18.11.12

Três acima


Com três semanas de temporada decorridas é ainda muito cedo para fazer balanços definitivos. Equipas que começaram mal têm ainda muito tempo para corrigir o seu percurso e equipas que começaram bem têm ainda muitos jogos pela frente para o manter. Até Abril ainda tudo pode mudar, mas, para já, há três equipas que estão a surpreender e a render acima das expectativas neste início de temporada:


New York Knicks (6-1)
Depois de uma offseason em que adicionaram Jason Kidd, Pablo Prigioni, Marcus Camby, Kurt Thomas e Ronnie Brewer, já sabiámos que os Knicks tinham peças para ser uma das melhores equipas do Este. Mas ninguém esperava que fossem a melhor até ao momento. E que estivessem a jogar um basquetebol tão colectivo. A questão para estes Knicks nunca foi a falta de talento (já no ano passado não era), mas sim conseguir colocar todos esses talentos individuais a jogar como uma equipa. E este ano estão a fazê-lo. 


Estão com o melhor ataque da liga (113.2 pontos marcados em cada 100 posses de bola), estão a movimentar melhor a bola no ataque, são a equipa com menos turnovers (74) e estão a lançar bem (46.7% nos 2pts - 6ºs na NBA - e 41.1% nos 3pts - 2ºs na NBA).

Como dissemos no Boletim de Avaliação, ter Kidd era (e está a ser) uma grande ajuda para reforçar o jogo colectivo e a organização ofensiva (assim como Prigioni, que está a ter um papel mais importante do que pensávamos que teria). E ter o Raymond Felton dos melhores tempos também. Depois duma temporada para esquecer em Portland, Felton está de volta às suas médias de carreira, é o terceiro melhor marcador da equipa e o primeiro nas assistências ((16.1 pts e 6.3 ast).

A grande questão para os Knickerbockers vai ser integrar Stoudemire, quando ele regressar da lesão. No ano passado, a incompatiblidade no ataque entre ele e Anthony foi o maior problema da equipa. Mas, para já, com este novo sentido colectivo, os Knicks arrancaram com um surpreendente 6-1 (que inclui vitórias sobre os Heat e os Spurs) para a liderança na conferência e são uma das equipas que melhor está a jogar neste começo de época.


Milwaukee Bucks (6-2)
E se ninguém esperava ver os Knicks no primeiro lugar da conferência, muito menos esperavam ver os Bucks no segundo lugar. Foram uma das desilusões da temporada passada e, depois duma offseason assim-assim, vê-los no topo é a maior surpresa da temporada até agora. Não sabemos se vão ficar por lá muito tempo, mas, para já, merecem um elogio pelo excelente início.


Era previsível que aquele que foi um dos piores ataques em 2011-12 melhorasse com Monta Ellis, mas temia-se que a defesa sofresse com isso e que um backcourt com Ellis e Jennings fosse muito fraco defensivamente. O ataque, como se previa, está melhor (estão num respeitável 12º lugar, com um Ofensive Rating de 105.3), mas a defesa não está pior. Antes pelo contrário. Está também melhor que na temporada passada e estão no top 10 (8ª melhor defesa, com um Defensive Rating de 101.5).

É claro que Jennings/Ellis continuam a ser um problema defensivamente, mas os bons defensores que têm nas restantes posições (e os bons defensores interiores e protectores do cesto que têm) têm compensado bem isso. E no ataque, aquela dupla tem estado on fire (20.3 pts, 5.9 ast, 3.4 res e 1.4 rb para Ellis e 17.5 pts, 8 ast, 3 res e 3.3 rb para Jennings). E se assim continuarem, os Bucks podem passar de uma das desilusões de 2011-12 para uma das surpresas de 2012-13.


Memphis Grizzlies (8-1)
E por falar em "on fire", o que dizer dos Grizzlies? Depois de perderem o primeiro jogo da época (com os Clippers), ganharam os oito seguintes (com excelentes vitórias sobre os Heat, os Thunder e os Knicks - a 1º derrota dos Knicks) e saltaram para o primeiro lugar do Oeste e da NBA.

Estão no top 4 tanto na defesa como no ataque (em 4º lugar em ambos, com 109.3 de Off Rtg e 99.5 de Def Rtg) e o cinco inicial desta equipa, que já leva umas quantas temporadas junto, parece cada vez mais sólido. 


O problema para estes Grizzlies, numa longa temporada, pode ser a falta de um banco à altura e a dependência em demasia desse cinco inicial. Mas para já, seguem sobre rodas e, se pensarmos que não têm um banco tão forte como muitas das outras equipas de topo, este tem sido até agora o melhor cinco inicial da liga.

6 comentários:

  1. Bom trabalho Márcio. Já agora, já agora já é 7-1 para os Knicks depois de continuarem imbatíveis em casa. A mim parece-me que os Bucks finalmente se vão qualificar para os Playoffs depois da luta com os Knicks o ano passado, mas destas 3 é a menos provável de continuar assim

    ResponderEliminar
  2. Memphis só é uma surpresa serem surpresa apenas este ano. O ano passado já era de esperar isto, é bom finalmente estarem a provar que têm condições para serem uma equipa de topo.

    Bucks vão quebrar a meu ver e ainda vão sofrer para entrar nos play-offs. Knicks estão a surpreender-me e se encaixarem bem o Amare podem ter uma palavra a dizer no Este.


    Estou aqui a ver o jogo dos OKC e cada vez mais acho que Durant está a melhorar o seu jogo. Este primeiro triplo-duplo da carreira mostra toda a evolução deste rapaz. Cada vez mais a aproximar-se do King LeBron. Em termos de ressaltos sempre se defendeu bem, mas agora está um passador de grande qualidade (abdica também de alguns pontos), um defensor de luxo (tanto em blocos como em roubos de bola) e ainda com percentagens incríveis - +50% FG e quase 50% de 3 pontos.

    ResponderEliminar
  3. Fear the Deer, let's Go Bucks :D equipa mai bonita do Este, onde o Kareem jogou e ganhou também

    ResponderEliminar
  4. Papa Valdemares19/11/12, 14:43

    Entretanto o James Harden voltou à terra.

    Por outro lado, parece-me que, nos dois últimos jogos, os Knicks já não estão a jogar tão coletivamente e que é, muitas vezes, um «vai-já-daqui».

    ResponderEliminar
  5. Triplo Duplo19/11/12, 16:06

    Muitas equipas fortes este ano, os playoff prometem.
    Durant mudou o seu tipo de jogo este ano, está a tentar aproximá-lo ao tipo de jogo do LeBron. E faz ele muito bem, é melhor jogador neste momento do que há 6 meses.

    ResponderEliminar
  6. Do que tenho visto, a equipa mais forte neste início parece-me os clippers..CP3 é uma maquina a digirir, griffin e jordan a jogarem mais em equipa e menos po espetaculo e um banco fortíssimo com o jamal crawford em plano estrela. Vão estar no topo de certeza na regular season e nos playoffs acho que vão andar na luta pelas finais de conferência.

    ResponderEliminar