23.6.11

Quem vem aí?


Enquanto as negociações entre os donos das equipas e os jogadores continuam (ontem parece ter havido algum progresso, mas ainda estão longe dum acordo e voltam a reunir-se amanhã), vamos voltar ao que se passa dentro de campo. Ou, deveríamos antes dizer, ao que se vai passar dentro de campo nos próximos anos. Porque hoje é dia de Draft e a NBA dá as boas vindas a uma nova fornada de talentos. De todos os jogadores que serão seleccionados hoje, alguns (poucos) tornar-se-ão estrelas, outros serão bons jogadores para a rotação, alguns acabarão a aquecer um banco e outros ainda acabarão fora da liga e esquecidos.
A apenas algumas horas de começar a cerimónia, deixamos aqui 10 nomes de que vamos ouvir falar na próxima temporada (comece ela quando começar) e em temporadas futuras:

Kyrie Irving
O mais que provável nº1. É apontado como um dos dois maiores talentos deste draft. Um base bom atirador e bom a distribuir. Numa época de freshman encurtada por uma lesão num dedo, teve excelentes números (17.5 pts, 5.1 ast e 3.8 res, mas apenas 11 jogos). É comparado a Chris Paul e Mike Krzyzewski, o seu treinador em Duke, diz que "ele é um jogador especial". Os Cavs acreditam e devem apostar nele para ser um dos pilares para o futuro.

Derrick Williams
O outro dos dois maiores talentos do draft. É de todos os seleccionáveis aquele que estará mais preparado para contribuir imediatamente para a equipa que o escolher. Atlético, bom lançador, capaz de marcar no interior e no exterior. Lançou 60% nos 3pts e liderou a NCAA em lances livres tentados, o que quer dizer que tanto lança (e bem) de fora, como é capaz de ir lá debaixo e não fugir aos contactos.

Enes Kanter
Uma combinação de Gasol, Howard e Nowitzki. A descrição é do próprio Kanter, por isso desconfiem à vontade. Mas o jovem poste turco tem impressionado nos seus workouts. Mostra força e movimentos para jogar de costas para o cesto, bem como a capacidade de lançar de meia e longa distância. Não jogou o ano passado pela Universidade de Kentucky porque já tinha jogado como profissional na Turquia e teve toda a época apenas a treinar. Isso cria alguma incógnita em torno dele, mas espera-se que venha a ser um bom poste e um nome a reter por muitos anos.

Brandon Knight
O melhor base a seguir a Irving. É o mais recente projecto de John Calipari, depois de Derrick Rose, Tyreke Evans e John Wall. E, ao contrário destes, lança bem de fora. Numa liga que tem sido dominada pelos bases nos últimos anos e numa posição tão importante para qualquer equipa, Knight é pretendido por muitas delas.

Jan Vesely
O jogador checo é muitas vezes comparado a Andrey Kirilenko. É um extremo rápido e versátil (pode jogar a 3 ou 4), capaz de penetrar, cortar, lançar de fora e também jogar de costas para o cesto. Depois de Enes Kanter (ou mesmo antes dele, para muitos observadores), é o jogador europeu em que mais se aposta para ter sucesso na NBA.

Jonas Valancuinas
E este poste lituano é outro dos europeus deste ano em que se aposta para uma produtiva carreira na NBA. Grande (2.13m) e com uma envergadura impressionante (2.28m), tem uma boa mobilidade e boas mãos. Precisa de ganhar mais músculo (o que vai acontecer de certeza na NBA), mas tem tudo para se tornar um excelente poste.

Kemba Walker
Um dos melhores jogadores universitários do ano (campeão com Connecticut), é um base explosivo e marcador de pontos. A sua maior arma é a velocidade e a penetração, à semelhança dum base como Derrick Rose. O seu lançamento exterior é ainda um projecto em desenvolvimento e a sua altura (1,85m) pode criar-lhe problemas para defender bases maiores.
Mas é, junto com Irving e Knight, um dos bases para manter debaixo de olho.

Tristan Thompson
Um dos melhores ressaltadores ofensivos deste draft. Tem uma energia inesgotável e luta por cada bola que não entra no cesto. Só essa já seria uma capacidade capaz de o manter na NBA por muitos anos. Mas para além disso, também consegue produzir ofensivamente. É um pouco pequeno para power forward (2.05m), mas compensa com a sua energia, rapidez e braços longos. Pode ser uma das surpresas do draft.

Jimmer Fredette
Foi o melhor marcador da NCAA (28.8 pts e um lançamento exterior temível, de qualquer distância), mas há muitas dúvidas se consegue produzir ao mesmo nível na NBA. É pequeno para jogar na sua posição natural de shooting guard e atirador (1,88m) e (ainda?) não tem o perfil para jogar a point guard. Pode ser mais uma estrela da NCAA que não consegue depois encontrar o mesmo sucesso na NBA (pensem em J.J. Redick). Por esse motivo é o jogador que mais curiosidade e expectativa desperta neste draft.

Bismack Byombo
O nosso Mário Palma descobriu-o, aos 16 anos, a jogar no Iémen e levou-o para Espanha. É provavelmente o jogador mais atlético do draft e tem condições físicas perfeitas para jogar basquetebol. Mas é ainda um projecto de jogador e tanto pode ser o próximo Serge Ibaka como ser o próximo Hasheem Thabeet.


21 comentários:

  1. Muito bom! Obrigado pela informacao detalhada :) a que horas é?

    ResponderEliminar
  2. O Draft é às 21:00 e podem acompanhá-lo em directo na NBA TV.

    ResponderEliminar
  3. Stoudemire23/06/11, 15:40

    Acho que mais interessante do que ver quem fica fica com quem, irá ser as trocas que se iram proporcionar posteriormente a partir destas picks.

    ResponderEliminar
  4. Pensei que era a meia noite, hora de ca! Obrigado ;)

    ResponderEliminar
  5. O horário que eu referi é hora dos Estados Unidos, desculpa, Gui, fui eu que não expliquei bem. A cobertura na NBA TV começa às 19:00, hora americana, 00:00 em Portugal.

    ResponderEliminar
  6. ah bem me parecia :) nao faz mal hehe e aquele ricky rubio tb vai dar que falar parece-me

    ResponderEliminar
  7. sabem algum site que vai dar a transmissão do draft em directo?
    e que eu nao tenho sport tv.

    ResponderEliminar
  8. qual é a altura do valanciunas 2.13 ou 2.28?

    ResponderEliminar
  9. Mário Escudeiro23/06/11, 20:44

    sporttv nao vai transmitir o Draft. o Valanciunas tem 2,13mts. os 2,28 são o seu comprimento de braços (chamado wingspan), medida muito usada no basket, pois um jogador com braços longos é uma mais-valia!

    ResponderEliminar
  10. É já hoje que alguns "pirralhos" vão começar a sua carreira profissional. Só um aparte, este sistema de draft introduzido nos desportos americanos são mesmo muito bons, apesar de haver sempre uma renovaçao de potencial e nacionalismo (já se começa a ver equipas a ir buscar estrageiros)tem uma coisa muito importante, que motiva os jovens a levar uma vida academica, e isso é muito importante, quem me dera que Portugal fosse assim, mas pronto, nós somos pequenos em relaçao ao eles.

    acho que na primeira e segunda escolhas estão assegurados irving e williams, as restantes e algumas trades vamos esperar que nos surpreendam.

    Só mais uma ponto em relaçao ao draft, Jared sullinger acho que desistiu do draft e vai ficar mais um ano na universidade, grande futuro.

    Um bem haja, e se nao tiver oportunidade, boas férias a todos!

    ResponderEliminar
  11. Atenção a Vesely, muito talento.
    Márcio sabes qual a situação do Teodosic, é que ja se falou tanto da entrada dele na NBA, estamos na presença de outro Bodiroga?

    ResponderEliminar
  12. ola Marcio boas, achas mesmo que o Jimmer Fredette esta assim tão "condenado" ? Vejo tanta gente já a fazer-lhe uma cruz em relação a sua chegada a NBA,ele foi um autentico fenomeno esta epoca bem sei que a NCAA é um mundo aparte da NBA, mas penso que ele tem todo o credito,grandes jogadores que chegaram a NBA passando pela NCAA e não tiveram um terço do impacto que ele teve na NCAA.
    Achas mesmo que ele nao vai conseguir triunfar na NBA?


    cumps...

    ResponderEliminar
  13. Em relação ao Teodosic, durante a temporada regular houve uns rumores que Miami e Houston estavam interessados nele, mas para já tem um contrato com o Olympiakos permite ao clube grego igualar qualquer oferta (à semelhança dum restricted free agent na NBA) e não há quaisquer planos para vir para a NBA.
    Em relação ao Fredette, não acho de forma alguma que esteja condenado e não disse que ele não vai conseguir triunfar na NBA. Apenas referi as dúvidas que muita gente tem acerca dele. Mas neste momento são tudo suposições e, por mim, espero que tenha muito sucesso.

    ResponderEliminar
  14. algum link disponivel ???

    ResponderEliminar
  15. Já vimos umas belas "surpresas"...

    ResponderEliminar
  16. http://www.youtube.com/watch?v=oRj5h2aQYYA

    Dario Saric. Este sim será o próximo Bodiroga... pelo menos é o que se espera. As semelhanças são incríveis...

    Nuno Oliveira

    ResponderEliminar
  17. Os Mavs começam a mexer-se ao trocar as suas opções no "draft" por mais um jogador que significará profundidade de banco.

    ResponderEliminar
  18. marcio que pensas destas trocas? cleveland vai renascer? parece ter tido grandes escolhas...

    ResponderEliminar
  19. São muitas trocas e muitos jogadores novos para conseguir analisar todos duma vez. Fiquem atentos que ao longo dos próximos tempos vamos analisando cada uma deles/as. E vão dando a vossa opinião, que sou todo ouvidos!

    ResponderEliminar
  20. João Lemos29/06/11, 13:06

    Duvido que os Cleveland renasçam de um ano para o outro. Simplesmente estão a preparar o futuro para poderem ser mais competitivos ao longo do tempo e talvez daqui a uns anos "espreitarem" os playoffs. Vamos a ver...

    Saudações

    ResponderEliminar
  21. Não vão obviamente renascer dum ano para o outro, estes são apenas os primeiros passos na reconstrução. Na próxima temporada vão ser melhores de certeza, mas ainda estão longe de voltarem a ser uma equipa de topo. Eu não gostei totalmente destes primeiros passos, mas vamos aguardar e ver que passos vão dar a a seguir.

    ResponderEliminar