25.8.11

Era Uma Vez a NBA: os anos 00


E chegamos ao fim da nossa viagem pela história da NBA com a primeira década do novo milénio. E se a NBA já terminou o século XX como uma liga global só reforçou essa posição no início do século XXI. Para isso muito contribuiu a entrada dum gigante que levou a fama da NBA até um país (e um mercado) gigante. Yao Ming abriu as portas da China e ajudou a NBA a conquistar mil milhões de fãs e o espaço que faltava para se tornar verdadeiramente universal.

Para além do fenómeno Yao, uma nova geração de jogadores veio substituir o vazio deixado pela retirada de Michael Jordan e dos outros grandes nomes dos anos 80 e 90. Jogadores como Iverson, Garnett, Nowitzki, Duncan e Bryant (que se estrearam ainda no final dos anos 90, mas atingiram o seu auge nos anos 00) e a primeira geração de estrelas do novo milénio, com Carmelo, Lebron, Howard, Paul, Stoudamire ou Wade.


A nível colectivo, a década começou como acabou: sob o reinado dos Lakers. Com Shaq e Kobe, de 2000 a 2002, e Kobe e Gasol, em 2009 e 2010. E sempre com Phil Jackson. E estas duas encarnações da equipa do Zen Master foram duas das equipas da década. A escolher entre uma delas, a vantagem vai para a primeira. Shaq e Kobe foram uma das melhores duplas interior-exterior de sempre e o Diesel era, no seu auge, um jogador imparável. A única forma de o impedir de marcar era atirar dois ou mesmo três defesas contra ele. Ou então fazer falta e metê-lo na linha de lance livre (o Hack-a-Shaq que Popovich e os Spurs celebrizaram).
E a única coisa que os impediu de dominar toda a década foi o choque de egos entre Shaq e Kobe. Aquele balneário era pequeno para os dois e um, Shaq, acabou por ser trocado. Não fosse isso e quem sabe quantos títulos podiam ter ganho.


Quem ganhou com isso foram as outras duas equipas da década: os Spurs e os Pistons.
Em 2004, a equipa de Detroit aproveitou da melhor maneira a guerra civil que consumia o balneário dos Lakers na última temporada em que Kobe e Shaq jogaram juntos e protagonizou a maior surpresa da década: 4-1 nas Finais frente aos favoritíssimos Lakers de Kobe, Shaq, Payton e Malone. Para além do título desse ano e mais uma ida às Finais no ano seguinte, foram candidatos eternos no Este, com seis finais de conferência seguidas entre 2003 e 2008.

A equipa de San Antonio era já uma das maiores ameaças ao reinado Shaq/Kobe (venceram-nos mesmo e foram campeões em 2003) e aproveitou o fim da sua dinastia para ganhar mais dois, em 2005 e 2007. Foram os campeões dos anos ímpares.

Um destaque ainda para os Celtics de 2008, que criaram muita expectativa com a reunião do seu Big Three de Garnett, Allen e Pierce e dominaram a temporada seguinte. Tivessem-se eles reunido no auge das suas carreiras e quem sabe o que podia ter acontecido. É mais uma dinastia-que-podia-ter-sido. Mas pelo que foi (ainda que curto) e pela amostra que deram do que podia ter sido, terão sempre um lugar em qualquer história desta década. E o nome deles lá estará na lista de campeões da década:

(se bem se lembram, os campeões estão a amarelo e as cruzes indicam as equipas com o melhor recorde da temporada)


Década esta que termina com a ascensão de uma nova geração de jogadores. Rose, Durant, Westbrook, Griffin, Rondo, Curry ou Love são nomes que vamos ouvir bastante nos próximos anos. Mas nos dez anos que ficaram para trás, foram estes os melhores:

Steve Nash - guard
Kobe Bryant - shooting guard
Lebron James - forward
Tim Duncan - power forward
Shaquille O'Neal - center

(esta posição de base não foi nada fácil de escolher. Nash foi o eleito porque 2 MVPs consecutivos é coisa para muito poucos e um feito reservado aos melhores, mas Jason Kidd, que liderou os Nets a duas Finais e é um melhores organizadores e distribuidores de sempre, e Allen Iverson, que foi MVP em 2001 e melhor marcador em 2001, 2002 e 2005, estão taco a taco com ele)

14 comentários:

  1. Não sei se é justo... mas fã do Nash, fico muito contente por o teres elegido... aquela classe a jogar basket é sem igual. O Tim Duncan aí é que me faz muita comichão... mas enfim

    ResponderEliminar
  2. texto tão grande e nao encontro o nome do vince carter?????? pensei que se falava dos melhores.....

    ResponderEliminar
  3. Boas,
    Concordo com o a eleição do Tim Duncan, sem duvida o melhor Power Foward da decada e um dos melhores de sempre. Um jogador muito completo, capaz de carregar a equipa as costa rumo a titulos, que aconteceram em 2003, 2005 e 2007.
    Quanto à posição de guard, sem dúvida complicado, Nash, Kid e Parker dominaram a decada.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  4. acho que faltou falar um pouco dos miami heat e do seu título

    ResponderEliminar
  5. Boas!

    5 mais complicado de escolher de todas na minha opinião. Mas acho que a escolha do Nash é acertada. É mais organizador de jogo que um Iverson, por exemplo, o que nesta equipa faria falta uma vez que os outros 4 são atiradores. Pelo desempate que fizeste (vs. Kidd), pelo facto de ter sido MVP, concordo com a tua escolha.

    Os outros 4 não mexo! Mas acho que o Duncan, como diz o Tiago, "dá comichão a muita gente". Eu, pessoalmente, sempre fui um grande fã dele desde a época gloriosa do título contra os Knicks em que ele foi MVP das finais.

    Saudações!

    ResponderEliminar
  6. Bom texto marcio ;)

    por ser a decada mais recente é mais facil nos recordarmos deste ou daquele jogador!
    obviamente os lakers foram a equipa da decada, e os cinco jogadores que apontaste são a escolha certa. Comparar a produtividade do Nash e Kidd é separada pelo sucesso individual que o nash teve na segunda metade da decada, o kidd foi sempre excelente e constante com os seus nets..
    se houvesse um sexto jogador teria que ser o iverson! depois da era michael jordan nos bulls foi allen iverson a conquistar a adoração global! os titulos individuais, o caracter, qualidade, estilo, etc.. numa escala de 2000 a 2005 ele seria certamente escolha de cinco inicial, mas os anos seguinte ele perdeu um pouco de protagonismo..

    e so pra finalizar, os pistons deveriam ser inspiração para muita gente, pois dificilmente eles terão um jogador daquela equipa no HOF e ja se sabe que é muito dificil(improvavel) ver feitos destes a acontecer ;)

    ResponderEliminar
  7. Enfim não percebo como ninguém fala do GARNETT. Para mim era o PF que devia estar nesse 5

    ResponderEliminar
  8. João Lemos26/08/11, 22:03

    O Garnett só não entra no 11 em vez do Duncan porque tem 1 campeonato ganho, enquanto o Duncan tem 4 e desses 4, ele foi o Finals MVP em 3, o que demonstra que ele foi preponderante nessas conquistas, embora obviamente o Garnett também tenha tido preponderância no dos Boston. Para além disso, o Duncan foi o MVP da regular season 2 vezes, enquanto o Garnett foi só uma vez.Claro que também se pode contra argumentar que o Duncan tinha uma melhor equipa em seu redor do que o Garnett, mas acho que no inicio da década 00 as diferenças entre Spurs e Wolves não eram assim tantas e por isso acho que o Márcio escolheu bem.

    ResponderEliminar
  9. João Lemos26/08/11, 22:04

    Correcção: só não entra no 5. Tinha estado a ver futebol antes e por isso escrevi 11 XD

    Saudações ;)

    ResponderEliminar
  10. João Lemos26/08/11, 22:25

    E também concordo com quem disse que uma pequena referência aos Miami de 2006 e ao apogeu do Vince Carter não fazia mal, mas como foram muitos acontecimentos, por vezes alguns escapam, acontece ;)

    Saudações

    ResponderEliminar
  11. Não percebo é como há duvidas que Tim Duncan é melhor que KG. TD o intitulado "The Greatest Power Forward of all time é sem dúvidas o 2º melhor jogador da década, atrás de Bryant, isto por causa apenas deste não terminar muito bem a década, em termos de titulos os Spurs apenas ficaram um titulo atras (uma década só tem 10 anos por isso os Lakers ganharam 4), no inicio de 2000 Kobe era a moleta de Shaq e foi isso que originou as brigas de balneario, Kobe queria ser o melhor, queria ter a bola, este apenas uma vez MVP, para 2 MVP de Tim, não foi falr mais, apenas vejam este artigo do bleacher report dos 50 melhores da década, um site muita fixe que está sempre a fazer tops desde o melhor jogador da decada ate os jogadores mais feios ou os que se vestem mal, há tops para tudo... Colocarei o link mais abaixo e Márcio gosto muito do teu blog e concordei com o 5 que elaboraste, continuação de um bom trabalho!
    http://bleacherreport.com/articles/780979-ranking-the-top-50-nba-players-of-the-last-decade?search_query=players%20of%20the%20decade

    ResponderEliminar
  12. Detroit Piston29/08/11, 02:50

    E o Ben Wallace?

    ResponderEliminar
  13. O Ben Wallace está implícito na referência aos Pistons, que tinham no colectivo a sua maior força. :)

    ResponderEliminar
  14. Para base a solução podia ser com moeda ao ar entre Nash e Iverson, Kidd tambem poderia estar nesta luta.

    Só uma nota relativamente a 2 das equipas mais espectaculares que vi jogar, Kings e Suns (representados pelo Nash) que levaram a espectacularidade para outro nível

    ResponderEliminar