2.12.10

Boletim de Avaliação - Central Division - Pacers

Indiana Pacers

Com uma equipa desequilibrada e frequentemente desorganizada em campo, os Pacers procuravam um base que pudesse liderar a equipa. Darren Collison mostrou a época passada, nos Hornets, que poderá ser o seu base por muitos e bons anos. De resto, não mexeram muito mais na equipa. Poderão os Pacers aspirar a subir na hierarquia do Este?

Entradas / Saídas
Saíram Troy Murphy e Luther Head e entraram Darren Collison, Paul George (escolha no draft), Lance Stephenson (escolha no draft) e James Posey.

Frontcourt
Roy Hibbert passou o verão no ginásio, está mais forte e mais atlético e, depois de boas indicações na temporada passada, espera-se que continue a melhorar. O power forward Josh McRoberts é outro jogador atlético que pode melhorar a defesa e os ressaltos dos Pacers.
Danny Granger é a estrela da equipa, mas terá de ser mais regular e melhorar a sua defesa para a equipa de Indiana ser uma ameaça no Este.

Backcourt
Collison foi a grande aquisição da offseason e a esperança dos Pacers para estabilizarem numa posição fundamental. Bom lançador, marcador de pontos e distribuidor, foi a surpresa da temporada passada, com médias de 18.8 pts e 9.1 ass nos 37 jogos em que substituiu o lesionado Chris Paul como titular. Esta época terá de mostrar que tem qualidade para ser titular na NBA e consegue manter essa produção durante um ano inteiro.
O shooting guard é outra posição que precisam de estabilizar. Brandon Rush é mais talentoso e Mike Dunleavy mais regular. A consistência de Rush (que ainda não provou todo o seu potencial) é uma das chaves da época.

Banco
Dunleavy, James Posey, TJ Ford, Danhtay Jones, Tyler Hansbrough, Jeff Foster e AJ Price. Jogadores que podem contribuir na defesa (Jones, Posey, Foster), nos lançamentos exteriores (Posey, Dunleavy), no apoio a Collison (Ford e Price) e nos ressaltos e jogo interior (Hansbrough, Foster). Não é um banco extraordinário, mas tem vários jogadores úteis e que podem ajudar em várias áreas. Como se espera de qualquer banco. Não é, no entanto, o banco mais regular e fiável também.

Treinador
Jim O'Brien é um treinador do meio da tabela. Com 30 anos de experiência ao nível universitário e profissional, é por aí que as suas equipas na NBA andam habitualmente. Nunca treinou nenhuma equipa no topo e o objectivo desta equipa também não é mais do que conseguir chegar aos playoffs.

Resumo
As mudanças a nível do plantel não foram muitas e os jogadores escolhidos no draft não parecem prontos para contribuir imediatamente. Mas as mudanças em campo terão de ser muitas se querem ficar nos primeiros oito da conferência. Collison foi uma boa notícia para os fãs dos Pacers, mas é apenas o começo do trabalho que têm a fazer. Um bom começo no entanto. E para o ano ainda têm dinheiro para gastar na free agency, por isso podem estar no bom caminho. Vamos ver como se portam dentro de campo.

Nota: 12


(próximo: Central Division - Milwaukee Bucks)

Sem comentários:

Enviar um comentário