1.9.12

Boletim de Avaliação - Boston Celtics


We're back in business! Como prometido, depois duma semana de pausa, cá estamos para começar a analisar como cada uma das 30 equipas se portou na preparação da temporada que aí vem. A dois meses do início da temporada regular, a maioria dos plantéis estão quase estão fechados e, do máximo de 15 jogadores que cada equipa pode ter, a maioria delas só tem apenas a última ou as duas últimas vagas por preencher.

Por isso, vamos à antevisão da temporada de 2012-13 com a edição deste ano do Boletim de Avaliação. Começamos pela Conferência Este e lá por cima:


Atlantic Division - Boston Celtics

Saídas: Ray Allen, Ryan Hollins, Marquis Daniels, JaJuan Johnson, E'twaun Moore, Aleksandar Pavlovic, Mickael Pietrus, Greg Stiemsma e Sean Williams
Entradas: Jason Terry, Courtney Lee, Jason Collins, Jared Sullinger (21ª escolha no draft), Fab Melo (22ª escolha no draft), Kris Joseph (51ª escolha no draft) e Dionte Christmas
Cinco Inicial: Rajon Rondo - Courtney Lee - Paul Pierce - Brandon Bass - Kevin Garnett 
Banco: Jason Terry - Avery Bradley - Keyon Dooling - Jeff Green - Jared Sullinger - Chris Wilcox - Jason Collins
Treinador: Glenn "Doc" Rivers

Balanço: A saída de Ray Allen pode ter sido difícil de assimilar para todos os fãs dos Celtics e podia ter sido um duro golpe nos objectivos da equipa de Boston para esta offseason. Podia ter sido se Danny Ainge não tivesse um plano B. Mas o general manager dos orgulhosos verdes não chorou sobre o leite derramado e rapidamente arranjou não um, mas dois substitutos para Ray Ray: Jason Terry e Courtney Lee. O que não só compensa a saída de Allen, como lhes dá ainda mais soluções do que com Ray Ray.

Embora com características diferentes (são mais spot-up shooters do que atiradores após bloqueios), tanto Terry como Lee são bons lançadores exteriores e capazes de fazer os triplos que Allen fazia. E depois, cada um deles acrescenta ainda outras coisas: Terry pode também jogar como primeiro base e organizador e jogar pick and rolls e Lee é um grande defensor.

Ficam, portanto, com mais opções no backcourt e quando Avery Bradley voltar da lesão (foi operado ao ombro e não vai estar disponível no início da época) vão ter uma rotação de quatro bases muito boa (e ainda o veterano Dooling).

Ainda antes deste plano B, já tinham começado bem a offseason com um bom draft. Podem ter sacado uma pérola na 21ª posição e um bom projecto para o futuro na posição seguinte. Jared Sullinger era, até surgirem preocupações com as suas costas, um jogador projectado no top 5 e se se mantiver saudável é um jogador que pode entrar já na rotação, contribuir imediatamente e ser um excelente power forward suplente. Se as costas não lhe derem problemas, pode ser a revelação da temporada entre os rookies. E Fab Melo, que tem na defesa e nos desarmes de lançamento os seus pontos mais fortes, tem em Kevin Garnett um grande professor. Não é um jogador para fazer a diferença imediatamente, mas pode ser um bom poste no futuro.

E a offseason também continuou bem depois daquele plano B, com as renovações de Jeff Green e Chris Wilcox e a contratação de Jason Collins. Green vem de um ano inteiro parado e de uma cirurgia ao coração e deve demorar um bocado a voltar à forma dos tempos em que jogava nos Thunder. Mas quando voltar será um excelente suplente e um jogador que pode jogar tanto a small forward como a power forward e dar minutos de descanso tanto a Paul Pierce como a Kevin Garnett. Wilcox vem também de um ano parado e de uma cirurgia ao coração (para os Celtics, um raio caiu duas vezes no mesmo sítio), mas será mais um bom jogador para a rotação de jogadores interiores. Tal como Jason Collins, que pode não trazer nada ofensivamente (mas também não foi para isso que o foram buscar), mas será mais um bom jogador para a defesa interior.

Muito mais opções para os Celtics em 2012-13, portanto. Uma das questões fundamentais para estes Celtics é conseguir manter Garnett, Pierce e Terry (36, 35 e 35 anos, respectivamente) frescos para os playoffs e isso só é possível com um bom banco. O ano passado essa falta de profundidade foi um dos problemas da equipa. Este ano têm uma equipa mais profunda e com mais soluções. E apesar de terem perdido um dos vértices do seu Big Three, têm uma equipa mais completa.

Pode parecer esquisito dar uma nota tão positiva a uma equipa que perdeu na offseason um dos seus melhores jogadores. Mas não foi por culpa deles que Ray Ray saiu (eles fizeram tudo o que deviam e podiam para o manter, perderam-no para uma equipa que ofereceu uma proposta pior que a deles) e não podiam ter compensado melhor essa saída. Por isso e por terem conseguido matar dois coelhos duma cajadada (manterem-se competitivos e na luta pelo título no presente e, ao mesmo tempo, preparar uma renovação), saem desta offseason com um saldo bastante positivo.

Nota: 14


(a seguir: Atlantic Division - Brooklyn Nets)

24 comentários:

  1. Stoudemire02/09/12, 00:15

    Estão com grande equipa! Se o ano passado ficaram a um jogo da final com plantel inferior a este a este a lógica diz-nos que este ano não são nada menos que um dos grandes candidatos ao título.

    ResponderEliminar
  2. Papa Valdemares02/09/12, 02:14

    Os Celtcs têm mais e melhores opções em determinadas posições, mas não estão melhores do que no ano passado.
    Porquê?
    Na minha opinião, pelo fator idade. Pierce e Garnett estão um ano mais velhos, mais atreitos a lesões, necessitam de menos minutos de jogo e, normalmente, os seus números / a sua produção continuarão a diminuir.

    E a saída de Pietrus parece-me uma perda tão ou mais importante do que a de Ray-Ray.

    Resumindo, creio que 2012 foi a última oportunidade dos atuais Celtics para chegarem ao título.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Acho que os Celtics vão fazer uma boa época, no entanto acho que 2012-2013 será uma temporada de transição.

      Iremos assistir ao amadurecimento e ao aumentar de protagonismo de vários elementos do plantel com qualidade, mas por outro lado jogadores outrora muito influentes como Garnett, Pierce, e agora o Terry, têm o seu rendimento mais limitado pela idade.

      Títulos na época 2012-2013? Não me parece. Mas têm equipa seguramente para chegar à segunda ronda dos playoffs. Para quem sonha muito mais alto, não se esqueça daquela máxima, que todos os playoffs mais recentes têm confirmado: "Father Time is Undefeated".

      Eliminar
  3. boa review.. a começar bem este boletim.. compreendo a nota dada, eles não desfizeram a equipa como alguns analistas previam.. mantiveram o garnett que a meu ver compreensivel pois certamente não iriam conseguir melhor em troca para tentar os ultimos cartuchos de paul pierce em mais um ou dois anos..
    de resto completaram.. concordo que a equipa está equilibrada, são veteranos com muita experiencia e so falta saber se a juventude adicionada vai lhes ser suficiente para garantirem os playoffs cedo..

    não vai ser facil para eles.. mas duvido que seja facil para as outras equipas os vencerem pois defencivamente estão mt bem em cada posição.

    ResponderEliminar
  4. celtics para vitoria este ano , rondo o melhor classico pg da liga de longe

    ResponderEliminar
  5. Concordo plenamente com a tua analise Márcio mais um excelente post.
    O problema dos Celtics para a temporada que ai se aproxima não é a equipa que tem, mas sim as idades que os melhores jogadores vão ter.
    Sei que é difícil, mas gostava de ver Jeff Green na ribalta logo este ano assim os Celtics podiam aspirar a mais alguma coisa.

    ResponderEliminar
  6. Pena terem perdido o Pietrus, para defender a posição 3 e especificamente Lebron não há muitos que o façam tão bem ou melhor que o Francês. De resto concordo com a excelente análise.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Pietrus defender bem o LeBron foi um mito que ficou por causa de um jogo Cleveland - Orlando numa final de conferência em 2009. Sim o LeBron fez 25 pontos no jogo 6... 21 nos 3 primeiros períodos e depois fez apenas 4, mas no geral não jogou mal sequer nesse jogo... E acabou essa eliminatória com médias de 38-8-8. Se isso é ser bem defendido... então não sei o que seria de esperar com uma defesa normal... médias de 50-15-15?!

      Eliminar
    2. Esquece o Lebron dude. Pietrus é um excelente defensor na posição 2 e 3, ponto. E os Celts não tem ninguém com esse perfil neste roster, é esse o problema.

      Eliminar
    3. Stoudemire03/09/12, 16:01

      Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. Rui Ratão03/09/12, 16:58

      Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    5. estes adeptos dos lakers têm sempre que falar no lebron, é impressionante, falem sobre os celtics, quando chegar o post de miami, falem sobre o lebron...

      Eliminar
    6. Epá, estamos a falar de matchups, se os Celtics quiserem sair do Este têm de passar por Miami...jizz. Mania da perseguição

      Eliminar
  7. concordo totalmente com a análise e com a nota, a idade é que pode "trair" os jogadores dos celtics, apesar de nesta época serem 82 jogos, vão ser num espaço de tempo maior, com maior tempo de recuperação que no ano passado.

    ResponderEliminar
  8. Bela análise às movimentações do lado de Boston. Sou fã incondicional dos Celtics, dificilmente perco um jogo, e tendo em conta o que vi na época passada, há apenas um ponto nesta análise que tendo a discordar. Penso que a rotação de bases será feita a 3 e não a 4.

    Se o Doc for esperto, e sabe sê-lo, não será preciso contar com Bradley a base. Do que vi na época passada, tira-se muito mais rendimento do Bradley quando este não tem bola na mão para organizar, logo para mim tem que rapidamente habituar-se à posição de Shooting Guard. O trabalho já começou a ser feito na epoca passada ao substituir o Allen, acho que é uma questão de dar continuidade.

    Não conhecia este blog, vou acompanhar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão quanto a Bradley, é muito melhor como shooting guard. Mas por rotação de bases estava a referir-me à rotação do backcourt. Era a rotação de guards, points e shootings. :)


      Eliminar
  9. Stoudemire03/09/12, 17:59

    Epá o meu comentário foi apagado? Márcio, agora tens os teus protegidos? Já me chamaram de tudo neste blog, e eu por dizer que dizer dude é ridículo sou apagado LOL
    Palmas para ti!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há protegidos nem desprotegidos, há regras nos comentários e sempre que as mesmas não são respeitadas, o comentário é eliminado. Comentários com insultos pessoais, como sabes, não são permitidos (e muitos com insultos dirigidos a ti, como o imediatamente a seguir ao teu, já foram apagados e serão sempre apagados).

      Obrigado.

      Eliminar
    2. Stoudemire03/09/12, 19:51

      Basta uma pesquisa para ver que não é bem assim...

      Eliminar
    3. O Stoudemire deixa esses haters falarem que eles nunca vão parar de falar mal de LeBron e dos Heat.

      Eliminar
    4. Esse sujeito desrespeita consecutivamente os outros comentadores, adjetiva-os e aos seus comentários (ridículos, palermas, etc.), inventou um sósia, e depois ainda se faz de vítima.

      Na minha modesta opinião, ele, ao optar por essa via, é um fautor e causador de permanentes questiúnculas e desaguisados.

      Eliminar
  10. A Atlantic Division, este ano, vai estar on fire

    ResponderEliminar
  11. Boa análise Márcio, penso que só falta mesmo referir que saiu também do rooster dos Celtics o Jermaine O´Neal que foi para os Phoenix Suns. Vi á poucos dias que fez um tratamento ao joelho em tudo igual ao que o Kobe Bryant fez o ano passado,e, segundo ele e vários jogadores da NBA que fizeram sessões com ele no em trainig camps que parece o O´Neal dos velhos tempos...A ver vamos, se assim fosse, seria uma grande notícia para os meus Phoenix Suns.

    Cumprimentos a todos, WE LOVE THIS GAME

    ResponderEliminar
  12. Acho que é unânime que os Celtics, de uma forma confortável, vão chegar longe nos Playoffs. Depois, para bater os melhores, acho que temos 2 jogadores aqui, grandes ausências na época passada, que se estiverem em grande forma no final da época podem tornar isso possível. Estou a falar do Avery Bradley e do Jeff Green. O Bradley por ser um fantástico defensor e o Green por ser um jogador completo e sólido (gostei muito de o ver a PF em OKC) e pelo descanso de qualidade que pode dar quer ao Garnett quer ao Pierce.
    O Terry e o Lee foram grandes contratações e com o Rondo a partir tudo estes celtics podem muito bem brilhar...

    Não conhecia o blog mas estou a adorar!!
    Parabéns e um Abraço a toda a comunidade!!

    ResponderEliminar