11.11.14

Thumbs up para Deron, thumbs down para Anthony


A ressurreição de Deron Williams

O regresso de que toda a gente fala e que todos acompanham à lupa esta temporada é o de Derrick Rose, mas outro base também parece estar de volta. Deron Williams foi nomeado o jogador da semana da conferência Este e parece estar de volta à sua melhor forma.


Às vezes parece que já foi há mais tempo, mas apenas há duas temporadas Deron Williams estava em todas as discussões sobre os melhores bases da liga. Nos seus tempos em Utah, estava sempre nos primeiros lugares dessa discussão e nas duas primeiras temporadas nos Nets era também um nome sempre referido nessa conversa.

Deron Williams pode não ter estado fora dos campos em 2013-14, mas também não esteve completamente em campo. Porque esteve lá, mas sempre limitado por problemas nos tornozelos e sem metade da capacidade atlética e explosão habituais. E acabou os 66 jogos em que alinhou com médias bem abaixo do seu normal (se não contarmos com a sua época de rookie, os números mais baixos da carreira): 14.3 pts e 6.1 ast.

Este ano, depois de cirurgias na offseason a ambos os tornozelos para retirar fragmentos de osso, parece de volta à forma anterior (forma que já temíamos perdida para sempre) e está com números ao nível de algumas das suas melhores temporadas: 19.5 pts e 7 ast.

Não sabemos se alguma vez vai voltar a entrar na discussão dos melhores bases da liga (porque essa posição está mais talentosa que nunca, ele não está a ficar mais novo e há muitos jovens em ascensão e que se vão afirmar ainda mais nesta temporada e nas próximas), mas é bom tê-lo de volta.

__


E o momento wtf?! de Anthony Bennett

O ex-Cavalier e atual Wolf afirmou em entrevista à Sports Illustrated, que parte da razão por que jogou tão mal no ano passado foi porque não conseguia ver bem. Nesta offseason fez correção a laser e diz que agora tem uma visão normal, mas que no ano passado não conseguia ver o marcador, distinguir as pessoas no público ou sequer ver as jogadas que o treinador indicava do banco. Basicamente, que era míope que nem uma porta.

Quão má era a sua visão, segundo ele?


E, acrescenta o jogador escolhido na 1ª posição do draft de 2013, que nunca usou lentes de contacto porque não se adaptou a nenhum tipo de lentes e não as conseguia colocar.


Isto é tão ridículo que parece mentira. E meter uns óculos, não? Ou fazer em 2013 a correção laser que fez agora?

Como é que é possível isto acontecer a este nível? Das três, uma: ou Bennett nunca revelou à equipa a severidade da sua falta de visão (o que é incompreensível e uma falta de profissionalismo inacreditável; e, da parte da equipa, eles não fazem testes?!), ou nunca fizeram nada (o que é ainda mais inacreditável) ou o problema não era assim tão grave e ele está a usá-lo como desculpa. 

Qualquer que seja a hipótese certa, Bennett fica.. muito mal visto nesta história.

1 comentário:

  1. lol este bennet a tentar inventar desculpas! jogou mal olha paciencia, agora e bounce back

    ResponderEliminar