29.5.14

Passar ou não passar


Aqui vamos nós. Mais uma vez.
Heat perdem por 2, com 10'' para jogar. LeBron James tem a bola no topo do garrafão, com Paul George a defendê-lo. LeBron entra para o cesto... Hibbert vem à ajuda... LeBron assiste para Chris Bosh no canto e... chovem críticas a LeBron por ter passado a bola e não ter feito o lançamento final!


LeBron fez o mesmo num jogo contra os Utah Jazz, em 2012, e escrevemos nessa altura o que pensávamos sobre a sua decisão. E podíamos passar esse texto a papel químico para dizermos o que pensamos desta decisão. É só alterar os nomes, ajustar as posições em campo e esse texto serve para defender a decisão de LeBron no final do jogo de ontem.

Perguntamos o mesmo que perguntámos dessa vez: desde quando é que tomar uma decisão certa é criticável? LeBron atraiu a ajuda, tinha dois defensores sobre ele e fez o mais acertado: assistiu Bosh, que estava sozinho, em boa posição e é um bom lançador daquela posição. 

O que era melhor? Forçar um lançamento com um dos melhores defensores exteriores da liga e um dos melhores protectores do cesto da liga (se não o melhor) em cima dele? Ou assistir para um colega sozinho e com um lançamento com mais hipóteses de sucesso?



Ninguém diz que Michael Jordan não assumiu a decisão do jogo ou tomou uma má decisão quando assistiu John Paxson para o cesto da vitória contra os Suns e Steve Kerr para o cesto da vitória contra os Jazz, pois não? (podem ver esses dois cestos no outro texto)

Como afirmámos nesse texto, "Mais importante que ser um clutch shooter é ser um clutch player. E isso significa jogar bem nos momentos decisivos. E jogar bem significa ler o jogo e tomar a melhor decisão para a equipa naquele momento. Ser o herói não tem de ser marcar o último cesto. Embora essa seja uma ideia alimentada pelos meios de comunicação (principalmente os americanos), é uma ideia errada. Às vezes ser o herói é fazer o passe certo para um companheiro de equipa em melhor posição. Forçar um lançamento com dois ou três defensores em cima não é heroismo, é apenas uma má decisão. E a de Lebron esta noite foi boa. A única coisa que correu mal naquela jogada foi Haslem (Bosh) ter falhado o lançamento. Tivesse marcado e não estaríamos a ter esta discussão."

5 comentários:

  1. Fizeste-me lembrar o Lowry este ano contra os Nets no jogo 7.

    ResponderEliminar
  2. Só para acrescentar o LeBron tem 3 em 18 lançamentos nos últimos 5 segundos, o Bosh tem 3 em 6, portanto ele fez bem a passar porque deixa de saber lançar nesta altura. Desde a Big three está junto.

    Mateus

    Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=l_UekVlHpNM&list=UU2Sz44z7Mzq61iIapXq1DWw

    ResponderEliminar
  3. mateus, um clutch player, como o marcio disse não é aquele que acerta um lançamento sobre 5 defesas como o fabio referiu que lowry tentou fazer, é aquele que carrega a equipa no fim do jogo, seja defensiva ou ofensivamente, e ser clutch nao é acertar o ultimo cesto, por definição clutch é os ultimos 5 minutos de jogo em que o jogo esta com apenas 5 pontos de diferença no marcador, e muitos jogos dos miami não chegam a esse ponto porque eles conseguem a maior parte das vezes, resolve lo antes da ultima posse de bola.

    Lebron não tem tido sorte no ultimo lançamento do jogo, mas nos que o antecedem tem sido dos jogadores mais clutch da liga. Momentos antes disto tudo, ele tinha bloqueado um cesto certo a hill, que permitiu aos miami em parte levar o jogo até ao ultimo segundo.

    Ps. sendo fã do Wade desde a varios anos atrás, antes dos big three, como treinador a minha jogada seria por o wade em iso contra o george ou o lance e espetar lhe um pump fake mid range na cara como este: https://www.youtube.com/watch?v=CnyazvtC0_U

    e faze los respeitar o meu lugar na história, novamente lool

    ResponderEliminar
  4. Papa Valdemares30/05/14, 18:16

    Posso discordar? No mínimo, se ele tem levado a jogada até ao fim, tinha sacado falta ao RH.

    Seja como for, hoje os Pacers vão para casa. Se com um LBJ a jogar metade do jogo e a fazer números miseráveis, Miami poderia perfeitamente ter ganho, então, daqui a umas horas, em casa, vão fazer picadinho de Indiana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nem mais. Concordo com tudo q disseste. Uma coisa é numa jogada normal em q ele tem pouco espaço. Mas com a velocidade q ia conseguiu abrir um bom espaço e com o poderio físico q tem no mínimo sacavam a falta. E concordo tb q os Pacers vão para casa ;)

      Eliminar