9.2.11

Kobe e os Lakers outra vez?!

Eu não queria. Eu hoje não queria falar de novo dos Lakers nem de Kobe. Há outras coisas a acontecer na NBA também e já estou a dever-lhes uns posts. Eu tentei, juro que tentei. Mas os acontecimentos na liga não me deixam outra alternativa: como se já não bastasse toda a especulação em volta de Carmelo (uma das maiores histórias da época), agora os Lakers entram ao barulho. Parece que eles estão em todo o lado.


Carmelo nos Lakers. Possibilidade real ou apenas tinta para vender jornais? A história foi lançada inicialmente pela ESPN e rebentou depois por todo o lado. "As duas equipas tiveram discussões preliminares sobre o assunto", dizem as fontes da ESPN. Discussões preliminares? Há centenas de discussões preliminares por época que nós nunca chegamos a conhecer e nunca dão em nada mais que isso.
Os general managers da NBA estão sempre abertos a possibilidades de melhorar as suas equipas, falam constantemente entre si e discutem muitas possibilidades de trocas. Chama-se sondar o mercado. Por cada troca que efectivamente acontece, há outras 20 ou 30 que nunca saem do reino das possibilidades. E, ao que tudo indica, esta é uma dessas. Porque, como Sekou Smith do Hang Time Blog notou, há uma passagem na história da ESPN que toda a gente ignorou: "uma fonte dos Lakers disse à ESPN que o negócio não vai acontecer e que os Lakers recusaram um acordo que envolvesse Bynum."

Pode ser apenas uma hipótese remota, pode provavelmente nem ser nada, mas basta a possibilidade para deixar todos os jornalistas e fãs do mundo com água na boca. Os primeiros pelas manchetes, os segundos por ver Melo numa super-equipa de Hollywood, ao lado de Gasol, Bryant e Odom.

O que nos leva à pergunta fundamental: seriam assim uma tão super-equipa com Carmelo Anthony? Já sabem a minha opinião em relação a Carmelo (se ainda não sabem, podem ver aqui neste post sobre a sua possível ida para os Nets). Penso que é uma das estrelas mais sobrevalorizadas da liga e tenho dúvidas sobre o valor do negócio para os Lakers.

Mais uma vez, o que traz Melo para uma equipa? Pontos, essencialmente. Ora, os Lakers já são a melhor equipa ofensiva da NBA, com um Offensive Rating (pontos marcados por cada 100 posses de bola) de 112.2. É na defesa que precisam de melhorar se querem conquistar o threepeat (são apenas a 11ª melhor defesa, com um Defensive Rating - pontos sofridos por cada 100 posses de bola - de 105.1). E aqui Carmelo não vai ajudar. Ao contrário de Andrew Bynum, que é uma das chaves para conseguirem ser uma defesa de topo.

Para além disso, o triângulo ofensivo de Phil Jackson é um sistema difícil de aprender e dominar. Embora Carmelo dificilmente fizesse pior que Artest (que muitas vezes parece perdido no triângulo), levaria tempo a conseguir aprender o sistema e nem sequer é um sistema que beneficie o seu jogo, pois tem poucas situações de isolamento e é baseado no passe (não um forte de Melo) e ocupação de espaços. E mais: apesar da sua, às vezes, reduzida participação no ataque, Artest ainda é um defensor de topo. Quando chegarem os playoffs, quem preferiam ter a defender jogadores como Durant, Lebron ou Paul Pierce? Melo ou Artest?

Já para não falar que a saída de Bynum obrigaria Gasol a passar para poste, onde ele rende menos que a power forward. Estariam a reduzir o rendimento de Gasol, sem ganhar o suficiente em troca. E para ganhar a equipas como Boston, San Antonio, Dallas e Miami, os Lakers precisam dum frontcourt forte. Odom, Bynum e Gasol dão-lhes essa garantia. Um frontcourt com Anthony, Odom e Gasol seria claramente mais fraco defensivamente.

Por tudo isto, este negócio parece uma hipótese muito remota para os Lakers. E um mau negócio, para começar. Provavelmente não passará da especulação. Entretenimento ao melhor estilo de Hollywood. Por isso, deixem os Lakers fora das conversas de Carmelo. Se é entretenimento que querem, deixo-vos aqui um bem mais divertido, Kobe no programa do Conan O'Brien:


7 comentários:

  1. Valor de Carmelo à parte, estou completamente de acordo, seria a destruir o 5 mais equilibrado da liga, tendo em conta as opçoes do Phil Jackson para base, em troca de muito pouco.
    Digo isto porque o contrato de Melo termina no final da epoca e com a negociaçao entre liga e jogadores "encravada" a posibilidade de Melo nao querer ser numero 2 ou até 3 é alta, imagine-se dar Bynun ou Odom e Artest por alguns meses de Melo, fazia sentido se fosse uma tentativa desesperada de exito.

    JF

    ResponderEliminar
  2. Lakers Fã10/02/11, 14:03

    Bolas, eu sei que vendo pela optica que aqui apresentaste Carmelo nao era uma boa aquisição, mas caramba a ideia de ter Gasol,Kobe e carmelo no mesmo team era espetacular, embora claro reconheço que existem muitos "s" , mas era lindo!

    ResponderEliminar
  3. André15Gomes10/02/11, 14:08

    Seja Melo-Odom, Melo-Artest ou Melo-Bynum, os lakers vão ficar sempre a perder. Não precisam de mais um jogador (mediocre) sem dados provados, mas que vende camisolas, para destruir o que demorou a ser feito, e com muito mérito. De certeza que em LA ainda se lembram do que aconteceu quando o Gary Payton e o Karl Malone caíram de para-quedas. Muitos nomes poucos resultados e uma época desastrosa.

    ResponderEliminar
  4. Será pessimo se isto vier a acontecer, são duas estrelas juntas pra um só poleiro (KOBE E MELO), ou já se esqueceram da época em que se reuniram em L.A., Karl Malone, Shaq, Kobe Gary Payton, Vlad Divac, etc, uma super, mega equipa que nada ganhou, e levou a saida do phil jackson, espero que não cometam o mesmo erro de novo, e deixem se estar assim, porque foi assim que ganharam dois titulos e estao a lutar pelo 3 consecutivo

    ResponderEliminar
  5. Concordo plenamente com o marcio em relação às deficiências defensivas do Melo mas não exageremos!! Ele continua a ser um dos melhores jogadores ofensivos da NBA e um jogador de calibre all star sem dúvida. Agora se ele seria uma boa escolha para L.A não me parece. No entanto se a transferência se realizasse gostava que ele fosse acompanhado pelo Billups para ver LA a jogar com um verdadeiro base a gerir o jogo (e não ver a bola sempre nas mãos do Kobe).

    P.S - Hoje vai ser o dia em que Ray Allen vai bater o recorde de mais triplos marcados na liga, precisamente contra L.A. Momento para recordar!

    ResponderEliminar
  6. Fogo?? Billups e Carmelo em LA?

    Mas será que o GM dos Nuggets é fã dos Lakers, tal como um tal dos Grizzlies, quando ofereceu o Pau Gasol?

    ResponderEliminar
  7. Nao me parece uma boa troca nem para LA nem Denver, ao que parece a imprensa tá a precisar de um blockbuster a isso junta-se a vontade de Melo em mudar de ares e temos noticia.

    A temporada com Payton e Malone em LA não se pode dizer que tenha sido má, chegar à final é no minimo muito bom.

    Hoje um dos grandes SENHORES do basket muito provavelmente acabou a carreira um grande obrigado a Jerry Sloan por grandes noites de basket

    ResponderEliminar