11.11.10

Boletim de Avaliação - Central Division - Bulls

Chicago Bulls

Ao longo da época passada trocaram vários dos seus jogadores por praticamente nada para libertar espaço salarial para a free agency de 2010. Eram uma das equipas com mais espaço salarial neste verão e entraram na corrida por James, Wade ou Bosh. Wade, natural de Chicago, era o seu alvo principal, mas mostraram que tinham um plano B quando ele decidiu continuar em Miami. Contrataram outro dos free agents mais desejados (Carlos Boozer) e vários outros jogadores que, embora da segunda linha de free agents, substituem os que saíram e podem-se revelar muito úteis nesta equipa.

Entradas / Saídas
Saíram Kirk Hinrich, Hakim Warrick, Brad Miller, Acie Law e Jannero Pargo e entraram Carlos Boozer, Ronnie Brewer, Kyle Korver, Keith Bogans, Kurt Thomas, CJ Watson, Brian Scalabrine e Omer Asik (rookie, da Turquia).

Frontcourt
Joakim Noah está a tornar-se um dos melhores postes da NBA e é um dos pilares da equipa. Muito forte na defesa e nos ressaltos, está também a melhorar ofensivamente. Boozer complementa o jogo interior com o talento ofensivo que Noah ainda não tem, dando uma necessária presença ofensiva interior ao ataque dos Bulls. Grande ressaltador também, mas não um grande defensor, algo que poderá melhorar com o especialista defensivo Tom Thibodeau.
A equipa de Chicago terá assim um dos melhores frontcourts ressaltadores da liga, com um jogador forte na defesa e outro forte no ataque.
A small forward Luol Deng procura voltar ao nível anterior depois duma época menos boa e com várias lesões em 2009-10.

Backcourt
O outro pilar da equipa está na posição de base e é Derrick Rose, que, na sua terceira época, é já uma certeza e um base All-Star, mas também ainda um projecto em curso. Com capacidades físicas fora de série e fortíssimo a penetrar para o cesto, se desenvolver um lançamento longo fiável será impossível de parar no um contra um. Para melhorar o ataque da equipa terá de movimentar mais a bola e ser melhor distribuidor e organizador.
Como shooting guard, podem jogar com Keith Bogans ou Ronnie Brewer, ambos bons defensivamente.

Banco
Adicionaram atiradores e marcadores como Korver e CJ Watson (algo que precisavam urgentemente, depois de terem sido uma das piores equipas nos lançamentos de 3 pontos), defensores como Brewer e Bogans, ressaltadores e defensores interiores como Kurt Thomas, Scalabrine e Asik (e já tinham Taj Gibson), o que lhes dá várias opções para o jogo exterior e também para o interior.

Treinador
Tom Thibodeau, depois de 20 anos como adjunto em várias equipas da NBA, tem a sua primeira oportunidade como treinador principal. Especialista defensivo, era um dos adjuntos mais respeitados da liga e o responsável pelo muro que é a defesa dos Boston Celtics. Em Chicago tem um desafio maior: melhorar um ataque que foi dos piores (apenas o 28º, com 100.8 pontos/jogo) na temporada passada.

Resumo
Os Bulls não ficaram a chorar sobre o leite derramado quando não conseguiram Dwayne Wade ou Lebron James, mostraram que tinham um plano B e não só acrescentaram mais uma peça ao núcleo de Rose e Noah, como os rodearam de jogadores úteis em áreas que a equipa precisava.
Foram uma das equipas que mais e melhor mexeu no plantel e este ano aspiram a subir na hierarquia do Este e lutar por um dos lugares de topo da conferência.

Nota: 15


(próximo: Central Division - Cleveland Cavaliers)

Sem comentários:

Enviar um comentário