6.12.10

Três pontos para os Heat

Para não dizerem que tenho um preconceito com os Heat e estou sempre a criticá-los e a apontá-los como os vilões desta temporada, aqui fica uma história em sua defesa. E esquecamos o que se passa em campo por um momento, porque aqui falamos de algo mais importante.

Christian Liebert fez 8 anos no dia 22 de Outubro e como prenda de aniversário ia assistir, na sua cidade natal de Tampa, na Florida, a um jogo de pré-epoca entre os Heat e os Magic. Disse aos seus pais que não queria uma festa e tudo o que queria nos seus anos era um bilhete para ver a sua equipa preferida. Os bilhetes estavam comprados desde Junho, antes da Decisão de Lebron, pelo que, quando soube que os seu jogador preferido ia juntar-se aos Heat e ia poder vê-lo ao vivo, a sua excitação ainda aumentou.
O jogo, no entanto, foi cancelado devido ao piso estar escorregadio e Christian voltou para casa a chorar.

Sem saber o que fazer para consolá-lo, a sua mãe escreveu uma carta para a equipa de Miami a contar o sucedido. E esta não caiu em saco roto. Sensibilizados pela carta, ofereceram a Christian e os seus pais uma viagem a Miami para assistir ao jogo frente aos Hawks.

Este Sábado, ele lá estava, sentado na primeira fila. Antes do jogo sentou-se no banco da equipa e tirou fotografias com os jogadores. Christian levou uma camisola dos Heat com o número 6, o de Lebron, e o trabalho escolar que escreveu sobre ele.

Três pontos para os Heat. Desta vez foram heróis.

1 comentário:

  1. aiiiii que historia tao bonita! até chorei um pouco!
    foi uma boa atitude desses maus da fita! afinal os maus nem sempre sao maus! ahahha nao vou dizer mais nada.. que o basket para mim.. é um piso escorregadio! lool olha.. gosto do teu blogue.. refiro-me á parte estetica! lool beijinho!

    ResponderEliminar