2.12.12

Um tiro no pé


O Diogo M. pergunta qual a nossa opinião em relação à polémica em volta dos Spurs e aos 250.000 dólares de multa que estes levaram por terem descansado Tim Duncan, Tony Parker, Manu Ginobili e Danny Green no jogo frente aos Heat. É fácil: Gregg Popovich fez muito bem em descansá-los, tem (ou devia ter) todo o direito de o fazer e a decisão de David Stern não só é injusta, como é indefensável seja qual fôr o ângulo por que se analise. 


Primeiro, não existe nenhuma regra que diga que uma equipa tem de se apresentar num jogo com todos os seus jogadores ou que obrigue as equipas a levar os seus melhores jogadores para os jogos. Existe apenas uma regra que diz que as equipas não podem descansar jogadores de uma forma que seja contrária aos interesses da liga (seja lá o que isso fôr).

Então, do ponto de vista legal, é uma decisão subjectiva e aberta a todo o tipo de interpretações e discussões. O que é do melhor interesse da liga? Ter todos os Spurs presentes num jogo da temporada regular com pouca ou nenhuma importância ou ter os Spurs frescos e na melhor forma quando chegarem os playoffs? Ter estes Spurs na melhor condição em Abril e Junho e a lutar pelo título não será melhor para a liga (e para as audiências?) do que num dos 82 jogos da temporada regular? Ter, eventualmente, estes Spurs em Miami em Junho, a lutar por um título não é melhor para a NBA do que tê-los num jogo que ninguém se lembra daqui a um mês?

Já para não falar que os suplentes dos Spurs a discutirem o jogo até ao fim até deu uma história melhor (e diferente). Podemos argumentar que a curiosidade de ver como se portavam (e como se portaram) os suplentes dos Spurs gerou mais interesse do que se fosse apenas mais um jogo.

Portanto, é muito subjectivo e discutível o que é melhor para a NBA. Não me parece que os fãs dos Spurs se tenham importado muito, pois eles sabem que Popovich fez o melhor para a equipa deles. Também não me parece que os fãs dos Heat se tenham importado muito, pois o máximo que podia acontecer era a sua equipa ter uma vitória mais fácil. E a ausência dos 4 titulares dos Spurs até gerou mais atenção em volta do jogo.


Para além disso, uma liga não pode funcionar de forma arbitrária e subjectiva. As regras têm de ser claras e objectivas. Se os Spurs tivessem quebrado algo que estivesse claramente estipulado, se a regra dissesse "as equipas têm de se apresentar com todos os jogadores" e eles não o fizessem, aí podiam multá-los. Assim abrem um precedente que nunca vão conseguir cumprir. Porque agora o que vai acontecer quando as equipas sentarem jogadores nos últimos jogos da temporada regular para os descansar para os playoffs? Vão multá-las a todas? Ou vão só multar algumas? E como vão decidir quando devem ser multadas ou não? Com esta decisão meteram-se num beco do qual nunca vão conseguir sair.

A unica forma de sair era criar uma regra clara que obrigasse as equipas a apresentarem todos os jogadores nos jogos. Mas a aplicação duma tal regra é impossível. Mesmo que sejam obrigados a ter os jogadores presentes, o treinador pode não os colocar a jogar e deixá-los no banco o jogo todo. Por isso, obrigar uma equipa a apresentar todos os jogadores seria apenas uma formalidade.

Por isso, o melhor que David Stern fazia era ficar quieto e deixar as equipas fazer a gestão dos jogadores como muito bem entenderem. Porque estas vão fazer tudo para estarem no seu melhor nas alturas decisivas. E tê-las no seu melhor nas alturas decisivas é o melhor para a NBA. David Stern devia ficar quieto e confiar que o melhor para as equipas é o melhor para a NBA.

12 comentários:

  1. Tens de atender às particularidades da NBA. A liga é uma empresa composta pelas equipas. Como empresa, tem fim lucrativo, comercial. A não utilização dos melhores jogadores é contrária aos interesses da liga. O raciocínio é simples, pode é não concordar-se que assim seja; que deve o interesse da liga (e a utilização/gestão dos jogadores) deve ser vista a longo prazo.

    A ira parece, em boa medida, advir do facto de não ter avisado previamente a liga, a outra equipa e os media. Isto torna-se tudo muito relativo perante a evidência de que os Spurs, com os "suplentes", estiveram muito próximos de ganhar contra a "elite" da outra equipa.

    Mas a lógica do Stern é indiferente a esta evidência. É uma lógica puramente mercantilista. São aqueles jogadores que o público quer ver, joguem bem ou mal. São aquelas camisolas que vão ser compradas.

    Concordo que o melhor será, provavelmente, ter os melhores jogadores nas melhores condições, na altura em que mais interessa. Mas também compreendo que a NBA entenda, enquanto empresa com fim lucrativo, que esses jogadores devem jogar sempre não exista motivo justificado para não jogarem. Creio que a decisão teria sido diferente se a informação tivesse saído da estrutura dos Spurs, para a NBA, para os Heat e/ou para os media. Como que a atestar que seria uma decisão pontual, justificada pelas circunstâncias.

    ResponderEliminar
  2. Lebron s Cousin02/12/12, 18:08

    Invés de preocuparem-se em ofender os suplentes dos Spurs que chegam para muita gente, deviam era preocupar-se com as equipas que fazem tanking. Elas vêm aí...!

    ResponderEliminar
  3. E' claramente uma decisao polemica e discutivel mas jamais indefensavel .
    Eu se estivesse de ferias nos EUA e podesse ver os Clippers contra os Heat era capaz de , na loucura , desembolsar um "balurdio" para comprar um bilhete para esse jogo mas depois se o LBJ , D wade , Blake e CP3 tivessem um dia de descanso ficaria pior q estragado . Comprar um bilhete para ver o Brian Adams e depois ter q gramar com o Ze Cabra e' dose !
    Penso q ninguem e' a favor do Tanking mas q ele existe , existe , e nao e' bonito de se ver , e ai ja' somos todos( ou a maioria ) a favor de medidas deste genero .
    Mesmo o futebol tem problemas do mesmo genero onde as equipas escalonam as reservas para os jogos da Liga Europa e a UEFA ja comecou a tomar medidas .
    E' um problema transversal no desporto , de um lado temos a parte desportiva e de outro a parte comercial ( e por maioria de razoes na NBA a parte comercial manda muito ) , nenhuma vive sem a outra .
    Se esta e' a melhor maneira de responder a esta situacao , nao sei !

    ResponderEliminar
  4. Joao Paiva02/12/12, 22:24

    Eu penso que o geral das pessoas nao compreendeu a decisao do Stern. Ele multou os Spurs nao por terem deixado de fora as suas estrelas, mas sim porque nao avisaram que o iam fazer. Esta confusao toda nao existiria se o Popovich um dia antes do encontro tivesse dito que no jogo com os Heat ele ia descansar Manu, Tim, Tony e Danny.
    Imaginem o que fariam se fossem ver um jogo da NBA entre duas das equipas que sao pretendentes ao titulo, pagassem 80 euros por bilhete, à espera de assistir a um jogo equilibrado, com Overtime e com um buzzer no final para ganhar o jogo, e chegassem ao pavilhao e descobrissem que os melhores jogadores da equipa adversaria (5 inicial praticamente) nao tinham ido??? Se soubessem antes talvez nao teriam gasto tanto no bilhete, por isso nós, como adeptos, devemos condenar os Spurs por nao terem avisado o que iam fazer.
    A gestao da equipa e dos esforços dos jogadores deve ser do treinador e ninguem se deve meter nisso, mas temos de ter em conta que esta é uma liga global e que a simples informaçao do que se ia passar podia mudar a discussao toda. Por isso, apresento o meu apoio ao Stern (e fiquem sabendo que sou um grande adepto dos Spurs).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, mas que eu saiba não há nenhuma regra que impeça alguma equipa a jogar com os suplentes, assim como nao ha nenhuma regra que obrigue as equipas a avisarem quando vão deixar os titulares de fora. Conmpreeendo as motivação do Stern, assim como as motivações dos Spurs e do Popovich, mas uma equipa nao pode ser multada por quebrar uma "regra" que não existe. O Stern assim vai abrir um precedente perigoso, como diz o Marcio..

      Eliminar
    2. mas isso acontece em qualquer desporto. conheço pessoal q já foi a barcelona ver o messi, iniesta e xavi mas jogou praticamente 1 equipa mais jovem (nem me lembro quem foi titular no jogo, mas sei q n foram os 3) e também ficaram piores q estragados mas é 1 risco q se corre. Então imagina que os Spurs convocam a equipa toda e dps dão mto menos minutos aos titulares... A liga aí tb multa?? Afinal eles não deixam de estar a descansar os jogadores. Daqui a nada são os adeptos que decidem qual é a equipa titular e quantos minutos têm de jogar os titulares o que para mim é a maior estupidez de smp.

      Eliminar
    3. já agora:
      "The Cleveland Cavaliers rested a healthy James for four straight games at the end of the 2009-10 regular season. Owners discussed the issue later that week at a meeting in New York, and Stern reported that there was "no conclusion reached, other than a number of teams thought it should be at the sole discretion of the team, the coach, the general manager, and I think it's fair to say I agree with that, unless that discretion is abused."

      por 4 jogos.. leiam bem a última frase. algumas equipas fazem descansar por menos jogos no fim da época e nunca foram multadas

      Eliminar
    4. esta decisão do david starn é uma vergonha para o desporto e acho incompreensível haver aqui gente que defenda esta medida.
      e é fácil de mostrar caso aplicasse mos esta medida ao futebol. se a liga de clubes ou FPF decidisse multar o porto, o benfica ou sporting porque acharam que as equipas não utilizaram os melhores jogadores no campeonato, ou na taça da liga ou na taça de portugal qual era a vossa opinião? também achavam defensável a decisão? eu sei que fizessem uma brincadeira destas com a académica eu partia a sede da federação e a sede da liga toda.
      e voltando ao caso da nba, sendo essa lei de de defender os interesses da liga tão subjectiva podemos ver casos muito mais graves. por exemplo a liga pode multar porque o lebron só jogou 18 minutos e no mínimo devia jogar 30. a liga também pode multar porque o departamento médico acha que o durant estava inapto para jogar mas a liga achava que estava apto e não jogou. a liga também pode multar uma equipa caso esta jogue com um ritmo muito lento e a recorrer a bastantes faltas a jogadores interiores para quebrar o ritmo por impedirem um jogo aberto e muitos afundanços e alley-opps. portanto para bem do desporto só espero que o david stern volte atrás com a decisão

      Eliminar
  5. Como algumas pessoas o disseram, eu penso que foi mais pela maneira com o greg o fez do que pelo acto em sí. Ele de certa forma também o fez de uma maneira provocativa. Ele está a dizer à liga que são jogos a mais e que não os pode jogar a todos ao mais alto nível(coisa que concordo, mas não gosto pois prefiro estes jogos todos por semana)...de notar a particularidade que greg escolheu logo o jogo que ia passar na TV Nacional e também daí ter se levantado esta polémica toda!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um bocado por aí creio. Se não estou em erro foi o único jogo da noite, logo o espectador da nba n tinha alternativas a este encontro.

      É uma situação complexa pois o Popovich é pago para zelar pelos interesses dos Spurs e não pelos da nba. Ele tomou a sua decisão e os 4 títulos que tem, afastam qualquer suspeita sobre a sua competência, que é mais que reconhecida por todos.

      Eliminar
  6. Por acaso até gostei da decisão, o adepto tem que ser respeitado e acima de tudo, ser visto como a parte mais importante do jogo. Eles recebem milhões, o mínimo que podem fazer é jogar. Se querem alterar alguma, que alterem o calendário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se calhar não te lembras dos precedentes que isto vai abrir. como as equipas que poupam os jogadores nos últimos jogos da temporada, agora será que podem fazer o mesmo? Só um dos mtos exemplos que podem ser dados e que permitem perceber que esta regra por não ser nada específica só cria confusãoa liga

      Eliminar