16.4.12

38387 velas


Uma por cada ponto marcado por este senhor que faz anos hoje, o jogador com mais pontos marcados na história da NBA, o dono do lançamento mais imparável (e icónico) de sempre...



(é, de facto, uma pena que o sky hook tenha caído em desuso e que os postes de hoje não o treinem e não o usem no seu arsenal. Valeu mais de 38000 pontos a este homem, por isso, se calhar não era má ideia)

...e o Guardião do Quinto Andar:



7 comentários:

  1. Já vi o Bynum a fazer algumas vezes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é normal....no inicio da sua carreira o kareem foi o seu treinador pessoal

      Eliminar
  2. Quem o faz mais vezes e tem o perfil bom pra isso é o Gasol!!!!!

    Mas o que é certo é que se fosse fácil havia muitos a fazer... ;)


    Mas este homem era fantástico, o tipo de jogador ideal para se ter no plantel, tranquilo, amigo e uma estrela sem ser vedeta!!!! Saudades do Showtime, que começou ainda na parte final da sua loooooonga carreira!

    ResponderEliminar
  3. o problema destes jogadores é que jogam para o estilo....D.Howard se o seu jogo interior fosse bem trabalhado era simplesmente indefensável mas é preferível lançar com estilo do que ser eficiente....

    ResponderEliminar
  4. o skyhook é uma grande move, até porque não tem defesa. Falta é a skill para a implementar constantemente no arsenal ofensivo. Grande jogador e pessoa o Kareem.

    BTW, uma música de tributo feita pelos Red Hot Chili Peppers quando eram jovens e irreverentes:

    http://www.youtube.com/watch?v=_ThtNwWSSWM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para completar o meu raciocínio só: o skyhook mais importante de todos foi feito pelo magic johnson though

      http://www.youtube.com/watch?v=PqUCum1y8Kg

      Eliminar
  5. Thermocline19/04/12, 00:48

    http://www.youtube.com/watch?v=O13WZn9lWGQ

    Entre 0:26 e 0:41 desmente-se o que foi dito pelo Kareem e pelos outros entrevistados.Quem tem razão é o Bill Cartwright...era extremamente difícil parar o sky hook do Kareem mas não era impossível.

    Saudações

    ResponderEliminar