inside man em cada uma das franchises que puxam uns cordelinhos XD).
    Bem fez o Bryant ao fazer a birra pa ir para LA, é garantia de anéis.

    ResponderEliminar