20.7.12

To Jeremy


E a propósito da mudança da Linsanidade para Houston, este cartão de despedida dos Knicks é hilariante:

(via TNDO)

7 comentários:

  1. Stoudemire20/07/12, 21:02

    E os velhos aí estão mais vez. Grande adição do Kevin Martin.
    Para mim o grande opositor de Miami por agora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Stoudemire20/07/12, 21:25

      *Courtney Lee lol

      Eliminar
    2. Boston é uma das minhas equipas favoritas mas se não conseguiram bater Miami no ano passado, não o vão fazer este ano com Miami mais forte e Boston com mais um ano em cima.

      Aliás...Tal como as equipas estão neste momento não estou a ver opositor para Miami mas o mais próximo disso em profundidade de plantel e talento no Este são mesmo os Knicks e desta vez não tem D'antoni nenhum para dar meia época de avanço aos adversários.

      Em relação ao tema do post, foi muito bem apanhado pelo artista que se lembrou disto :) só foi pena esquecer-se do JR Smith que assunto não devia faltar e de por uma referência qualquer ao Landry Fields tipo só com meia frase porque entretanto também bazou eheh

      Eliminar
    3. Também podemos ver por outro prisma: se os Celtics conseguiram levar os Heat ao jogo 7, apesar de todas as lesões que tiveram, há motivo para pensar que esta temporada, com o plantel completo e saudável, consigam fazer ainda melhor. O KG e o Pierce podem ter mais 1 ano em cima mas com a ajuda do Jason Terry, Courtney Lee, os regressos de Avery Bradley, Chris Wilcox e Jeff Green, 2 rookies promissores no Jared Sullinger e Fab Melo e um Brandon Bass mais confiante, acho que podem causar muitos problemas. A diferença da parte dos Heat nesse embate nem acho que seriam o Ray Allen e o Rashard Lewis, mas sim o Chris Bosh que foi determinante nos 2 últimos jogos da série.

      Eliminar
    4. Tirando o Rondo, o resto do plantel de Boston é composto maioritariamente por veteranos e por jogadores em afirmação.
      Nessa lista de jogadores que aí escreveste não vejo muitos all-stars ou muitos jogadores sequer que marquem 15 pontos num jogo.
      Falas na contigência das lesões? Então nessa perspetiva queria ter visto Boston a jogar com Chicago com o Rose, na 2ª ronda...

      Eliminar
    5. Acho que não precisam de ser all-stars, nem precisam que cada jogador consiga marcar 15 pontos, se bem que jogadores que facilmente atingem essa marca tens o Rondo, Pierce, Bass, Terry e Green. Acho que chegam, já que os próprios Heat também tiveram/têm dificuldade em que alguém fora dos Big Three contribua com pontos nos 2 digitos; tem sido o Chalmers, Battier e Miller e têm sido contribuições esporádicas.
      Para mim o grande problema dos Celtics a época passada foi o banco; sempre que o KG ou o Rondo saíam, a equipa partia completamente. Acho que estes jogadores não são all-stars, mas têm qualidade (mais que Pavlovic's, Hollin's, Daniels e afins) e vão trazer energia e intensidade do banco e permitir uma melhor gestão do tempo de jogo do KG.

      Eliminar