16.12.13

Conversa de Bancada - Kobe e os Lakers


Ontem respondemos a mais um par de questões vossas e hoje, tal como na semana passada, é dia de ouvir as vossas respostas e opiniões. Para a Conversa de Bancada de hoje, a questão que lançamos são os Lakers e o regresso de Kobe. Depois de 10-9 sem Kobe e com um desempenho acima do esperado dos jogadores secundários da equipa, os Lakers estão com 1-3 desde que Bryant regressou. Perderam os três primeiros jogos com um Kobe visivelmente limitado e ainda longe da melhor forma e ontem ganharam por pouco aos Bobcats.


Por isso, será que os Lakers, neste momento, são uma equipa pior com Kobe (ou com este Kobe)?  O que podemos esperar de Kobe nesta altura da carreira? Será que irá regressar à forma de antes e voltar a ser um jogador de topo? E conseguirão os Lakers ir aos playoffs ou vão ficar pelo caminho? Que nos dizem do que se passa para aqueles lados de Los Angeles?

8 comentários:

  1. Não vi os jogos e por isso não conheço as circunstâncias. Mas se, como têm adiantado, as intenções passarem por transformar o Kobe em PG, face à ausência do Nash (e a lesão do Blake), então a média superior a 6 turnovers é assustadora. Por certo corrigirá e melhorará com a recuperação da forma física e com o elevado IQ de jogo, mas, se assumir essa tarefa em pleno, até que ponto é que vai melhorar? Será só uma questão física? Consegue manter um ratio assists:turnovers saudável? Em termos comparativos com os demais "piores" nos turnovers e arrendondando um pouco, o Curry está 9 : 4, e Westbrook, Harden e James andam pelos os 6-6,5 : 4. Mas estes justificam-na com uma produção ofensiva e defensiva volumosa. E como vai ser quando for para defender PGs novos e ágeis; o IQ chega?

    ResponderEliminar
  2. Kobe ainda nao treinou com os lakers deste ano que tem uma forma de jogar totalmente diferente do ano passado... Sendo assim acho que para agora os Lakers sao piores com Kobe do que sem ele. Quer se queira quer nao o treino colectivo e o habituar-se a jogar com estes jogadores conta mais do que perfomances individuais como se pode ver nos knicks.... Podem ter jogadores muito bons mas sem saber jogar em equipa nao vao longe.

    O kobe alem de ja nao voltar a forma que teve, vai voltar a ser um bom jogador e ainda tem uns 2 anos bons de basquetebol provavelmente ate vai melhorar muito as assistencias em detrimento dos pontos porque sozinho ja nao vai conseguir levar a equipa as costas como fazia antes. Por isso mesmo acho que os Lakers ainda vao ao playoff mas num dos ultimos lugares e penso que nao passam da primeira ronda.

    ResponderEliminar
  3. Não acompanho a realidade dos lakers portanto se for dizer algum disparates sintam-se à vontade para corrigir. Se pelo que também tenho ouvido dizer a ideia for adaptar o kobe a PG penso que é uma decisão bastante má! Vou apresentar as razões, primeiro porque o kobe sempre foi o tipo de Shooting guard que gosta mais de lançar do que organizar um ataque. Segundo, penso que a certa altura ele pode-se sentir pressionado para não lançar tanto quando a equipa mais precisar , pois é a função dele organizar o ataque e não chegar lá e lançar. Terceiro: o kobe já não vai para novo e os PG da nba neste momento são quase todos muito explosivos(pgs de equipas de playoffs) e de grande qualidade a atacar o que pode ainda piorar a defesa da equipa. (se bem que o nash não era melhor que o kobe com certeza)


    FM

    ResponderEliminar
  4. Concordo com o último comentário. Já viram o desastre que seria tê-lo como PG a defender jogadores como o Teague, o CP, o Irving ou o Lillard?
    Penso que a sua experiência, aliada à qualidade de lançamento e capacidade de organização ofensiva pode ser uma mais valia para este LAL no entanto dificilmente passarão de uma 1ª ronda dos PF (caso se qualifiquem).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. entao o westbrook? seria patetico mesmo, entendo o porque de nem o mencionares ;p

      Eliminar
  5. Com todo o respeito pelos últimos comentários, e como adepto dos Lakers, dois reparos a fazer: como é óbvio, e por pior que seja o D'Antoni como treinador, o Kobe não tem defendido nem vai defender nenhum PG. Esse trabalho tem sido feito por outro jogador, o Kobe tem defendido jogadores com igual velocidade e ritmo (actualmente).
    Em relação aos 'turnovers', é normal depois de uma lesão prolongada não se recupere logo o ritmo de jogo, o que provoca 'turnovers'. E a capacidade de recuperação não é fácil com aquela idade.
    Não entendo estes comentários do "pelo que tenho ouvido falar".

    ResponderEliminar
  6. AMonteiro ,
    Tens toda a razão. Sinceramente não sei como não me lembrei que poderiam realizar trocas na defesa de forma a evitar que o kobe defenda os jogadores mais explosivos e rapidos que ele. No entanto penso que nos playoffs chegará uma altura em que mesmo com essas trocas o kobe enfrentará jogadores mais rapidos e explosivos (contra houston , OKC , Clippers , são as equipas que me vêm assim mais à cabeça) , e penso que aí será então o fim da epoca do kobe com mais uma desilusão. Falo em desilusão porque para os lados de LA é tudo ou nada neste momento.

    FM

    ResponderEliminar
  7. AMonteiro em relação ao "pelo que ouvi falar" , disse isso pois embora acompanhe a nba , não acompanho os jogos dos lakers , acompanho os jogos da minha equipa , os spurs quando tenho tempo! Pois ando em finais de semestre e não tenho tido tempo para acompanhar mais

    FM

    ResponderEliminar