9.12.13

Conversa de Bancada


Como dissemos ontem, para melhorar a interactividade nos comentários e aumentar as vossas participações, decidimos introduzir uma nova plataforma de comentários. Mas as novidades não ficam por aí e vamos também lançar um novo espaço semanal de debate:

se aos domingos respondemos às vossas questões no Bater Bolas, às segundas são vocês que respondem às nossas. Todas as segundas feiras, vamos lançar um tema ou colocar uma questão para discutirmos e queremos ouvir as vossas respostas e opiniões. Por isso, às segundas, a palavra é vossa, na Conversa de Bancada.



E para a primeira conversa, a troca de Rudy Gay. Só para roubar o protagonismo da noite ao regresso de Kobe Bryant, a equipa de Toronto mandou Rudy Gay, Quincy Acy e Aaron Gray para Sacramento, em troca de Greivis Vasquez, John Salmons, Patrick Patterson e Chucky Hayes. Que acham da troca? Quem ganha mais com a troca? Qual o caminho dos Raptors daqui para a frente? E o dos Kings? Digam-nos da vossa justiça. Que comece a conversa.


6 comentários:

  1. É uma notícia inesperada mas que poderá servir de "bastidores" a outras transferências na off-season. Os Kings ficam com um jogador valioso (a juntar a Cousins) mas em minha opinião insuficiente para lutarem pelos Playoff numa difícil divisão de Oeste. Quanto aos Raptors, ganham um bom base que pode "puxar" o DeRozan para SF e que vai ajudar a equipa a crescer e quem sabe estar em condições de contratar um tubarão lá para o Verão (sem o peso do salário do Gay).

    ResponderEliminar
  2. Parece-me que os Kings voltam a sair por negócio na trade, já depois da que fizeram com os Wolves ao levarem Derrick Williams para Sacramento. Com Rudy Gay ficam com bom elenco, mas insuficiente para chegar aos playoffs.

    Contudo, ficam com uma equipa promissora. Cousins se continuar a evoluir será dos melhores centers da liga, McLemore também parece ter bom futuro e Derrick Williams prometia muito, mas em Minnesota estava tapado por Love e não definiu bem a posição onde rendia mais.

    Com a saída de Vasquez, Thomas deverá saltar para o 5, coisa que tem feito por merecê-lo. Contudo, já não deverá ganhar o Sixth Man Award, porque a continuar na forma que estava a sair do banco, o prémio só poderia ir para ele.

    ResponderEliminar
  3. Apesar da menor eficiência que Rudy Gay tem mostrado este ano, tem de se ter em consideração que era ele a referência atacante que pautava todo o jogo...Não é uma super estrela, mas um jogador que teria lugar em praticamente todas as equipas da liga. Agora se vale ou não 19€ na próxima temporada, pelos vistos os Raptors acharam que não...Acredito sim que as suas performances vão subir agora que vai ter uma verdadeira referência perto do cesto (Cousins). Pode ser que se conseguirem um outro bom jogador (para formar algo parecido com outro "Big Three") com o Thomas em boa forma e o Derrick Williams com minutos para explodir, acredito que tenham uma palavra a dizer ainda este ano no que diz respeito aos playoffs. Tenho o Rudy Gay na Fantasy League e embora esteja satisfeito com a sua produção ainda penso que vá melhorar.

    ResponderEliminar
  4. Sinceramente eu não percebo a ideia dos raptors.. o gay pode não ser uma estrela , mas na minha opinião se for construida uma boa equipa à volta dele podia levar os toronto a bom porto.(olhem o exemplo do nowitzki e dos mavs) Sinceramente parece-me uma troca bastante melhor para os kings que como já aqui disseram conseguem juntar uma peça valiosa ao cousins

    FM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabaste de comparar o rudy gay com o Dirk? wow um dos piores comentarios que vi sobre basket

      Eliminar