2.5.13

Orgulho Verde


Os Knicks responderam à chamada de Kenyon Martin e todos chegaram de preto, para o funeral dos Celtics...


... mas saíram-lhes furados os planos, porque os verdes de Boston recusam-se a morrer. E que alma e que coração que esta equipa tem! Independentemente do que aconteça até ao fim desta série, sejam eliminados ou consigam fazer história e ser a primeira equipa a virar um 0-3, esta equipa já deixou a sua marca nestes playoffs de 2013.

Podiam ter baixado os braços aos 0-3, podiam ter-se rendido, ter-se resignado que a temporada estava acabada, era fácil, era o que muitas equipas fariam (foi o que uma equipa sem alma e coração, como os Bucks, fez naquele patético e amorfo jogo 4). Mas não os Celtics. Não Paul Pierce. Não Kevin Garnett. Como resumiu o veterano poste depois do jogo de ontem, "estamos a escavar, a lutar pela sobrevivência. Cada jogo é como um jogo 7 e estamos a agarrar tudo o que conseguimos. (...) Não há truques, não há nada, eles sabem o que nós vamos executar, nós sabemos o que eles vão executar, agora é só quem quer mais":


E ninguém quer mais que os Celtics. Neste momento não interessa se têm equipa para lutar pelo título, se as suas estrelas estão no ocaso das suas carreiras, se estão apenas a adiar o inevitável (a eliminação e o fim desta era), porque esta alma, esta garra, esta determinação e esta recusa em perder, são um exemplo para todas as equipas. Da NBA e do mundo.

E fazerem história e serem a primeira equipa na história a virar um 0-3 parece mais possível que nunca.
Com o decorrer da série, os Celtics estão a jogar (e a defender) cada vez melhor e os Knicks estão cada vez mais previsíveis e cada vez a recorrer mais a jogadas de isolamento. Se na temporada regular já foram a equipa que recorreu mais vezes a este tipo de jogadas (em 16% dos ataques), nos playoffs têm usado e abusado desse jogo (27% dos ataques!). E, com os Celtics já à espera disso, começa a ser cada vez menos eficaz (.

Os Celtics ainda estão vivos. E vão espernear e dar tudo até ao último sopro. É isso que os campeões fazem.

7 comentários:

  1. Sinceramente achei uma falta de respeito para com os Celtics a "mariquice" de irem vestidos de preto po funeral... thanks god que lhes saiu o tiro pela culatra..! Deveriam ir outra vez de preto, no jogo 6... patético! Carrega Boston!

    ResponderEliminar
  2. Parabens Marcio, conseguiste com este texto mostrar a alma e coração dos Celtics.
    Que orgulho ser adepto ferrenho dos Celtics, independentemente do que aconteça até ao fim. CELTICS ALL THE WAY

    ResponderEliminar
  3. É por isto que eu sou fã dos Celtics. Esta garra, este querer e nunca desistir é o que mais gosto da mística dos Celtics. Como diz o texto aos 3-0 podiam muito bem ter desistido, (como fizeram os Bucks, ou os Lakers(se bem que os Lakers foi um bocadinho diferente)), mas aí entregaram-se ainda mais. Não acredito que consigam ganhar a série, mas a determinação e a maneira como se entregam em cada jogada é de louvar. Celtics sempre.

    Curioso que outra equipa que podia muito bem ter desistido ao 3-0 eram os Rockets, mas também conseguiram por a série a 3-2. E quem é o treinador dos Rockets? Uma das lendas dos Celtics: o grande McHale. (Se bem que no caso dos Rockets deve-se muito à lesão do Westbrook, ainda assim ``a que dar mérito à equipa)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que ou os Rockets ou os Celtics vão quebrar a stat de nenhuma equipa ter recuperado de um 3-0 para vencer a série.

      Eliminar
  4. E é exactamente por isto que eu sou adepto dos Celtics! Excelente texto Márcio.

    Quanto ás roupas de funeral dos Knicks nem merecem qualquer comentário.

    ResponderEliminar
  5. Os Celtics lembram-me os vilões dos filmes de terror, ou secalhar dos heróis dos filmes de acção...por mais porrada que levem, arranjam sempre uma forma quase "irrealista" de não morrer e levantam-se vez após vez, frustrando os adversários. Que coração incrível têm estes Celtics, quase que personificando o seu líder, Kevin Garnett.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso sim uma equipa com coração... que deixa tudo em campo. N desiste nem abandona o jogo (Lakers)... KG, Paul Pierce personificam uma equipa e qq 1 teria orgulho de os ter na sua equipa (se bem q dizem q KG e Jason Terry n são flor q se cheire, a verdade é q deixam tudo em campo, joguem bem ou mal). E isto tudo sem Rondo...
      E o q fizeram os Lakers? Praticamente entregaram a série no último jogo com Howard (ou devia dizer Coward) a ser expulso pq n lhe devia apetecer jogar mais...
      Bem, de qq forma, pelo menos Bynum foi-se embora...

      Eliminar