13.4.12

A importância do nº 1


Ontem, nos 25 minutos e 28 segundos que esteve em campo, Derrick Rose conseguiu um total de... 2 pontos! Ao intervalo, tinha 0! Foi a primeira vez na carreira que o actual MVP chegou ao fim da primeira parte sem qualquer ponto marcado e acabou o jogo com o seu mínimo de carreira. Foi notório que não estava bem fisicamente, estava limitado nos movimentos e sem a explosividade que lhe conhecemos. Sem conseguir penetrar, sem conseguir atacar o cesto como gosta, a ter de contentar-se com assistir ou, nas vezes que lançou, de pontaria muito desafinada (1-13 em lançamentos, 0-3 de 3 pt).

Terá sido apenas ferrugem da paragem prolongada ou será que não está ainda completamente recuperado das várias mazelas que o apoquentaram ao longo desta temporada? Será que Rose tem as lesões completamente debeladas e precisa apenas de tempo para recuperar o ritmo ou será que está a pagar a factura do desgaste e das várias lesões que teve este ano?

O que nos leva a outra questão: o que é mais importante para os Bulls neste momento, terminar em primeiro lugar no Este (e na liga) ou ter o seu número 1 a 100% nos playoffs? A vantagem-casa ou ter Rose nas melhores condições físicas nos playoffs? 

A resposta certa é, claramente, a segunda. Porque sem vantagem-casa, mas com Rose a 100% são candidatos ao título e podem ganhar a qualquer equipa. Com vantagem-casa, mas com Rose limitado, não podem dizer o mesmo. E é por isso que os Bulls deviam descansar Derrick Rose o resto da temporada regular (ou, pelo menos, limitar-lhe bastante os minutos).


Porque mesmo sem ele, têm boas hipóteses de manter o primeiro lugar e a vantagem-casa. Ontem, mesmo com o MVP "ausente", os Bulls ganharam (após prolongamento) aos Heat e aumentaram a vantagem na liderança da conferência. Estão agora três jogos à frente da equipa de Miami (45-14 dos Bulls e 40-17 dos Heat). Nos jogos sem o seu melhor jogador estão com um recorde de 17-7, por isso, podem ganhar jogos suficientes para conseguir manter a primeira posição mesmo sem ele. E mesmo que percam alguns e percam o primeiro lugar para os Heat, com 8 jogos de vantagem sobre os terceiros classificados Pacers, nunca vão baixar do segundo lugar do Este (e teriam vantagem-casa sobre todas as equipas do Este menos os Heat).

A vantagem-casa pode ser determinante nos playoffs. Mas seguramente mais determinante é a forma de Rose nesses mesmos playoffs. Vale, portanto, a pena arriscar. Porque o mais importante para os Bulls neste momento é recuperar o MVP e tê-lo fresco para as batalhas mais importantes que se aproximam. Mais importante que o primeiro lugar é ter o seu nº 1.

23 comentários:

  1. Thermocline14/04/12, 12:03

    Chicago está muito melhor sem ele.Ele só estraga o jogo dos Bulls,porque quando ele entra acaba-se o jogo colectivo que tantos frutos tem dado no ataque.Individualmente Rose pode ser muito bom, mas não sabe ser jogador de equipa como o Paul e o Rondo por exemplo e isso paga-se caro nos jogos.Va lá que ele saíu a tempo de ainda vencerem os Miami,já que o LeBron mais uma vez não teve a capacidade de ser decisivo num lance livre e esses pormenores custam campeonatos.

    ResponderEliminar
  2. Isto para mim é simples Chicago com Rose candidato a ser campeão sem Rose candidato a ir a final de conferência e a ficar por la como no ano passado.

    ResponderEliminar
  3. Stoudemire14/04/12, 17:03

    Bull com ou sem Rose são candidatos. Quem era o Rose dos Pistons?

    ResponderEliminar
  4. Dos 7 jogos que faltam aos Bulls, 4 são para ganhar de caras sem Rose. Os outros 3 são com Miami, Dallas e Indiana. Miami também tem 3 jogos dificeis: váo aos Knicks, recebem os Bulls e vão a Boston. De modo que as coisas estão equilibradas, pelo que o melhor que os Bulls têm a fazer é deixar Rose descansar até ao fim da regular season, porque o 1ºlugar dificilmente lhes escapará.
    Mas têm outras coisas com que se preocupar: Rip Hamilton continua abaixo das suas capacidades, Noah continua irregular (embora ele se supere nos jogos mais difíceis
    e Deng tem a tal lesão no pulso.
    É muito azar para uma equipa só! Se nem assim Miami lhes conseguirem ganhar, é porque realmente aquela negociata do ano passado foi um mau negócio para Miami

    ResponderEliminar
  5. Quem lançou no ultimo lance foi wade e não Lebron como já referiram.
    O Lebron acertou uma tripla no ultimo que deu vantagem aos Heat, o Wade é que estragou tudo ao falhar na defesa do lançamento do Watson e falhou o lançamento onde podia ter marcado.

    ResponderEliminar
  6. stoudemire, n me parece q sem o Rose Chicago chegue lá.. Com Rose são para mim, a par dos Oklahoma, a equipa mais completa da NBA (apesar de n descartar outras equipas como os Heat, Lakers,etc...).

    patrickmf óbvio q ou n leste bem ou n viste o jogo.. quem falhou o lance livre foi o lebron - o jogo estava 83-81 e ficou 84-81 a 11 segundos do fim. chicago dps empatou com 1 triplo. se lebron acertasse o lançamento eram precisos 2 posses de bola, ou seja o jogo estava praticamente ganho para os heat.

    o que é pior? falhar 1 lance livre ou 1 cesto normal? wade estragou tudo? lol, foi só o melhor jogador dos heat no último quarto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e sabes a razão de ter sido ele o melhor jogador dos heat no ultimo periodo? pois...o rapaz teve fora durante muito tempo enquanto que o Lebron quase nunca foi para o banco e por isso teve que ser o Wade a fazer as despesas do jogo pois era o homem mais fresco ao contrario do Lebron que já estava todo roto, na partida toda só foi uma vez para o banco e foi na primeira parte do jogo...

      a culpa da derrota foi de Lebron? rapaz deixa de lado o ódio que tens pelo Lebron...foi o mais marcado pelos chicago ficou quase o jogo todo em campo, organizou o jogo todo de Miami, fez um bom jogo em termos de assistências, ressaltos e pontos e tu dizes que o culpado foi ele? sendo assim se ele não tivesse marcado aquele triplo a acabar então os heat perdiam o jogo de outra forma...

      neste momento os bulls são melhores sem rose..perderam contra os NY com rose em campo e depois atropelaram os NY na ronda seguinte quando o rose não jogou...e o mesmo se passou no jogo contra os heat... o jogo dos bulls com rose torna-se mais previsível e parado...sem ele a equipa roda muito a bola e todos participam no jogo, não ficam a espera que o rose defina as jogadas...

      Eliminar
    2. Stoudemire15/04/12, 01:01

      anónimo para quê perder tempo com pessoas que só vêm highlights, que nem sequer vêm os jogos? Se lhes perguntarem os nomes do resto dos jogadores dos Heat à exceção dos Big 3 aposto que sabem 1 ou 2...

      Eliminar
    3. Anónimo então diz-me lá onde eu pus a culpa toda em Lebron? Apenas constatei q falhou 1 lançamento livre assim como Wade falhou 1 lançamento nos últimos segundos. Claro q isso tem a sua dose de importância ainda mais quando se trata de 1 dos melhores da NBA. quanto a tua comparação de resultados quando se tratam de 2 jogos apenas é ridícula. se antes rose tivesse ficado a época toda de fora, agora apenas alguns jogos e já achas q teriam melhor % de vitórias? LOL

      Qto a ti Stoudemire, confesso q n sou o mais assíduo seguidor da NBA, no entanto e como em futebol costumo seguir as principais equipas da NBA (Heat, Lakers, Thunder, Chicago, Spurs (mais por causa do tim duncan e do parker), etc...).
      E sim, mtas vezes n vejo os jogos todos, vejo resumos alargados de 15 minutos pq os jogos dão a horas indecentes e há quem trabalhe stoudemire ;) vendo os comentários pq q n dizes o msm do patrickmf? é óbvio pelos comentários q se ouve alguém q n viu o jogo foi ele... ahhh espera ele tb é fã do melhor jogador de sempre, Jord.. quer dizer Lebron n é? e convém n estares a acusar qm te ajuda

      Eliminar
    4. ouve* - houve

      Eliminar
    5. "neste momento os bulls são melhores sem rose"...no meu comentário eu realcei que me estava referir ao momento actual, Rose é fantastico mas tem que estar em forma, da maneira como o banco e a restante equipa está a jogar a mim parece-me que a equipa é muito mais perigosa sem ele...com isto não estou a culpar Rose, apenas acho que uma equipa tão forte como os bulls não podem ficar dependentes de um jogador que sustenta o seu jogo nas suas penetrações ao cesto... claro que um chicago com o Rose a dar mais soluções ofensivas é sempre mais forte mas na condição actual a mim parece-me que a equipa esta melhor sem ele...vi isso no jogo contra os NY e vi isso no jogo contra os heat....

      Eliminar
  7. Com o Rose em forma os Bulls são sem dúvida mais fortes. Mas a ausência dele, foi, a meu ver, benéfica para os Bulls. Jogam muito melhor, estão mais unidos, mais confiantes e já não dependem tanto da inspiração do seu melhor jogador. Se o Rose conseguir adaptar o seu jogo a esta "nova equipa", Chicago tem uma hipótese de ouro, nos playoffs deste ano. Vi o jogo com Miami e fiquei impressionadíssimo com a prestação. Emoção, entrega e muita defesa. Uma especial referência ao trabalho do treinador, melhor da liga juntamente com Gregg Popovich e Doc Rivers. Chicago está de novo no caminho do sucesso.

    ResponderEliminar
  8. Stoudemire15/04/12, 00:00

    O que queria dizer era que em teoria e provavelmente na prática são melhores com Rose. Mas sem ele também são muito bons, e esta ausência de certo modo foi boa para eles porque agora acreditam muito mais em si(o ano passado sem Rose não havia Bulls, como se viu quando foi seco contra Miami) e para mim são candidatos na mesma.
    Jã vi muita coisa em desporto, e isto até poderia ser mais uma motivação para a equipa... Para mim Miami, Bulls, Boston, Memphis, Lakers, Spurs, OKC e até NYK são candidatos, claro que uns mais que outros, mas quando chega aos playoff tudo pode mudar num pormenor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. da tua lista só n acredito mto nos Memphis e NYK (não pelo plantel em si é claro). de resto acho q são todos sérios candidatos ao título.

      Eliminar
  9. Realmente os Chicagos Bulls têm o primeiro lugar mais do que assegurado na conferência este, independentemente do Derrick Rose jogar muito, pouco ou nada até ao dia 26 de abril. Os Bulls formam um conjunto equilibrado, versátil e talentoso. No entanto, nesta conferência, torço pelos Miami Heat que também têm muito bons argumentos.

    ResponderEliminar
  10. Foi muito bom ver este jogo dos Bulls. São uma equipa muito unida e definitivamente satisfeita com o basket que praticam. A cada momento do jogo eles estavam todos com cara de Keneth Faried. Todos menos o Rose, que até meteu pena a quantidade de lançamentos falhados (e que falhanços alguns deles!) ao ponto de ter de ficar de fora nos momentos decisivos da partida.
    Talvez este jogo traga ao Rose mais confiança nos companheiros de equipa e torne a forma de jogar dos Bulls mais fluída quando ele está em campo. Ele é um jogador fantástico, capaz de jogadas incríveis e de dar ao Bulls uma capacidade extra e novas formas de atacar e defender. Com um Rose em forma, os Bulls são melhores e já vimos imensos jogos em que ele não absorve as qualidades dos companheiros só porque está em campo (não é um Carmelo Anthony).
    Boozer fez um óptimo jogo, Korver foi uma ameaça constante e levou os Miami a defender mal a última posse de bola dos Bulls no 4 período, que levou ao triplo de CJ Watson. Quem diria que era assim que os Bulls iam ganhar a Miami? Pelo menos eu não o diria no início da temporada.

    ResponderEliminar
  11. Fico espantado com a falta de consideração, por um jogador que é o atual MVP,e o MVP mais novo da história o que convenhamos não é um jogador qualquer. E portanto dizerem que os Bulls são mais fortes sem Rose é escandaloso, QUALQUER equipa na NBA é mais forte com o Derrick Rose a jogar, agora pode-se discutir o seu momento de forma, isso sim atualmente é péssimo, mas o homem não vai continuar assim para sempre, logo os Bulls vão precisar muito dele para ganharem e terem hipóteses de serem campeões.

    ResponderEliminar
  12. Thermocline16/04/12, 00:25

    Eu pessoalmente não falei do Rose como falei devido ao seu momento de forma actual.Nunca gostei dele a jogar.Num campeonato 1 para 1 ele haveria de ser dos melhores mas o basket que se joga na nba pede muito colectivo.No ano passado viu-se, dentro de muitos exemplos, a situação no ultimo lance jogo 5 da eliminatória com os Miami em que ele lança com dois jogadores pela frente quando tem o Deng e o Korver (que é de longe melhor shooter que ele) e claro que foi abafado. Jogadores como ele, Carmelo,Jr Smith,por vezes Kobe tão bons para jogarem cada um com a sua bola para si.MVP's não dão títulos.Como já opinei, bases como Paul e Rondo são muito melhores exemplos a seguir e mexem de uma forma muito mais positiva com o jogo das suas equipas.Nos playoffs veremos como será e se eu estiver errado haverei de vir aqui reconhecer e congratular quem opinou ao contrário de mim.

    Saudações

    ResponderEliminar
  13. sinceramente eu nunca achei o Rose um MVP...jogador muito parecido com Rose é o R. Westbrook e este nunca recebeu os créditos que Rose já recebeu até então, aliás Westbrook ainda consegue maior proeza que é ter números semelhantes ao D.Rose de 2011 e está numa equipa onde tem K.Durant que luta pelo MVP...

    Chicago neste momento está a praticar dos melhores baskets que tenho visto nas ultimas temporadas, é impressionante todos os jogadores estão em campo com o sentimento que podem contribuir e fazer a sua parte no jogo, todos se movimentam, circulam e lançam ao cesto...com Rose isto não acontece, a equipa fica mais apática à espera de ver o que o Rose faz com a jogada e isto torna o jogo ofensivo de Chicago mais parado e previsível a não ser que o estilo de jogo do D.Rose mude, pessoalmente tenho apreciado bastante estes bulls sem D.Rose, não posso dizer que os bulls são mais fortes sem ele pois não se pode dispensar um dos melhores jogadores da liga mas de certeza que é mais difícil para a equipa adversária estar o jogo todo a defender a circulação de bola destes bulls do que a defender as penetrações constantes de Rose...

    Uma coisa é certa os bulls só beneficiaram com esta paragem do D.Rose, os bulls tornaram-se numa verdadeira equipa...agora basta esperar para ver que D.Rose teremos nos Playoffs, se for a meio gás os bulls vão ter o problema e o dilema de ele jogar ou não mas se tiver a 100% pode melhor a equipa, apesar de eu gostar do tipo de basket que ela pratica sem ele...

    de qq forma D.Rose é um jogador muito overrated tendo em conta que na liga existe outros jogadores a praticar o mesmo tipo de jogo e com resultados semelhantes...tambem sou de acordo que uma equipa fica muito mais a ganhar com um jogador como C.Paul ou Rondo...

    ResponderEliminar
  14. para finalizar tenho que realçar um jogador desta equipa de Chicago e esse jogador é o L.Deng para mim o jogador mais importante da equipa, mesmo as estatísticas não mostrando isso...quem vê um jogo dos bulls repara que o seu empenho em cada jogo é fantástico...

    já agora tenho que dar os parabens aos lakers pelos jogos que tem feito sem o Kobe...será que a equipa de LA está a tentar uma coisa semelhante a chicago? a ver se formam uma verdadeira equipa e levantam a moral de todos os jogadores e ao mesmo tempo repousar kobe para os playoffs?

    ResponderEliminar
  15. Não podia discordar mais destas opiniões sobre Rose. A chegada deste jogador e de Thibodeau aos Bulls transformou a equipa e tornou-a extremamente competitiva. Rose foi MVP na segunda temporada e Thibs o melhor treinador na primeira. São ambos de outro planeta e os grandes responsáveis por colocar os Bulls no topo da NBA.

    Rose é um jogador que precisa de maturidade para vencer um título, mas tal irá acontecer mais cedo ou mais tarde. Michael Jordan precisou de 7 temporadas para conseguir vencer, demorou uns anos a ter companheiros de valor acrescentado, como Pippen ou Grant e mais ainda para ser acompanhado por um treinador brilhante.

    Rose já tinha o seu Pippen, Grant, Paxson e até melhor, logo na segunda temporada em conjunto com o treinador brilhante! Se os Bulls não vencerem esta temporada, com certeza irão fazê-lo na próxima, mas para isso precisam de Rose, e muito!

    ResponderEliminar
  16. Thermocline16/04/12, 20:45

    Claro que precisam de Rose. Ela até esta noite marcou 24 pontos num brilhante 9-22 no shooting, incluindo 1-4 nos triplos,acompanhados por três lances livres falhados, 7 turnovers e 9 assistências em 5 períodos,enquanto Rondo ou Paul o fazem em 2 no máximo 3 e não digam que foi porque tá em baixo de forma porque na época passada eram poucas as vezes que chegava aos dois dígitos nas assistências.Também podem dizer: "Mas pelos vistos foi o melhor marcador e empatou o jogo para depois o venceram no prolongamento". Lá isso é verdade, mas com tanto lançamento tinha que marcar esses pontos e acho que com o Rose os Bulls venceram apenas no prolongamento com dificuldade uma equipa mediana que teriam vencido sem problemas no período regulamentar com o seu colectivo without Rose, mas como já disse...veremos o que acontecerá nos playoff.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o mesmo aconteceu contra os NY...Rose tb teve vinte e tal pontos mas a equipa perdeu, depois no jogo seguinte os NY jogaram novamente contra os bulls (sem rose) e os bulls deram uma lição de basket a equipa de NY...

      Eliminar