13.6.11

Uma vitória para a Equipa dos Mavs


Remetido a um silêncio voluntário desde que os playoffs começaram, Mark Cuban deixou escapar no final do jogo a sua primeira palavra desde Abril: "Yeees!" Cinco anos depois da devastadora derrota nas Finais e depois de cinco anos de desilusões e eliminações precoces nos playoffs, os seus Mavericks tinham acabado de conseguir aquilo que perseguiam há tanto tempo: o troféu Larry O'Brien.

Foi um longo caminho para o dono dos Mavs, que, em 2000, comprou uma equipa moribunda (uma equipa que em 20 anos de existência tinha uma percentagem de vitórias de 40% e em duas temporadas anteriores tinha ganho 11 e 13 jogos) e transformou-a numa equipa campeã. E o caminho não foi menor para Dirk Nowitzki, que está em Dallas desde esses tempos menos bons e passou 13 anos na liga à procura deste momento. Pois ele chegou.

E foi emotivo. Não só no fim, mas durante todo o jogo. Porque foram as emoções que dominaram numa partida nem sempre bem jogada e que começou da mesma forma que o jogo 5: acelerada, nem sempre esclarecida, com mais ataque e menos defesa. Num jogo com tanto a ganhar e a perder, as equipas estavam compreensivelmente ansiosas e isso reflectiu-se numa louca primeira parte, onde nenhuma vantagem parecia segura. Os Heat começaram melhor e ganharam 9 pontos de vantagem. Depois foi a vez dos Mavs. Recuperaram e ganharam 12 pontos de vantagem. Depois os Heat de novo. Fizeram um parcial de 14-0 e voltaram para a frente. Foi uma primeira parte de parciais improváveis, onde, como no jogo anterior, parecia que os Heat podiam levar vantagem nesse estilo de jogo. Quanto mais rápido o jogo era, pior ficava a defesa de Dallas, mas mantiveram-se vivos também da mesma forma que no jogo 5: com triplos (e a zona de Carlisle no fim do 1º período voltou a ajudar).

Na segunda parte, a loucura foi menor, mas as emoções continuaram a mandar. E aí, foi a equipa mais veterana que conseguiu controlar melhor as suas. E que executou melhor no ataque. Acabaram o 3º período com 9 pontos de vantagem. E desta vez a vantagem não mudou mais de mãos. E nada mais apropriado que Nowitzki e Terry (os dois jogadores que restam da equipa de 2006) a liderar e a levar a equipa até ao título neste último período. E o momento com que sonhavam desde essa fatídica final finalmente aconteceu:



E agora é tempo de dar os parabéns aos Mavs e reconhecer-lhes o mérito nesta vitória. Podemos falar de Lebron e do que ele jogou ou não jogou, podemos falar do que Miami conseguiu ou não conseguiu fazer, mas o mérito devido tem de ser dado à equipa de Dallas. Como afirmou Rick Carlisle, "quando é que as pessoas vão falar da pureza do nosso jogo e daquilo que conseguimos atingir?"

Foi a vitória de uma Equipa com E grande. Uma Equipa que jogou de forma colectiva, baseada nos fundamentos do jogo (a ocupação de espaços, o passe, a rotação de bola) e não apenas no talento individual dos jogadores. Carlisle toma a palavra de novo: "eles (os jogadores dos Mavs) fizeram uma afirmação. Não apenas acerca da nossa equipa, mas acerca do próprio jogo em geral. Jogar duma certa forma, confiar no passe. Na nossa equipa não se trata de capacidade individual, mas sim de vontade colectiva, garra colectiva, coragem colectiva."

"Venceu a melhor equipa" pode ser uma expressão já velha, mas os Mavs mostraram-nos que nao está gasta ainda. O basquetebol é um desporto colectivo e é bom ver que a melhor Equipa vence. Uma vitória merecida e uma vitória para o basquetebol.


P.S.: e acertámos na nossa previsão!

83 comentários:

  1. Os mavs serem campeões não tem muita graça, é tipo o Braga ter sido campeão o ano passado, ninguem ia ligar muito. lol

    ResponderEliminar
  2. Ramiro Loureiro13/06/11, 16:36

    MERECIDO!

    Ganhou a equipa e não as "individualidades".
    Dirk, Terry e Kidd há muito que mereciam o anel.
    Agora resta saber se conseguirão defender o título na proxima época, isto se houver campeonato. Pois pelo que percebi há "alguns diferendos" a serem discutidos, espero que tudo se resolva a tempo de mais uma grande época da NBA.

    ResponderEliminar
  3. Concordo com o João Lemos no destaque destes 3 jogadores; Dirk, Kidd e Marionm, apesar de nao gostar muito de Marionm, aparte de ja levarem uma longa carreira na NBA tenho que dizer que nos 6 jogos nao vi uma má atitude de nenhum destes 3 jogadores.Mas uma verdade tem que ser dita Miami jogava contra o mundo incluindo a propria NBA que ha dias postaram aquele video de Wade e Lebron a metem se com Nowitzki(com que intuito coloca este video a NBA no proprio site ?acho que todos sabemos) mas nao meteram artigos nenhuns de um tal de Stevenson em redes sociais a gozar com a mãe de Lebron porque como ja alguns devem ter lido fala-se que a mae de Lebron teve um caso com Delonte West( como se hoje em dia a diferença de idades em relações fosse um choque),esse Stevenson andava a procura e apesar dos nossos grandes comentadores Barroca e Avelãs nao terem entendido logo aquele desentendimento percebi logo na hora, esse vizinho quando faz um triplo levanta os 3 dedos cheio de chularia como se fosse ele o unico a fazer triplos no mundo e para ser sincero para chulos a chulice e com mais sinceridade ainda amei a cena que fez o Haslem que levantou os 3 dedos e passou a frente dele a dar-lhe o proprio veneno, injusto um cromo desses acabar a noite a festejar mas tem senhores na equipa.
    Continuo com a minha que depois de Miami eliminar Boston já nao havia nenhum adversario mais difícil, mas a verdade é que nao houve praticamente Lebron nos jogos com Dallas nao por merito de Dallas já que muitas das vezes ele nem olhava para o cesto, porque se tivessemos só meio Lebron do que nos habituou ja chegava, e depois a estrelinha de Dallas porque fez coisa que durante 100 jogos durante o ano todo nao conseguiram fazer que é tipo um Nowitzki ter 3 pontos ao intervalo e a equipa esta a ganhar com um Terry e um Barea em altas pontuações a fazerem o melhor jogo das suas temporadas.
    Podiam ser ditas muitas coisas como factor importante na derrota de Miami como diziam ontem o Barroca e o Avelãs que é; a equipa de Dallas é um produto mais que acabado e a equipa de Miami foi feita em cima do joelho durante este ano, e tiveram quase a conseguir nao foi por Dallas ser melhor,mas jogou melhor nestes 6 jogos, mas como sabemos num dia bom qualquer equipa da NBA ganha a outra mas depois de eliminar Boston e Chicago era mais que merecido o titulo.
    Eu vou continuar a opoiar Lebron mas ainda com mais força ele é a razão de nos ultimos anos me tornar um aficionado da NBA , muitos nao estão concientes do embaixador que é Lebron James á volta do mundo para o basquetebol americano talvez o maior de sempre,sabemos que são tempos bem diferentes de tempos mais antigos pricipalmente os meios estando logo a cabeça a internet e o seu power, mas o que é certo é que dou com muitos testemunhos identicos ao meu mesmo em Portugal claro.

    ResponderEliminar
  4. Os Mavs já andam no topo da NBA há 10 épocas...eles terem ganho um título é totalmente merecido e se preferes ver sempre as mesmas equipas a ganhar um título deves ficar-te mesmo pelo futebol..

    ResponderEliminar
  5. Paul.alex...a mim parece que tás é a inventar muitas desculpas...principalmente se tivermos em conta as ajudas incriveis q os heat tiveram na serie com os bulls (O Rose até podia partir um braço q não se marcava falta)...e tiras mérito a defesa do adversário dizendo q o (suposto) melhor jogador da NBA não esteve lá, sinceramente na minha opinião se um jogador no nível da NBA não consegue encontrar motivação para jogar nas Finais então mais vale ele sair e ir trabalhar numa mercearia...e o acto do Lebron e Wade a imitar o Nowitzki apareceu primeiro na TV americana e de qualquer maneira foi um gesto estúpido por parte destes jogadores e algo que demonstra mais falta de classe do que qualquer coisa que um dos Mavs tenha feito nesta sério. E devo lhe dizer o Lebron depois de ter montado esta "equipa" nunca terá uma chance de chegar aos calcanhares de jogadores com Jordan, Duncan, Olajuwon,Magic, Bird, Russell e Robertson..pois todos esses venceram da "maneira certa" (como dizem os americanos)...e o que o Jordan, Magic e Bird fizeram pela NBA nunca será igualado, o senhor se tivesse alguma noção da história do basquete saberia isso...Obrigado Assino: MJS

    ResponderEliminar
  6. Ganhou a melhor equipa, com o treinador a ter as decisoes certas e quando necessitou da sua estrela ela esteve lá.

    Finalmente Kidd teve o titulo merecido talvez no ultimo ano em que o podia fazer no 5 inicial

    paul.alex se acha que a "NBA" nao gosta desta equipa de Miami, até pode ser verdade mas é por uma simples razao juntaram 3 estrelas contornando um dos principios pelos quais a liga se rege os tectos salariais e assim a possibilidade de todas as equipas serem competitivas, Miami combinou salarios abaixo do valor dos jogadores, se todas as equipas fizessem o mesmo a NBA perderia muito do interesse.
    Quanto a Lebron ser o maior embaixador da liga, faço-lhe uma pergunta sabe quantos votos teve o Jordan para o All Star quando era preciso enviar os votos pelo correio?

    ResponderEliminar
  7. Stoudemire13/06/11, 20:51

    Ainda me dizem que Lebron não é o maior embaixador e melhor jogador da NBA?
    Então porquê que hoje só se fala dele? Dão mais demérito ao James do que mérito aos Mavs LOL
    Ser King é isto também!

    ResponderEliminar
  8. Stoudemire13/06/11, 20:56

    Para não dizer que estou a observar um número de comentários astronómico em todos os jornais desportivos, blogues, etc... E qual é o nome que aparece em todos eles?
    Estas finais tiveram no mínimo o triplo de interessados em Portugal do que anteriormente, e o melhor é que esse crescimento se deveu ao ódio ao Lebron, a maior parte dos comentadores nem sabe quem é o Dirk, mas dizem que estão satisfeitos só pela derrota do Lebron.
    Agora digam-me porque razão ele é alvo desta atenção toda... Pois, porque é simplesmente o melhor, e de de looonge!

    ResponderEliminar
  9. Não Stoudemire a discussao em volta do Lebron nao aumenta o numero de interessados no jogo mas sim na personalidade, é uma questao sociologica dos nossos tempos, vista em varias modalidades, Federer vs Nadal, Ronaldo vs Messi há alguns anos atras Shumi vs Senna, se viste todos esses coments tambem deves ter lido que os Mavs eram uma especie de Braga o que demonstra muito conhecimento da modalidade ou não.

    As pessoas necessitam de estar perante o melhor de sempre e de forma directa ou indirecta as grandes marcas ficam a ganhar com isso, pois os seus "embaixadores" aparecem em todos os jornais, tv's, sites sem qualquer tipo de publicidade paga aos meios de divulgaçao da imagem.

    O conhecimento do jogo vê-se em coments como os do paul.alex tentando justificar o abaixamento de Lebron foi por causa do david Stern ou alguem dentro da liga mas nao da equipa adeversaria de algo que paira.

    Na grande maioria dos coments vejo discussoes em volta de nomes e qual o maior e pouca discussao sobre o jogo e nao há qq jogador que se sobreponha ao jogo

    JF

    ResponderEliminar
  10. pro.benfica13/06/11, 22:46

    Dos comentários que li, vi muita pobreza de espírito dos fãs dos Miami.

    Ganhou uma equipa contra um bando de jogadores, muito bons, mas mal educados, acintosos, infantis e estúpidos. E os queridos ainda se perguntam porquê tanto ódio? LBJ, DW e o outro gajo que veio do Canadá ganharão os seus anéis - e muitos, prevejo - mas este momento é de alguém que «morreu» pelos seus: Nowitzki. Poderia ter ido para onde quisesse, como fez LBJ, mas ficou na «sua» casa. O outro concluiu que é tão «king» que necessita de outras superestrelas para ser campeão. Assim, também eu, pá: ponham-me lá no quinze dos Lakers, Spurs, Mavs ou Heat (nem que seja para lhes recolher as pastilhas elásticas) e também aparecerei cá com um par de anéis.

    ResponderEliminar
  11. sergio_alj13/06/11, 23:47

    Stoudemire

    Porque é que achas que o Lebron James é o jogador mais odiado? Os anti-Heat (eu incluido) terão as suas razões para isso. Ninguem se vai esquecer que o "King" tentou o caminho mais fácil no Verão de 2010... Ele não precisava disso!

    O Dirk por exemplo permanece na mesma equipa à 13 temporadas e só foi campeão em 2011!!!

    E porque é que achas que todos falam no desempenho do LeBron James? Um jogador que decresceu a média em 8.9 PPJ entre temporada regular e playoffs (recorde da NBA) merece bastantes criticas.

    Já agora, repara bem na Boxscore do jogo 6 e observa que nos minutos em que LeBron esteve em campo, os Dallas Mavericks marcaram mais 24 pontos que os Heat, algo verdadeiramente incrivel para o jogador mais versátil e universal do jogo, mas que falha nos momentos decisivos!!

    Cumps

    ResponderEliminar
  12. Primeiro que tudo há que felicitar-te João pelas grandes análises que nos ofereces-te, ah quem diga que foram parciais, eu diria eximias, de alguém que percebe da modalidade, Parabéns.

    Depois claro há que congratular os Mavericks, foram gigantes ontem, mereceram os anéis, mais que Miami. As que Miami ganhava num outro dia e que fizeram um melhor caminho para chegar as finais não convencem ninguém. Não venceram enquanto tiveram a oportunidade, portanto são menores que Dallas. Mostraram que não interessa serem mais atléticos, mais capazes individualmente, mostraram ética de trabalho, vontade, garra, nunca deitar a toalha ao chão, e esses atributos têm de ser recompensados e felizmente foram.

    A grande discussão em volta do Lebron, resume-se na grande questão: Ele conseguiu ganhar, fazer jogos de um melhor jogador do mundo? Não, então não pode ser considerado como tal. O que interessa fazer 30 pontos por jogo, se quando chega aos momentos chaves, desilude e volta a desiludir. Eu acredito que ainda terá uma mão cheia de anéis, mas ainda não será desta.

    ResponderEliminar
  13. Tiago Lagarteira14/06/11, 00:09

    Inesperadamente Dallas tem 90% dos adeptos da NBA portugueses... Que latão dizer que os Heat foram beneficiados com Chicago!!! O Boozer e o Deng andaram a distribuir pancada nessa serie, mas a ceguez fala mais alto! Foram ridiculas as posses de bola dadas em faltas de ressalto em Dallas aos Mavericks... É ridicula a forma como deixam (os arbitros) fazer tudo quando o Wade penetra! Há muita dor de cotovelo porque tdos voces (se percebem minimamente de basquetebol) viram que apesar desta inesperada derrota os Heat têm pela frente um futuro mais risonho que os Bulls do Jordan... Deixem-se de merdas qto ao Lebron, ele escolheu quem quis e quem lhe dava mais garantias de prosseguir a carreira, aposto que muitos de voces sao portistas e nao apontam isso ao Moutinho! Dallas venceu bem, mas em situações normais nem cheiram! Eu respeito tdas as equipas e tdos os jogadores da NBA e para mim, que gosto dos Heat antes do Lebron, peço também respeito a uma equipa que fez o que fez esta época qdo tdos diziam que n passavam da 1ª ronda (quando se pensava que iam defrontar Nova Iorque) e cilidraram completamente a mlhr equipa da fase regular e os históricos Celtics! Para o ano há mais... E quem são os principais favoritos???? Dallas não é de certeza!

    ResponderEliminar
  14. Stoudemire14/06/11, 00:22

    Para mim os Mavs foram melhores e pronto. Para que falar do Lebron, como se ele devesse marcar 100 pontos e ganhar sempre. Eles este ano calaram muita gente, que diziam que este ano era impossível, e que nunca na vida perdiam com os Boston ou com Chicago. Chegaram à final, onde se perde ou ganha por pormenores. Perderam paciência, para o ano há mais.
    E qual o problema do Lebron sair, agora um jogador não pode fazer o que quiser? Até podia acabar a carreira se quisesse. Para mim se ele renovasse com os Cavs, aí é que eu o criticava, porque lá estava condenado. Fez pelos Cavs o que eles nunca fizeram por ele, nestes anos todos. Gostava que o Kobe tivesse sido selecionado por Minnesota ou para Toronto,para ver se ele lá acabava a carreira.

    ResponderEliminar
  15. Tiago eu não percebo quando dizes "Dallas venceu bem, mas em situações normais nem cheiram!". O que são essas situações normais?

    Acho que quem percebe um pouco, nem falo só de basquetebol, mas de desporto, sabe que os jogos ganham-se em equipa, e Miami tem uma equipa com três grandes jogadores, mas falta o resto. Dallas tem a equipa e tem mecânica para a fazer trabalhar, portanto teve e tem neste momento melhor equipa que Miami, não vamos agora dizer que em outras condições, os vencedores seriam outros, porque tinham toda a equipa disponível e pronta a dar o seu contributo.

    Os "Se's" nunca embelezam quem perde, eu nem sou fã de Dallas, mas gostei do que eles demonstraram nestas finais, e são os justíssimos vencedores.

    Quanto à mudança de Lebron, se o critico pelos números que teve nas Finais, não posso criticar pela mudança que fez. Fez a melhor escolha que lhe garantiria os títulos, cada uma sabe de si, e ele fez a escolha dele à que respeita-la. Os Cavs eram um poço sem fundo, já não havia volta a dar, e Lebron fez tudo por eles nos 7 anos que lá esteve.

    ResponderEliminar
  16. Riky_On_The_Road14/06/11, 01:29

    O problema do Lebron é q tem de ser trabalhado psicologicamente, e kem melhor para fazer esse trabalho, senao um grande treinador!! Convenhamos k o Lebron ainda nao teve a sorte de ter um grande treinador. Jordan so foi campeao e ganhou 6 vezes porque teve o Phil Jackson, e ele exigia imperiosamente ter esse treinador na ekipa. Kobe e Shak e Wade so foram campeoes pela liderança de dois grandes Pat Riley,e Phil Jackson. Os celtics tb conkistaram o titulo tb as custas de outro grande(Doc Rivers) e Tim Duncan e companhia tb as custas de outro(Greg Popovich), e por aí fora, ate os Mavs tiveram um mt bom esta temporada, Carlisle mostrou ser competente e eficente.
    No Lebron se as bolas nao entram ele vai-se abaixo, entao nesta fase decisiva em k o caneco esta tao proximo, ele nao aguenta a pressao e os falhanços e dps ressente-se, perde o á vontade, a confiança e alegria de jogar. Passa a ser td mt forçado, um tormento, sinto-o perdido, qd começa a falhar, ja nao sabe mt bem o k ha-de fazer, se atirar ou se passar a bola. É notorio k precisa de um lider,nestas circunstancias, k o encaminhe para a melhor direção. É evidente k precisa de um treinador k o saiba motivar e trankuilizar, k saiba aproveitar todas as suas capacidades e potencialidades ao serviço do conjunto e da ekipa. Coisa k nenhum dos treinadores k teve ate agr, ainda conseguiu fazer...Não sei se para o ano ainda sera campeao, com o actual treinador dos Heat, axo k esse nao serve!!

    ResponderEliminar
  17. Riky_On_The_Road14/06/11, 02:03

    Eu sou grande fã do Lebron e kero k ele ganhe campeonatos e ainda tem mt tempo para isso , so k nesta final keria muito mais k Dirk, kidd e companhia ganhassem, pq esses jogadores ja mereciam há muito, principalmente Dirk pelo jogador, e homem k é dentro e fora de campo, sou um grande fã dele, penso k so agr teve o reconhecimento merecido da NBA, dos adeptos e da critica. Dallas pelo k se viu nas finais foram uns justos vencedores. Mark Cuban finalmente foi recompensado, valeu o esforço, a luta e os mts dolares investidos. Vai ser o fim do mundo em Dallas com a festa!
    O episodio do video é estupido, ridiculo e escusado nada digno com o bom nome desses senhores, ate pq axo Lebron e quiça Wade, boas pessoas. É capaz de ter sido td um mal entendido, talvez uma brincadeira deles, é k não faz nenhum sentido, Dirk ter finjido, nao ganhava nada com isso.
    Bem para o ano há mais espectaculo, mais deste mundo fantastico, de uma das maiores competiçoes do mundo. Bom Verao!!
    E Marcio percebes mt disto, vim aki ao Blogue comentar pela 1ª vez nas finais e gostei, o povo aki é inteligente e sabedor.
    Pa terminar Lebron é mt bom, mas desde k vejo a NBA, ja do longiquo ano de 1991, nunca vi um jogador tao extraordinario cm o Jordan, ninguem fez ate agr o k ele fazia!!

    ResponderEliminar
  18. Stoudemire14/06/11, 02:11

    Não sei se as palavras do Pippen foram traduzidas como deve ser, ou se ele não queria dizer aquilo.
    Parece-me que o que ele queria dizer, é o Lebron muito provavelmente vai ser o melhor jogador de sempre All-Around, e nisso concordo.

    Jordan há só um, isso é inegável. A palavra basquetebol e confunde-se com Michael Jordan.

    ResponderEliminar
  19. Stoudemire14/06/11, 02:14

    Ricky on The Road, concordo contigo.
    Seria um golpe de teatro, para o ano Phil Jackson regressava para orientar os Heat, e vinha Nash só na busca do anel XD
    A 1º parte seria difícil, mas a 2º não ficava admirado se acontecesse, e depois era acrescentar um poste também atrás do anel.

    ResponderEliminar
  20. João Lemos14/06/11, 02:41

    Alguns falam e criticam tanto que LeBron quis por força meter-se nos Miami com o Wade para ter o caminho mais fácil e não demonstrar o que vale sozinho como se os Heat tenham feito um enorme favor em aceita-lo lol já antes de acabar de começarem os playoffs de 2009-2010 se falava em vários clubes interessados nele e depois de ter sido novamente eliminado pelos Boston e de ter percebido que tinha uma enorme oportunidade de ser campeão dali para a frente é óbvio que ele aproveitou o enorme interesse que tinham nele e a comparação feita pelo Lagarteira em relação ao Moutinho tá muito boa. Um jogador pode-se sentir amado e protegido numa equipa mas sem títulos e sem ver um futuro na equipa em que se está, não é qualquer um que deseja continuar, quanto mais um jogador com tanta sede de vencer a nível como individual e colectivo como o LeBron. O Nowitzki ficou até agora mas sempre teve melhores jogadores a seu lado e previa-se mais possibilidades naquela equipa, embora não saibamos se ele alguma vez quis sair e não teve oportunidade. Em relação a " provas de amor" pela equipa, acho que até hoje a maior dada foi pelo Reggie Miller quando teve oportunidade de ir para os Lakers mais ou menos na década de 2000 e quis ficar sempre e teve 18 anos seguidos nos Indiana sem ser campeão, mas estes casos são raros e acho que não se pode crucificar quem pretendo mudar, mas cada um tem a sua opinião e visão das coisas.

    Saudações :)

    ResponderEliminar
  21. Riky_On_The_Road14/06/11, 02:42

    O Phil Jackson, não sei axo k não, embora axe k os americanos têm um bocado a fixação com os numeros, penso k ele kereria o 12º anel e fexava aí a sua carreira, mas axo dificil ele apareçer novamente, penso k o Phil ja esta farto. Agr o Nash talvez, ele tem de se mexer, ta a ficar para tras:), o Dirk e o Marion ja tem o anel, falta ele e o Big Stoudemire, falta o resto da turminha dos magicos Suns:) Nash e Stoudemire e claro Lebron sao meninos k tem de ter o anel. Devia de tar escrito em ACTA!:) Agr ha mt a moda na NBA de juntar tres Bigs numa ekipa, por um lado reforçam a ekipa e tornam-na competitiva e com mtas possibilidades de vençer, por outro lado é uma forma e uma grande probabilidade de no futuro todas as super estrelas da competição terem aneis!:)Daki a pouco vao ficar tds satisfeitos com o seu anelzinho!:)

    ResponderEliminar
  22. Riky_On_The_Road14/06/11, 03:01

    O Lebron tem de olhar pela sua vida, se em Cleveland com akela ekipa insuficiente e dps com akele treinador, viu k não ia la, fez mt bem em mudar de ares. Em Miami davam-lhe Bosh e Wade e mais alguns, tinha tudo pa ser feliz, so k infelizmente para ele nao tinha um Villasboas,(em comparação com o caso Moutinho) e se calhar pensava k tinha. Se em Miami tivesse um Villas Boas a historia seria diferente!!

    ResponderEliminar
  23. Stoudemire14/06/11, 03:13

    Para o ano vai ser dos campeonatos mais difíceis de ganhar talvez: Boston, Chicago, Miami, NYK, Orlando(ou para onde o Howard for), Lakers, Mavs, Spurs(nunca se sabe), OKC, Memphis(com boas trades), mais 2 ou 3 surpresas(aposto em Golden State e Portland). Espera-se um grande ano :)

    ResponderEliminar
  24. @Tiago lagarteira.. Tas louco?? os de Miami nem podem reclamar dos arbitros...quantas vezes não se viram simulações absurdas do Wade e do James nestes playoffs...são uns autênticos flops...os proprios blogs americanos dizem que o Wade já mergulha mais que um jogador italiano de futebol...é triste este nivel de clubite, eu não sou do Mavs (e muito menos sou português) mas preferia a vitória deles principalmente devido a celebração que os Heat fizeram no principio da época...Nota: Sou um fã dos Bulls, vi-os pela primeira vez em 1998..ao contrário da maioria dos fãs de Miami (2011) ....
    Assino:MJS

    ResponderEliminar
  25. Lebron e companhia escolheram o caminho mais fácil e, sem esconder a verdadeira situação, acabaram derrotados e com culpas. Se outros vierem e fizerem o mesmo só estarão a revelar uma personalidade à Lebron, daquela que lhe faz ser amado por 20% e detestado por 80%. Nós vemos a nba porque esta tem uma coisa que se chama tecto salarial + draft e consegue manter ao longo dos anos uma competitividade que nos faz querer ver todos os jogos que transmitem na sporttv. Se não querem competitividade vejam o campeonato de futebol português já que é tão falado aqui. A nba pretende distanciar-se disso será que ainda não perceberam? qualquer comparação é completamente contra o princípio da nba.
    Miami contornou - eu sou a favor de juntarem uma equipa de bons jogadores, não retirar as 3 maiores estrelas e fazer uma solução instantânea - e para júbilo de 80% dos aficionados perdeu.
    Não porque detestámos Miami, não é tanto assim. Miami tem um dos piores jogos de sempre, com os 3 em campo pouca movimentação há. E só um treinador que os ponha a jogar em equipa e não deixar Lebron ou wade a olharem no meio campo para o que o outro faz.
    Lebron é um excelente jogador já todos sabemos, mas quem não gosta dele não gosta porque detesta a sua personalidade - viram que nem cumprimentou os campeões no final? - se lembra da porcaria de épocas que vivemos no tempo pós-jordan. Aquilo não era nba, era um bando de miúdos que queria fama e protagonismo, dinheiro no bolso. Oxalá Miami continue a perder, a maior parte de nós agradece.

    ResponderEliminar
  26. João Lemos14/06/11, 12:45

    Eu vi o LeBron a cumprimentar o Jason Kidd no final do jogo 6 e a falar com ele, se falou com mais algum não vi e a competitividade continua a existir, os Miami simplesmente quiseram ter uma equipa para lutar pelo titulo e pretenderam o LeBron para esse objectivo e claro que,devido aos motivos já referidos, ele aceitou e ele não queria chegar ao final da carreira e dizer que nunca foi campeão mas que foi muito amado e querido pelos adeptos de Cleveland e que isso representava tudo para ele.É óbvio que não, porque ainda há jogadores com ambição e com vontade de subir na vida e a parte de ele ser odiado por muitos isso ele já era quando jogava nos Cavaliers. Todos os jogadores desta liga têm sempre pessoas que os odeiam e que os adoram e que não concordam com certas coisas e se fosse sempre a pensar nisso ninguém se mudava. Os Cleveland se quisessem que o LeBron permanecesse tivessem procurado parceiros que o motivassem a continuar, não era um Shaq sem capacidade de explosão ou o Antwan Jamison ou lá mais quem arranjaram, não era fazer pedidos em placars nas últimas semanas mas quem nunca gostou dele não é agora que vai gostar e acho que não vais agradecer muito mais tempo GINA, agradece este primeiro ano que não se consolidaram como equipa mas a próxima época o dirá e fico-me por aqui neste assunto. Acho que o Márcio deve pensar em mudar o nome do blog de setevintecinco para vinte-três seis, já que o LeBron é o tópico constante lol

    Saudações :)

    ResponderEliminar
  27. A NBA baseia-se na competitividade e a forma como Miami formou esta equipa é contraria a isso, 3 super estrelas decidiram baixar os seus salarios para ganharem, na verdade nao perderam dinheiro compensaram em publicidade, Cleveland e Toronto sao bem menos rentaveis que o mercado de Miami, mas se todos fizerem o mesmo passamos a ter uma liga com 5/6 equipas competitivas, o que seria muito mau para quem gosta de basket.

    Já agora o ódio a Lebron vem da forma como saiu e não porque saiu de Cleveland.....1 programa televiso para anunciar a nova equipa, parece-me no minimo falta de respeito pelos fãs

    ResponderEliminar
  28. Pessoal o Dwight Howard anunciou se para o ano nao for campeão "caga" para Orlando, como vai ser? o mundo vai odiar o homem ? Ele é obrigado a ficar lá ?
    La está tem que vir o nome Lebron a tona porque a desculpa de alguns Lebron haters é como saiu de Cleveland no verão passado, isto ha com cada uma, só ha uma equipa e juntamente os seus adeptos que podem estar realmente chateados com o tema que é como é obvio Cleveland e a sua gente, agora equipas distintas "que coño" tem a ver com isso,vamos é o mesmo que é apoiasse o Belenenses e nao gostar como saiu o jogador tal do Braga "que coño" tenho eu a ver para onde vai os jogadores do Braga ou para onde vai os da Academica? ou que equipa seja, obviamente NADA DE NADA, e no caso de Lebron ate lhe deviam agradecer, adorei a frase que o West escreveu em cima "Os Cavs eram um poço sem fundo, já não havia volta a dar, e Lebron fez tudo por eles nos 7 anos que lá esteve " nao podia ser melhor dito, Lebron quando chegou a Cleveland aquele pavilhão era possivelmente o pavilhão mais assombrado da NBA .

    ResponderEliminar
  29. sergio_alj14/06/11, 16:18

    Paul, mas o DH12 avisou 1 ano antes, ou seja, os Magic vão tratar da sua troca este ano, para não perderem tudo!

    os Cavs nao tiveram essa sorte...

    ResponderEliminar
  30. sergio_alj14/06/11, 16:20

    Ja agora, alguem me explique como é que LeBron, Bosh e Wade são apenas os 22ºs e 26º jogadores mais bem pagos da NBA, quando no minimo deviam estar os três no top 10?

    ResponderEliminar
  31. paul.alex Bem diferente o comportamento do Howard do de Lebron, que fique claro nao "odeio" Lebron bem pelo contrario tenho o prazer de o ver jogar, já a forma como Miami formou a equipa é bem diferente, quando no futebol por exemplo se pensa em equilibrar as coisas o caminho que a NBA esta a tomar não é nada positivo, vamos ver o que fazem os NETS nso proximos tempos com a mudança de lado do rio.

    sergio_alj pelo motivo que disse no meu comentario anterior

    ResponderEliminar
  32. Tanto se fala do Lebron, mas então, o melhor do mundo nao faz nada quando a equipa precisa dele?? hmm estranho.. cada coisa a seu tempo.. neste momento nao é o melhor, para já ainda ha varios a frente, e muitos ele nunca vai ultrapassar.
    Mais que merecida esta vitoria desta GRANDE EQUIPA, com jogadores fora do normal, dentro e fora de campo.. o que sao os miami a beira deste conjunto de Senhores? e quem diz que em condicoes normais os dallas nem cheiram, enfim..
    abraço

    ResponderEliminar
  33. sergio_alj e pedro - ok concordo foi bem diferente, mas ainda assim é algo que só diz respeito aos Cleveland e por consecuencia a Miami mas nada de nada ás outras 28 equipas,mas ainda assim então apouco quando na NBA abrem aquela "janela" para trocas houve jogadores que ficaram a saber de um dia para o outro ou nao?
    Carmelo avisou quando ia sair ? 1 semana? 2 ?, e de um momento para o outro Denver perde um dos melhores jogadores da liga um daqueles que nao se consegue substituir.

    Gui - ele apareceu sempre que foi preciso nos playoffs tirando claro a serie com Dallas com Chicago esteve tão bem que levou um Scottie Pippen fazer aquelas afirmações,a tua frase "o melhor do mundo nao faz nada quando a equipa precisa dele??" se aplicares isso ao nosso Ronaldo que ate é assobiado pelo nosso publico acho que faz mais sentido, e do Ronaldo eu entendo as pessoas é que ouvem tanta tanta vez os nossos jornalistas na tv a dizer " o melhor do mundo" ,bla bla "o melhor do mundo", as pessoas depois vão ve-lo e !!!!! devem perguntar se é aquele o melhor do mundo épá ao menos um detalhizinho ou dois já que é o melhor do mundo, ja tirando que um mau jogo qualquer jogador tem, mas ja nem falando da parte desportiva já que no basquet nao dá para ficar parado e mandar os outros correr no basquet nao dá para disfarçar a puchar as meias para cima enquanto os outros vão em sprint como faz o nosso Ronaldo.

    ResponderEliminar
  34. Sim eu percebo onde queres chegar.. O que quero dizer é que para a fama que ele tem (king) fez pouco, principalmente na ultima ronda, por sinal, a decisiva. Ele nao pode ter medo de lançar ao cesto. Um jogador deste calibre que o caracterizam nao pode desanimar por falhar um lançamento. Por isso é que digo que ele tem muito para aprender e muito pela frente.. Chamarem-no de King James so lhe faz mal, chamem-no quando ele o for, para ja ha muitos reis na nba que não ele, é so a minha opinião.

    ResponderEliminar
  35. Bom,

    Depois de dois dias para digerir esta derrota venho dizer o que penso.

    Primeiro de tudo parabéns a Dallas que venceu porque foi a equipa mais regular durante as séries, e é sempre bom ver jogadores como o Nowiztki, Kidd e o Marion terem um anel.

    Quanto a Miami, eles fizeram o que muitos acharam que eles nem conseguiam que foi chegar às finais da NBA depois de no ano antes terem ganho (Ou digamos o Dwyane Wade ter ganho) um só jogo nos Playoffs. Quando olhamos para o inicio das séries vemos que Miami dominou em casa, e estava uma equipa confiante e a jogar bem, até que houve a reviravolta no jogo 2 e tudo mudou. A partir daí Dallas era a equipa confiante e Miami via-se que não estava a mesma equipa (principalmente o LeBron ficou muito afectado depois desse jogo). A partir daí os Mavs mostraram-se superiores e os jogadores de Miami não mostravam a mesma vontade de ganhar como os de Dallas, apenas o Wade o mostrava, e assim Dallas ganhou, e repito com toda a justiça (não vale a pena falar de árbitros nem de tretas nenhumas).

    Para a próxima época penso que Miami devia fazer algumas mudanças, e vai fazê-las, mas não pensem que o Steve Nash vem para Miami. Isso seria absolutamente absurdo, já que não é nada do que Miami precisa pois:

    1º É um base que joga com a bola na mão e para isso já eles têm o Wade e o LeBron que por vezes nem se entendem de quem o deve fazer, não precisam de mais um.

    2º É um base que é uma nulidade a defender e iria diminuir muito a qualidade defensiva de Miami.

    3º Acho que o Chalmers mostrou que ele tem de ser titular e tem qualidades ofensivas e defensivas para tal.

    Quanto a outros jogadores, fala-se no Dalembert para Miami, e ele seria uma excelente adição. Precisariam de mais 1 ou 2 jogadores grandes para o frontcourt e de mais um base suplente. O Eddie House, pela sua experiência (já tem um anel) e pela forma como se mostrou disponível a jogar no jogo 6 depois de tanto tempo sem jogar devia ficar.

    Por último as pessoas não deviam crucificar o Mike Miller. Ele é um excelente jogador. É um bom defensor, ressalta, é inteligente e este ano não atirou bem porque teve sucessivas lesões na mão direita.

    Saudações

    ResponderEliminar
  36. pro.benfica14/06/11, 21:35

    Os mavs ganharam bem. Ponto final. Já durante a época regular mostraram que poderiam ganhar a qualquer um.

    LBJ auto-coroou-se de «King»; abandonou uma equipa que lhe deu tudo e a quem ele não deu quase nada (um título de campeão, uma saída que não fosse de mãos a abanar, a informação que os abandonaria em directo na TV, etc.); é infantil (como muito bem disse Dirk), arrogante e despreza os adversários. Compará-lo a Jordan é pura parvoíce. Desde logo, o Voador nunca desistiu como fez LBJ há três anos ou nas finais deste. Mesmo no 6.º jogo, quando tinha de ganhar, teve «n» oportunidades em que estava só e tinha de lançar. O que fez? Borrou os calções e passou a bola? E aí também se vê a experiência de Dirk: há cinco anos, tremeu nos momentos decisivos; desta vez, carregou a equipa aos ombros e, mesmo num jogo em que teve dos piores desempenhos da sua carreira no 1.º período, nos últimos dez minutos, enfiou dez pontos e foi campeão.

    Quanto à história dos árbitros, se não se lembram dos mergulhos de LBJ e DW nesta final, recordem-se dos jogos das finais de 2006/7: DW entrava para o cesto e era sistematicamente falta. No último lançamento do jogo 6, Jet prepara-se para lançar um último triplo e é agarrado e puxado pela camisola nas barbas do árbitro. O que sucedeu? Nada. Os Heat foram campeões.

    O resto é isto: Mavs muito merecidamente campeões. Os outros deverão, no futuro, perder menos tempo com palhaçadas e gozo com os adversários e jogar mais seriamente.

    ResponderEliminar
  37. A equipa de Dallas é campeã e por isso está de parabéns. No que se refere à próxima época espero que Miami mantenha o excelente trio e se reforce de maneira a passar de vice-campeão para campeão.

    ResponderEliminar
  38. Jorge Fernando14/06/11, 23:34

    Miami se quer ser campeã tem que ter um base decente!! Steve Nash ou CP3 seriam o ideal!

    Já não falo em Rondo, Rose, Parker, Westbrook ou Kidd pois esses penso que não saíram das equipas de onde estão...

    Com Mikk Bibby não iram lá!


    Saudações de um fã de Phoenix!!

    ResponderEliminar
  39. Stoudemire14/06/11, 23:39

    1º que o base era ir buscar o tyson chandler, como andam por aí rumore, isso é que era. O base poderia ser o Chamlmers que se revelou bom jogador

    ResponderEliminar
  40. Jorge Fernandes,

    Todos os bases que falas são completamente irreais para a equipa de Miami por duas razões:

    - Salary Cap!

    -Tirando o Kidd, são todos bases que exigem jogar com bola e Miami precisa de um base que não o exija.

    Stoudemire,

    Penso que o Chandler não sairá para Miami, nem Miami o deveria ir buscar, já que ocuparia mais salary cap do que o Dalembert, que também é um excelente jogador, o que liberta mais algum para outros bons jogadores.

    Saudações,

    ResponderEliminar
  41. Jorge Fernando15/06/11, 00:22

    Quais são as tuas alternativas para base Paulinho Costa?

    Quanto ao Salary Cap, no ano passado também era um grande handicap mas foi facilmente ultrapassado!! Se dermos uma vista de olhos pelo roster de Miami vemos que, por exemplo, o Mike Miller ganha 5 Milhões de Dólares! Tentar meter-lo muda trade de modo a "aliviar" a folha salarial e trazer uma bom base era uma das alternativas na minha opinião!

    Saudações a Todos!

    ResponderEliminar
  42. Jorge,

    Então e quem é que tinhas como back-up de SG? Para não falar que com a altura de Miller ele também pode jogar com SF. Miami não pode ter um grande base. Têm o Chalmers, que na minha opinião assenta de forma perfeita na forma de jogar de Miami. Agora têm de ter um backup PG que saiba defender ou então que ataque muito bem (estilo JJ Barea que trás velocidade e pontos do banco).

    ResponderEliminar
  43. Jorge Fernando15/06/11, 00:36

    Eu sempre gostei de ver o Mike Miller a jogar nos Wizards e em Memphis mas ele em Miami não demonstrou todo o seu talento! Eu sei que ele tem um bom jogo exterior mas não resultou em Miami. Alias, acabou a temporada com média por jogo de 5.6 pontos e 1.2 assistências! São números muito baixos para um jogador que "consume" tanto ordenado nos Heat.

    Eu ficaria com o Chalmers como back-up mas reforçaria a posição de SG/PG... De preferência com alguém experiente! Já que, pelo que se viu este ano, a bola ainda queima nas alturas decisivas nas mãos de LeBron. O Fisher dos Lakers, por exemplo. Talvez resultasse em Miami...

    ResponderEliminar
  44. Concordo quando dizes que o Miller não demonstrou todo o seu valor. Mas penso que na próxima época ele vai voltar ao seu nível. Quando um jogador se lesiona na mão por duas vezes na época, ainda por cima na mão com que lança, fica sempre afectado. Ainda assim, com o Bibby a ir embora, Miami precisa de um novo PG. Dependendo das suas características o Spoelstra terá de ver quem será melhor a titular e a vir do banco. Mas continuo a achar que o Chalmers deveria começar a jogar +30 min por jogo na próxima época. Ele tem um bom tiro exterior, é activo na defesa, e vai de certeza ter uma média de roubos de bola de 2 por jogo, ou lá perto. E isso é do que Miami precisa. Defesa e bom tiro exterior principalmente.

    ResponderEliminar
  45. Jorge Fernando15/06/11, 00:56

    Concordo também! Eu com o Chalmers ficaria sem pensar duas vezes. E acho que ele fez por merecer mais minutos. Agora penso que será necessário encontrar um bom substituto para o Bibby!

    O mais certo é teres razão quando dizes que o que encaixaria melhor em Miami seria um base mais do género Kidd. E eu quanto a isso sugiro o Fisher dos Lakers. Que é um base experiente, que não precisa de estar sempre a lançar e com bons mãos. No entanto também acho que, se Miami pudesse escolher, alguém como Steve Nash daria um grande aumento nas suas probabilidades de serem campeões pró ano.

    Mas isto é a minha opinião claro :)

    Saudações!

    ResponderEliminar
  46. Jorge,

    Entendo que deves ser um grande fã dos Suns (tal como o sou, Miami e Suns são as equipas porque torço na NBA) e também do Steve Nash e gostarias que ele ganhasse um anel (novamente também gostaria muito que isso acontecesse já que o Nash é o meu jogador preferido a seguir ao Wade). Ainda assim acho que não seria um bom fit para a forma de jogar de Miami porque não sabe defender nada e porque ele é excelente a meter a bola nas mãos de atiradores e Wade e LeBron são tudo menos atiradores.

    Esta é a minha opinião da forma como vejo o jogo de Miami e o jogo do Steve Nash.

    Saudações,

    ResponderEliminar
  47. pro.benfica15/06/11, 01:19

    Alguém se lembra que o 2.º melhor jogador os Mavs não estava lá?

    ResponderEliminar
  48. pro.benfica15/06/11, 01:21

    Para os fãs dos Heat:

    PG - DWade
    SG - Kobe
    SF - LBJames
    PF - Bosh
    C - DHoward

    Será que, assim, dá para chegar ao título?

    ;)

    ResponderEliminar
  49. Li todas as opinioes com atencao e concordo com a maioria delas.
    Esta temporada chegou ao fim e vamos ver como vai ser a preparacao das equipas parar a proxima epoca.
    Quanto a lebron nao vale a pena bater mais no ceguinho ja disse tudo o que devia dizer sobre ele, facam me é um favor os fans de lebron nao o tratem por king que de king aquele gajo so tem a carteira o resto nem vale a pena comentar.
    Lebron tinha tudo para ser o melhor da historia do jogo mas por culpa própria vai se enterrar, é pena.
    abraco

    ResponderEliminar
  50. Stoudemire15/06/11, 04:31

    pro.benfica, a equipa mais próxima desse calibre só vi os Lakers em 2004 e não chegou. Mas isso é o Kobe, que nunca lhe deram equipa ;)

    ResponderEliminar
  51. para os miami serem campeoes eu tirava o wade o lebron e o bosh e ponha o dirk, chandler e o kidd. looool.

    ResponderEliminar
  52. pro.benfica,

    Como se costuma dizer só faz falta quem lá está e nunca se sabe se a equipa de Dallas jogaria melhor ou pior com ele já que o JJ Barea teria muito menos minutos na rotação bem como o Stevenson.

    Quanto ao line-up que aí metes-te e à pergunta que fizeste. Miami chegou às finais. Achas que precisam de mudar assim tanto para ganharem? Na minha opinião só não ganharam este ano porque cometeram erros devido a terem jogadores com pouca maturidade, entre eles dois do Big Three, LeBron e Bosh, embora LeBron não a devesse demonstrar já que não era a primeira vez nas finais.

    Volto a dizer que acho que Miami é a equipa com maior potencial na liga porque é a única que para melhorar só precisa de role players. E com um base bom a sair do banco (que faça +/- o que o JJ Barea fez por Dallas este ano) e um bom poste (género CHandler ou Dalembert) são os grandes candidatos ao título do próximo ano.

    Saudações,

    ResponderEliminar
  53. Senhor Conde15/06/11, 15:56

    @ Paulinho costa: O pro.benfica estava nitidamente a ser irónico. A maior parte dos fãs de Miami são ainda novos e não sabem o que a nba é. Quem lê os comentários dos miami/lebron lovers neste bloco e entende um pouco do que é a nba só pode passar uns bons momentos a rebolar no chão. Não vos chegou juntarem a melhor equipa da liga ainda sonham com mais grandes nomes?

    Primeiro a nba foi criada para ser competitiva e é por isso que foi criado o salary cap; caso acontecesse algo como aconteceu com a junção dos big babys outra vez mais equipas acabavam sem hipótese de competir. Melhor sem vontade de se reconstruir - caso não se lembrem o Lebron teve a atitude mais rasca de sempre ao anunciar a partida num programa de televisão, saída essa sem dar qualquer hipótese a cleveland e deixando estes na m*rda. Vocês andam a sonhar muito com o futebol e depois pensam que na nba deve ser assim. Real Madrid style.

    Segundo quem conhece a nba sabe que não há soluções instantâneas. Não é pegar nos melhores jogadores e já está. Eu não queria dizer isto não vá eles ouvirem mas para os chorões ganharem um título e miami ter a grande equipa era preciso alguém ao jeito de Rodman para dar show e tirar as câmaras de cima dos outros.

    O único problema é o lebron não deixar. É que assim passava a aparecer menos tempo em frente às câmaras e a mostrar toda a sua superioridade e arrogância em relação aos outros.

    ResponderEliminar
  54. João Lemos15/06/11, 16:18

    Sim, claro que ele estava a ser irónico como é óbvio mas ele pode descansar que não precisará nada daquilo para serem campeões alguns anos, precisa apenas uns pequenos ajustes e tal como já falaram aqui, se calhar um treinador melhor. Também falam da atitude do LeBron em anunciar a sua decisão na TV... ao menos sabem se foi ele que quis anunciar na TV? Ou se foi pedido por algúem ou ordenado pelos Miami? Se souberem então aí concordo no que falam no aspecto da atitude mas desconfio que saibam e acho que tanto o Paulinho Costa como os outros entenderam que era ironia e gozo como quem diz que aqueles três não chegam e não sabem o suficiente, vamos a ver se assim será no futuro ;), embora haja mais equipas que terão muito a dizer :)

    Saudações

    ResponderEliminar
  55. Stoudemire15/06/11, 16:38

    Falam tanto do Lebron, do show na tv, mais não sei quê, que é muito reprovável e que por isso não querem que ele ganhe.
    Mas depois dizem que Dallas merece o ano por causa do Dirk ( tudo bem), e do Jason Kidd (divórcio por bater na mulher), ora bem posto isto imagino que o que o Lebron fez seja mais reprovável que isto, por que se fosse o Lebron meu deus, o que seria. Já agora, o Kobe traiu a mulher, mas o que é reprovável é tudo o que o Lebron faz, e assim arranjam-se desculpas para os Haters.

    ResponderEliminar
  56. Stoudemire15/06/11, 16:40

    Senhor Conde, eu por acaso não sou fã de Miami, mas sim do Lebron, como tal as 2 coisas misturam-se.
    Agora diz-me de quem é que és fã?

    ResponderEliminar
  57. Senhor Conde15/06/11, 16:48

    Sigo a nba há 29 anos, vejo desde que começou a haver transmissões regulares, e também eu já fui um adepto fervoroso do lebron - e ainda aprecio o que traz à nba no que a qualidade diz respeito - mas nos últimos anos e depois daquela eliminação contra orlando revelou-se muito imaturo. Devia crescer com a idade - como Jordan fez - e não tornar-se ainda mais imaturo. Recordam-se do Iverson? Lebron corre sérios riscos de se tornar um Iverson. A única diferença é que o Iverson nunca teve esta mega equipa, mas morreu pelas próprias mãos por ser nada mais que um miúdo em busca de dinheiro e protagonismo. E isso revela o carácter de um jogador.

    Sabem o que aconteceu com Jordan? Para estes mais novos, fãs incondicionais de Lebron e Miami deviam conhecer mais sobre o maior de todos os tempos. E talvez percebam porque falámos de Kevin Durant como o verdadeiro próximo Jordan.
    Só quando percebeu que jogar em equipa era mais que passar umas bolas mas sim treinar com muita dedicação, fazer os colegas evoluir, corrigi-los, incentivá-los e dar o exemplo é que passou a ganhar campeonatos. é que até lá ninguém gostava de jogar com ele.

    Só para terem ideia: Um dia lembrou-se e passou no final do treino a correr umas tantas voltas. Os colegas pensaram este gajo está maluco, depois de se esforçar ao máximo no treino ainda vai correr? Passado uns dias todos o faziam.

    João é o protagonismo exagerado que Lebron quer com as suas acções fora de campo que está em causa. Evidente que uma equipa como Miami, que estava já muito grata por 3 dos maiores jogadores da liga descerem os seus salários para jogarem na mesma equipa, não pediu para ele fazer um freak show na televisão pública. e Deixar os cleveland sem hipótese de o trocar (já que muitos vivem de exemplos com futebol imaginem o que era o Messi no Barcelona deixar acabar o contrato, não o querer renovar, e ser transferido a custo zero para o Real!)

    Foi ele que quis.

    Se ele crescer e fizer crescer os Miami teremos um grande para ficar ao lado do MJ. Se não o fizer acaba ao lado do Iverson, Carmelo etc.

    ResponderEliminar
  58. Stoudemire15/06/11, 17:01

    Senhor Conde esteja descansado, que nem todos os seguidores de Lebron e de Miami, não conhecem a história da competição.
    Quanto ao Jordan, o que ele tem a ver com isto? É o maior e ponto final, porquê que quando se fala no Lebron tem que vir o Jordan?

    ResponderEliminar
  59. Senhor Conde15/06/11, 17:02

    Stoudemire,

    Sou fã do basquetebol e da nba.
    Do basquetebol porque é a verdadeira modalidade sem idade, com muita táctica e imprevisível, onde para verem a riqueza, tanto se vence por se defender bem como por atacar bem.
    Da nba porque sempre se manteve algo minimamente competitivo e que dá gosto todos os anos acompanhar.

    Sou fã do bom basquetebol. Mesmo que tenha em tempos sido fã dos NYK - como imaginas, com estas últimas atitudes de NYK cada vez menos - as coisas foram mudando, e percebi que o que dava interesse ver era a nba em si e que mesmo quando eles não jogavam estava tudo bem, o prazer em ver o grande desporto continuava lá.

    Quanto a esses jogadores e esses maus exemplos sim tens razão,Kidd e Kobe não são santos e se calhar são ainda piores que o Lebron nesse aspecto.

    ResponderEliminar
  60. Stoudemire15/06/11, 17:04

    Como é que ele podia ser trocado? Então acabou a fase regular em 1º, e ia ser trocado nessa altura, antes dos playoff? Não teria de esperar para ver o que aconteceria lol?
    Porquê que não censuras também os Cavs por nunca lhe terem dado condições para ganhar?

    ResponderEliminar
  61. Stoudemire15/06/11, 17:08

    Os NYK, era terem esperado até agora e teriam uma grande equipa para o ano, com o Stoudemire, os bons jogadores que mandaram para Denver, mais as draft picks que cederam, e agora sim o Carmelo a "custo 0".

    ResponderEliminar
  62. Quando uma equipa perde, a tendência é adoptar uma visão redutora e desvalorizar os seus jogadores por causa desse momento. No entanto acho que Lebron James é o segundo melhor jogador da história recente desta modalidade, só atrás do incontestável Jordan, e é mais do que provável que James ganhe pelo menos um título proximamente.

    ResponderEliminar
  63. Senhor Conde,

    Não me referi ao line-up mas sei claramente que o pro.benfica estava a ser irónico, dado que sei as noções básicas do salary cap da NBA e o que implica. E por isso referi que Miami tinha tudo para serem campeões para o ano que vem, basta fazerem alguns pequenos ajustes. E quando digo alguns ajustes não é sonhar com grandes nomes (CP3 etc.. como já referiram) mas sim como jogadores como o Dalembert, Chandler, Kwhame Brown e um base decente (que não sei de momento quais estão em free agents).

    Quando te referes aos "novos adeptos de Miami" digo-te que claramente não sou um deles. Desde 2008 que acompanho regularmente a NBA (dado que também só tenho 17 anos ;)) e desde então sempre fui um fã das equipas dos meus dois jogadores preferidos: Dwyane Wade (Miami) e Steve Nash (Phoenix).

    Não vou entrar na discussão LeBron James, que realmente já enjoa um pouco, apenas vou concordar contigo quando dizes que ele se deveria concentrar mais no seu jogo.

    Saudações :)

    ResponderEliminar
  64. Senhor Conde15/06/11, 17:18

    Quanto ao Jordan é um elogio a Lebron, nós que não gostámos da personalidade dele todos sabemos reconhecer o enorme valor dele. E acreditem que nem mesmo o Jordan conseguia por em campo e tão regularmente o que Lebron pôs em épocas consecutivas com os cavs. Lebron em termos de capacidade está ao nível do Jordan (se não acima!) e a comparação tem de ser sempre feita. Só que não te esqueças, o Jordan disse muito bem quando era mais novo: para evoluíres muito e ser o melhor tens de ser egoísta, quando chegas lá cima tens de te manter em contacto.

    O que realmente nos chateia é que Lebron teria o seu tempo em Cleveland e um anel pelos cavs chegaria para o meter acima do maior de todos os tempos. Seria o herói em Cleveland. Faziam-lhe uma estátua, duas, três! Claro que os cavs precisavam de melhor equipa mas era assim tão fraca? o Lebron é que não acreditava em metade deles. Tal como o Jordan antes de aprender. Os Bulls não eram bons desde o início, tornaram-se bons com o passar dos anos.

    O Lebron poderia assinar extensão e ser então trocado, nem que fosse por um punhado de jogadores mais fracos mas com futuro, sempre deixava algo em Cleveland. o Carmelo não queria deixar os Denver de mãos a abanar caso contrário não comunicava a vontade de sair. Se não ia para um lado do rio ia para o outro.

    Mas essa ideia é um cancro que deve ser tratado: não é de todo correcta a atitude de ir buscar os grandes jogadores em final do contrato a equipas sem pagar preço algum, não é o espírito da nba. E se acompanhas o interior da nba sabes como os gestores da nba ficaram muito chateados com a situação e estão a trabalhar em futuras medidas para proteger as equipas.

    ResponderEliminar
  65. Stoudemire15/06/11, 17:24

    Claro que sim, vão aplicar medidas. Eu defender aqui o Lebron, não quer dizer que tenha gostado que tivesse ido para Miami, preferia que fosse para outra onde não existisse outro eucalipto(Wade),o que eu gostava mesmo é que tivesse ido para Orlando. Mas ele não infringiu nenhuma regra, portanto estava no seu direito. Agora compete aos responsáveis prevenir essas situações no futuro, até porque algumas equipas parecem querer copiar o modelo com o NYK.

    ResponderEliminar
  66. Senhor Conde15/06/11, 17:33

    Não infringiu nenhuma regra mas foi por um atalho. E grandes jogadores não tomam atalhos, é como recorrer ao doping ou ao mesmo nível. Pelo menos na nba é assim pois a nba é feita assim mesmo,para ser competitiva.

    Bom era que ele tivesse ficado em Cleveland. E Cleveland não precisava de muito, bastava que ele tomasse consciência do seu papel. Tinha a sua equipa - e não a equipa do Wade - e ganhando um título lá seria o maior de sempre. Assim por muito bem que ele faça ficará sempre na história 'a traição' que fez.

    ResponderEliminar
  67. Black Mamba15/06/11, 17:33

    Lebron é hype, e o MJ concorda comigo - http://youtu.be/pOsamobHeMc - de resto, quando o Lebron tiver alguns títulos de campeão, pelo menos 3 podem começar as comparações. Até lá muita sopinha tem de comer para merecer sequer ter o nome pronunciado ao lado do do Kobe.

    ResponderEliminar
  68. Stoudemire15/06/11, 17:41

    Em Cleveland não precisava e muito? Olhe que não vejo isso assim, então daquela equipa diga-me alguém que seja sequer titular na sua equipa actual? O ano passado, o grande "reforço" foi o Jamisson, UAU. Ilgauskas TITULAR, sejamos honestos quando numa equipa quer ser campeã e joga Ilgauskas a titular.. Felizmente o Spoelstra deixou de apostar nele.

    ResponderEliminar
  69. Stoudemire15/06/11, 17:45

    Black Mamba se o que apontam ao Lebron, é agora ser ajudado, então não me venhas com o Kobe, que ajuda foi o nunca lhe faltou, além da birrinha de não querer ir para New Orleans, que só queria LA(pudera), aí veríamos os anéis que ele teria com essa grande equipa, ao nível aí sim dos Cavs

    ResponderEliminar
  70. Senhor Conde15/06/11, 18:04

    Varejao foi crescendo ao longo do tempo, Mo Williams tinha muita importância. Hickson um jogador com futuro. Não tinha uma equipa forte? Verdade. Faltava um lançador e um poste, ou apenas faltasse um treinador com mais capacidade - essencialmente com mais força para dar na cabeça do Lebron, o mesmo que acontece com o Spoelstra - e o Lebron trabalhar os seus colegas. Mas vamos ver que as apostas em Jamison e Shaq foram uns flops mas que foram por indicação do Lebron também.

    Um jogador como o Ilgauskas não é mau. Basta saber trabalhar com as peças que se tem. Se montar a estratégia para fazer um base contrário esbarrar num muro de 2,21 as coisas mudam. Repara que o Dwight Howard num jogo um para um perderia com um Wade com menos 20 cm. E é o melhor defesa da liga, e o melhor poste. Acontece que o é porque cumpre o seu papel, e o resto da equipa também o faz.

    Quando jogava nunca me apercebi disso e por isso nunca consegui ganhar nada. Quando comecei a treinar comecei a aperceber-me que uma equipa é forte quando trabalham todos e a estratégia faz esconder os pontos fracos dos jogadores.

    ResponderEliminar
  71. João Lemos15/06/11, 19:47

    Devem ter feito uma investigação pormenorizada ou então perguntaram ao LeBron por mail ou telefonema se ele é que quis por si anunciar a sua decisão na TV lol dão palpites e fazem deles verdades absolutas, ta-se bem :)

    ResponderEliminar
  72. João, o Lebron marcou o programa umas semanas antes e ele próprio disse que nessa semana a seguir até chegou a sentir-se nos bulls...Como poderia ser Miami a obrigá-lo se ainda não o tinha contratado?

    ResponderEliminar
  73. Sem querer tomar partido nesta discussão Lebron vs Kobe (fica para um post um dia destes), é um facto que a ideia do anúncio da decisão em directo na televisão foi de Lebron e dos seus assessores. Foi noticiado na altura pela própria ESPN, que foram contactados pelos colaboradores de Lebron a propor o programa especial. E, segundo também noticiado na altura, os Heat só conheceram a decisão de Lebron imediatamente antes do directo, pelo que não poderia ter sido deles a ideia.

    ResponderEliminar
  74. João Lemos15/06/11, 21:42

    Continuo a achar que isso não foi ideia dele mas pronto, vocês lá sabem. Muita gente teria interesse em que ele anunciasse a sua decisão na TV e a parte dos Heat só conhecerem a decisão do LeBron um pouco antes do directo parece-me um "calhau" dos grandes mas ok lol.

    ResponderEliminar
  75. Aposto que o Márcio vai escolher o Kobe :p

    Volto a referir que tenho pena que comparem sempre os melhores com o LeBron e não com o Wade, que já mostrou ser melhor que o LeBron, na minha opinião.

    Saudações

    ResponderEliminar
  76. PS: Não diria melhor, mas que já mostrou mais que o LeBron.

    ResponderEliminar
  77. e os celtics, na vossa opinião que precisam eles na proxima epoca pra la chegar?:) abraços

    ResponderEliminar
  78. O trio Garnett, Pierce e Allen terá uma idade média de 35 anos por isso precisará de maior protagonismo de outros jogadores mais jovens certamente.

    ResponderEliminar
  79. Pois, secalhar ajudava. Embora o Garnett seja dos meus jogadores preferidos e o allen um senhor jogador. O rondo tem uma energia, muito bom! Vamos a ver, espero que façam algo de positivo, acho que têm, e podem vir a ter ainda mais, equipa para chegar as finals!

    ResponderEliminar
  80. Se Miami conseguir um poste bom, os Celtics não têm qualquer hipótese de voltar às finais na minha opinião. Nos playoffs, a capacidade atlética dos jogadores de Miami sobrepõem-se ao jogo dos Celtics, na minha opinião, sendo que defendem melhor que os Celtics e conseguem também atacar melhor. E lembrem-se que o Wade nos playoffs contra os Celtics é imparável. Basta ver os números deste ano e do ano passado. Não têm resposta para ele.

    Saudações,

    ResponderEliminar
  81. Lebron vs kobe?? eu sou como o michael jordan ambos preferimos o kobe sem duvida..

    ResponderEliminar
  82. João Lemos16/06/11, 13:34

    Outra vez XD lool

    ResponderEliminar
  83. Os Lakers também têm uma excelente equipa e basta-lhes alguns ajustes (na posição de base por exemplo) para voltarem a ser sérios candidatos ao título. No caso de Miami precisam de mais alguns ajustes (poste e base) para voltarem a ser uma séria ameaça. No caso dos Celtics parece-me que vão entrar numa fase descendente, principalmente porque a mair parte dos seus jogadores mais influentes já serem demasiado veteranos.

    ResponderEliminar