6.6.13

Heat x Spurs - a nossa previsão


LeBron James guardou na memória a imagem dos San Antonio Spurs a comemorarem o título na casa da sua equipa. "Eles ganharam-nos no nosso pavilhão, celebraram no nosso pavilhão. Não me esqueco disso. Como competidor não o deves fazer. Nunca te deves esquecer disso." Em 2007, os Spurs varreram, sem grandes dificuldades, os Cavs em 4 jogos e agora James quer vingar-se dessa derrota. A questão é (uma das várias questões destas Finais): será que vai conseguir? 


Em 2007, LeBron não era o mesmo jogador. Era já um dos melhores jogadores da liga e uma das suas maiores forças da natureza, mas não era ainda tão bom jogador como agora. Há 6 anos, LeBron não era tão bom lançador e o seu jogo dependia muito das penetrações (algo que os Spurs exploraram muito bem, dando-lhe espaço e obrigando-o a lançar de fora). Defender LeBron em 2013 será muito mais difícil.

E as equipas que vão estar em campo também não são as mesmas. Enquanto os Spurs, mantém a mesma estrutura dessa equipa campeã de 2007 (o mesmo treinador, o mesmo trio de Duncan, Parker e Ginobili - mas mais velhos -, com jogadores complementares a rodeá-los - outros jogadores, mas com papéis semelhantes), do outro lado está uma equipa dos Heat muito melhor que esses Cavs (que não tinham, nem de perto, nem de longe, o mesmo talento ou a mesma experiência).

E um treinador melhor que Mike Brown. O ex-treinador dos Cavs não era (não é) mau treinador, mas sempre foi um treinador melhor nos esquemas defensivos do que nos ofensivos. O ataque desses Cavs de 2007 era bastante básico e ultra-dependente de James e, nessa série, Popovich ganhou a batalha dos bancos por KO.

Desta vez, essa batalha será, tal como a série, muito mais equilibrada. Porque Spoelstra pode não estar ainda no mesmo nível de Popovich, mas é um excelente treinador, que tem feito um excelente trabalho em Miami e que não recebe o crédito devido por isso. E não levará um banho de Popovich. É claro que o velho Pop tem muitos truques na manga, sacará seguramente deles e poderá levar vantagem nesta batalha, mas acreditamos que será mais equilibrada do que se pensa.

Não teremos, por isso, um sweep dos Spurs desta vez. Não, desta vez temos duas equipas experientes (os Spurs mais, mas é a terceira vez consecutiva que os Heat estão aqui e já passaram por quase tudo também), com muitas soluções, com muitos jogadores que podem contribuir e muito bem dirigidas. O que cada uma delas terá então de fazer para levar o troféu Larry O'Brien para casa?


O que os Heat precisam:

- Defender ainda melhor do que fizeram nos jogos 5 e 7 das finais de conferência, porque Tony Parker não é George Hill e consegue ultrapassar melhor a pressão e os 2x1 nos pick and rolls; e os Spurs movimentam muito melhor a bola no ataque que os Pacers; e Duncan no bloco pode não ser a mesma força que Roy Hibbert, mas tem muitos mais recursos; e Splitter a desfazer no pick and roll é muito melhor que qualquer um dos bigs dos Pacers;

Se contra os Pacers precisaram do esforço dos cincos jogadores na defesa para vencer aqueles jogos, contra os Spurs isso é obrigatório em todos os jogos; 
Uma defesa de topo é a única hipótese para conseguirem contrariar a execução dos Spurs em meio campo.

- Usar o atleticismo a seu favor, forçar turnovers e correr; têm de conseguir impôr o seu ritmo de jogo e contra-atacar.

- Equilibrar a luta nas tabelas (essa será sempre uma questão para esta equipa)

- De Wade e Bosh (mais ainda de Bosh, que tem de explorar a menor mobilidade dos defensores inteirores dos Spurs; e precisam que ele acerte os seus lançamentos para retirar defensores da área restritiva), para não serem os Cavs de 2007

- De mais alguém (pode ser um diferente todos os jogos, mas mais alguém terá de contribuir em cada jogo)



O que os Spurs precisam:

- Manter o jogo ao seu ritmo e executar bem no ataque em meio campo; contra a defesa pressionante no perímetro que os Heat utilizam, a movimentação de bola (e dos jogadores sem bola) será fundamental.

- Atacar o cesto e que Tony Parker explore uma das fraquezas da defesa exterior dos Heat: a defesa a bases rápidos e agressivos; o desmontar da defesa dos Heat terá de começar com Parker e com as suas decisões no pick and roll; com as penetrações de Parker podem também explorar as deficiências defensivas dos Heat no interior (aqui terão de alternar ora com as penetrações de Parker e Ginobili, ora com o jogo a poste baixo de Duncan).

- Que Kawhi Leonard invoque o seu Bruce Bowen interior e defenda LeBron James pelo menos tão bem como Paul George conseguiu.

- Que Duncan invoque o seu Roy Hibbert interior e consiga defender bem o cesto (Duncan é bom nesse papel, mas não tão bom como já foi e não tão bom como Hibbert é actualmente), senão os defesas dos Spurs terão de ajudar mais, o que dará mais espaço aos atiradores dos Heat.


O que pode desequilibrar para um dos lados:

Do lado dos Spurs, Bonner e Diaw não terão a mesma vantagem que tiveram frente aos bigs de Memphis, pelo que esses desequilíbrios serão mais difíceis de criar contra os Heat, por isso vamos dizer: Manu Ginobili. O argentino já não é o mesmo jogador de há uns anos, não tem estado no topo de forma nestes playoffs e já não é uma ameaça constante para 48 minutos (ou para uma série inteira). Mas um jogo (ou dois) que carbure pode fazer a diferença.

Do lado dos Heat: qualquer jogador não chamado James, Wade e Bosh.


Os Spurs não colocarão os mesmos problemas aos Heat que os Pacers. Mas isso não quer dizer que colocarão menos problemas, apenas que colocarão problemas diferentes. Enquanto os jogadores interiores dos Pacers eram mais altos e mais físicos, os dos Spurs são melhores tecnicamente e mais versáteis. Irão colocar problemas diferentes à defesa interior de Miami, assim como o fará todo o ataque de San Antonio.

Mas a defesa dos Spurs também não é tão boa como a dos Pacers, pelo que o ataque dos Heat lhes colocará mais problemas. Com Hibbert a defender o cesto, os defensores do perímetro dos Pacers não tinham de ajudar tanto e conseguiam defender melhor a linha de três pontos. San Antonio poderá ter mais dificuldades em fazer isso e em defender o interior e o exterior. A defesa dos Spurs pode compensar isso com melhor rotação defensiva (algo que os Pacers não eram obrigados a fazer tanto), mas será o seu  maior desafio nesta série.

Por tudo isto, a nossa aposta vai para uma final muito renhida, com duas equipas que se equiparam, com muitos ajustes tácticos ao longo da série e uma batalha por cada centímetro de campo. Numa série à partida tão equilibrada e em que as equipas se equiparam tanto, é muito difícil fazer previsões. Pois (e isto é um lugar comum, mas é verdade), um detalhe pode desequilibrar a balança para um dos lados. Mas ter o melhor jogador do mundo pode fazer essa diferença. É por isso que a nossa aposta é Heat em 7.

22 comentários:

  1. da maneira que os jogos tao emparelhados em 2-3-1-1 acho q não vai a 7 jogos

    ResponderEliminar
  2. Hugo Gonçalves06/06/13, 23:33

    Styles make matches!

    Embora seja consensual afirmar que os Spurs são melhores que os Pacers, os Pacers representavam exactamente as maiores dificuldades que os Heat poderiam enfrentar.

    A dupla Hibbert/West era um pesadelo pela imponência física, além de que toda a equipa defende muito bem e todos os jogadores são detentores de uma grande capacidade física.

    Discordo que o problema "Tony Parker" apresente a mesma magnitude.

    "uma das fraquezas da defesa exterior dos Heat: a defesa a bases rápidos e agressivos;"

    Quero relembrar que o ano passado foi uma limpeza contra Westbrook e Harden...Haveria dupla mais rápida e agressiva?

    Parker vai causar problemas, claro, é um jogador de elite, mas LeBron vai defendê-lo, Wade tb, e não estou a imaginar Ginobili a ser um factor assim tão determinante, nesta fase da carreira.

    Wade vai fazer uma grande final porque é realmente demais para o Danny Green! Aponto para uma média superior a 20ppg.

    Bosh também terá uma série melhor uma vez que os seus adversários directos não são tão poderosos fisicamente.

    Em suma, não concordo que vá ser uma final assim tão equilibrada.

    ResponderEliminar
  3. Grande vitória dos Spurs, podia ter caído pra qualquer lado o jogo mas o Duncan e o Parker foram determinantes mais aqueles 2 triplos do Neal a dar a sapatada no 4 período.

    A inteligência desta equipa é qualquer coisa incrível. Vão ser bons jogos, vamos a ver quem responde melhor fisicamente ao desgaste.

    ResponderEliminar
  4. Miami perdeu o campeonato neste primeiro jogo. Tenho pena que o tenham perdido assim por falta de mentalidade. Os Heat só defendem bem quando querem, que é quando estão em situações críticas, senão não sabem ter atitude no jogo. Não conseguem fazer dois jogos seguidos, a nivel defensivo, de excelente qualidade e isso não se admite numa equipa com estes recursos. Pensaram que contra os Spurs defender só um jogo ou outro ia resultar e agora chapéu. Uma equipa como os Spurs, com um treinador daqueles, já a sacar o primeiro jogo fora, tendo mais tarde três seguidos em casa, não perde este campeonato, e é bom que os Miami ganhem o 2 em casa, senão arriscam-se a um sweepzinho, que para uma equipa daquelas fica um pouco mal...lol

    ResponderEliminar
  5. Alguém falou em sweap? Hum...as coisas não começaram bem lá para os lados de Southbeach.
    Vamos ver como acabam....

    ResponderEliminar
  6. 4-2 para os Spurs, como já tinha dito.

    ResponderEliminar
  7. Sim, falei em sweep, é possível. Os Miami precisavam de ter 2 0 de vantagem na ida para San Antonio e terminavam a série na volta para Miami. Oxalá esteja errado, mas Miami não tem inteligência táctica e colectiva para eles e em San Antonio a vida é muito dura para os adversários.

    ResponderEliminar
  8. Stoudemire07/06/13, 16:03

    Overeaction para variar. Quando ganham já são campeões, quando perdem já não prestam. O que tenho visto é que os mesmos que em Janeiro! diziam que os Miami já eram campeões são os mesmos a enterrá-los à partida para as finais. Tenham calma...

    ResponderEliminar
  9. O Bosh e o Ginobili são os 2 jogadores que podem desiquilibrar a série.
    Se o Bosh continuar a jogar assim (que é o mais provável) acho que vai ser muito complicado para Miami.
    O Ginobili pode já não ser novo mas a qualquer momento pode ter "rasgos" perfeitamente decisivos.
    Ainda por cima os Spurs depois do descanso ainda continuam com frescura física para um 2-0.

    ResponderEliminar
  10. Hidrologic07/06/13, 17:12

    Hertz dB e Nuno

    Depois deste primeiro jogo tenho a certeza que os Heat vão ser campeões, e é se não fizerem mesmo igual ao que os Lakers fizeram aos Sixers em 2001, e não é dificil entender porquê...Os Spurs a jogarem frescos e ao seu melhor nivel venceram apenas por 4 pontos uma equipa que jogou mal, principalmente a defender, que teve um LeBron com apenas 18 pontos apesar do bom jogo que fez, e que teve a infelicidade doe ter levado um chouriço do Parker nos últimos segundos. Ou seja, os Heat se melhorarem um bocado (nem digo jogarem ao melhor nivel) a defender (até tiveram bem nos ressaltos), se conseguirem desenvolver o seu jogo rápido com transições, e se os atiradores tiverem com alguma pontaria, é coisa para esta série ser virada para 4-1, mas mesmo que percam o próximo eu continuo a acreditar. Esta equipa quando se vê apertada e com enorme pressão é capaz de tudo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. bem, n tenho feito previsões pq achei q era 1 série demasiado difícil de prever mas pondo a possibilidade dos Heat perderem o próximo jogo como puseste aí quem te dá certeza que os Heat n ganham sou eu. 2-0 e 3 jogos em casa para os Spurs? Seria 1 grande acontecimento uma recuperação destas, ainda para mais com Pop do outro lado a puxar pelos pontos fracos de Miami.
      Em relação ao jogo de ontem Miami n jogou mal, os Spurs é q foram melhores. Lebron teve "apenas" 18 pts mas teve tb 18 ressaltos (e 10 assistências!!). É normal q tenha mais pts no próximo jogo mas dificilmente repitirá os 18 ressaltos. E este é 1 grande problema para Miami. Vá lá q os Spurs n são os Pacers mas com certeza têm melhor aproveitamento por cada ressalto ganho. Sem contar q Wade teve 1 jogo melhorzinho do q (acho) qq 1 da série anterior. E falares dos atiradores terem pontaria, dos Heat jogarem bem na defesa qdo Ray Allen q tem estado mal nos playoffs fez 1 bom jogo, qdo são a pior equipa a ressaltar e têm mais 9 ressaltos q a outra equipa...

      Qto ao "chouriço" do Parker para mim foi 1 grande jogada! Incrível como dps daquilo tudo ele ainda tem a frieza de se levantar, virar-se para o cesto, pôr o lebron a voar, passar por baixo e ainda fazer o ponto com o clock a expirar. Clutch as hell...

      A verdade é q a série só está 1-0 mas o próximo jogo é crucial na minha opinião para os Heat. Se já n é bom entrar a perder em casa, levar com o 2-0 era 1 espécie de "finish him" na minha opinião. Já 1-1 podia causar o efeito contrário e Miami ficar inspirada para o resto da série

      Eliminar
    2. Hidrologic07/06/13, 20:53

      O jogo que o Wade fez ontem foi melhor que o 7º contra os Pacers? lol ta-se...

      Eliminar
    3. Penso que independentemente do lance do parker o jogo iria de qualquer maneira para os Spurs (e ainda bem porque quero que estes ganhem). Os heat não perderam o jogo aí. Aliás os Heat fizeram um jogo muito bom. Nestes playoffs e só não vi os jogos com os bucks porque a partir daí tive que ver porque se meteram no meu caminho :)foi dos melhores jogos que vi dos heat em 3 pontos e dos melhores jogos do Wade. Lebron fez menos pontos mas estes 2 factores estiveram bem melhor. Ainda é muito cedo para dizer quem vai ganhar mas por ora os spurs têm o favoritismo

      Eliminar
  11. Realmente Stoudemire, que mania que o pessoal tem de dramatizar, até parece que não acompanham realmente basquete. Se há desporto que é imprevisível é este. Aposto que nunca vêem aquelas recuperações de 20+ pontos, devem sempre desistir de ver os jogos a meio :P

    Hidrologic: estar a comparar estas finais com as de 2001... nem sei o que dizer...
    Estas são actualmente as 2 melhores equipas da NBA. Têm experiência, são versáteis, têm excelentes treinadores, têm jogadores que podem fazer a diferença a qualquer momento. E já o eram o ano passado, os Spurs terem perdido aqueles 4 jogos seguidos com os Thunder foi definitivamente surpreendente, se bem que parece-me uma grande razão para que não voltem a deixar isso acontecer. Neste jogo nem jogaram ao seu melhor nível, até lançaram pior que os Heat. Não vi nada que mostre que alguma das equipas tem vantagem sobre a outra; de certeza que os Heat vão tentar corrigir as deficiências que apresentaram neste jogo e entrar com mais intensidade e os Spurs vão vir preparados para isso e vão estar eles próprios com outro ritmo de jogo e entrosamento depois da paragem prolongada.


    ps: prevejo 20 (ou mais) lances livres para o Lebron no 2º jogo LOL

    ps2: já agora Márcio, o Hill tem direito a post e o Kidd não? :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão, estou a dever um post ao Jason Kidd! Corrigirei isso assim que tiver oportunidade! ;)

      Eliminar
    2. Hidrologic07/06/13, 20:57

      Boundtoramble

      Comparei estas finais com as de 2001 no sentido de que acredito que os Miami depois de terem perdido o jogo inaugural (tal como os Lakers em 2001) ganharão o 2º em casa e os 3 fora, terminando com a série. Vieste com interpretações manhosas porque quiseste, mas percebo, porque até pelo comentário final do Márcio no post mais recente (indirecta para mim) percebi que sou um a mais neste blog e não devo comentar mais, por isso fiquem bem e saúde a todos ;)

      Eliminar
    3. ???
      Estás redondamente enganado, não era de todo qualquer indirecta para ti, nesse comentário referia-me ao argumento que li em alguns artigos hoje e que o Luis Avelãs disse no fim do jogo ontem que o LeBron tinha de jogar mais e fazer mais para os Heat ganharem (argumento com o qual não concordo e com o qual tu tens todo o direito de concordar ou discordar)! :)

      Eliminar
    4. Hidro, tenho pena que não continues por cá. Acho que numa comunidade como esta, todas as opiniões são bem vindas desde que dadas com lisura e não ofendendo ninguém. Cada um tem as suas simpatias, e seria uma chatice se fossem todos fãs da mesma equipa.
      Eu quando li o comentário do Bound, até concordei com aquele que é o ponto de vista dele: as finais de 2001 foram as de um jogador - Iverson - contra toda uma equipa extraordinária. Como dizia o Jordan, um jogador pode ganhar jogos, mas não consegue ganhar títulos. E foi o que aconteceu então, ganharam um jogo e depois sucedeu o que seria normal: ganhou a melhor equipa. Este ano, isso não se verifica, os Spurs não são uma One Man Bando como eram os Sixers de 2001. Creio que era isto a que se referia.
      Só agora li a resposta do Márcio e realmente nunca o vi dar indirectas a ninguém nem chutar ninguém para fora daqui (eu sei que ele não precisa de advogado de defesa, mas achei que era justo referir isto).

      Eliminar
    5. Stoudemire07/06/13, 23:20

      Esse Luís Avelãs está sempre desertinho para pegar em alguma coisa para dizer mal dele... Ainda ontem estava o Lebron de costas e a bola ressalta para perto dele e ele não nota e ele: "Tão o Lebron tá a dormir?". Aliás, basta ler o seu blogue para ver que está sempre à espera de derrotas de alguém para lhes cair em cima, mas quando têm sucesso tá quieto. Ver na sport tv é como jogos de futebol na tvi, no mute.

      Eliminar
    6. Continuo a pensar que são umas finais muito imprevisíveis, e que, apesar do resultado de ontem, tudo ainda pode acontecer, até Miami ganhar por 4-1. Contudo, vejo Duncan muito centrado e a jogar quase ao seu melhor nível. Ontem teve números muito relevantes 20p e 14r. Se continuar a aguentar-se nas canelas, vai fazer a vida negra aos Heat no jogo interior, e como alguém referiu, vai ser difícil Lebron voltar a fazer 18r num jogo. Parker parece ter pilhas, tem um arsenal de jogadas que é difícil de parar e Ginobili nestas alturas costuma agigantar-se. Leonard ontem também fez um grande jogo.
      Lebron e Wade fizeram bons jogos, mas Bosh e Haslem têm que fazer mais. 5 ressaltos para um pivot é brincadeira e sinceramente não entendo o que se passa com Bosh. Mas a continuar assim, não me admirava que a organização tentasse trocá-lo por um 5 mais efectivo.
      Há muito para jogar e, como disse, tudo pode acontecer. Vamos ver o que acontece nos jogos 2 e 3. Nessa altura já poderemos ter uma perspectiva mais apurada de qual possa ser o desfecho.

      Eliminar
    7. Hidrologic, não precisavas reagir assim, mas tu é que sabes. Só é pena porque somos poucos que gostamos disto e só nos temos uns aos outros para falar e andar às turras uns com os outros dentro dos límites correctos e sempre na desportiva. O meu comentário e opinião sobre o jogo também suscitou muitas críticas, mas o pessoal tá aqui é para isso, principalmente no meu caso, vou ler muita vez críticas e comentários às minhas opiniões, principalmente porque não sou praticante da modalidade e com certeza não tenho os conhecimentos que outros que aqui comentam têm, mas isso não me tira o entusiasmo de acompanhar o blog. Quanto ao Márcio, o Vic já deu a sua opinião e eu subscrevo.
      Fica bem também

      Eliminar
    8. Aqui está... dramatizar :P
      Hidro, não posso pedir desculpa pelo que disse nem insistir para que permaneças, porque não disse nada de mais nem acho que o disse de forma desrespeitosa. Se isto ainda fosse a escola dávamos uns pontapés e faziamos uns headlocks e no intervalo seguinte a coisa já estava esquecida lol

      Foi como o Vic disse: os 76ers eram um "one man show". Eram o Iverson mais um Mutombo de 35 anos que entrou a meio da época. Não se pode colocar os Spurs no mesmo saco que eles e estar à espera que estes percam 4 jogos seguidos, ainda para mais 3 em casa (agora só para me calar é o que vai mesmo acontecer lol!). Nem se pode comparar o percurso daquela equipa dos Lakers com estes Heat. Aqueles Lakers fizeram sweep aos Blazers, Kings e Spurs. Juntamente com os 76ers de 83 foram a equipa que esteve mais perto de fazer uns playoffs perfeitos.

      Eu caio muitas vezes aqui de pára-quedas, não sou dos comentadores mais assíduos e se calhar por essa razão nem tenho muita legitimidade para falar. A minha ressalva era mais com a tendência que o pessoal tem para dramatizar (se os próprios jogadores pensassem assim não tinhamos o privilégio de assistir às recuperações milagrosas que de vez em quando acontecem) e para dar opiniões mascaradas como factos e certezas absolutas.

      Agora vá: drible para a frente e siga o jogo :D

      Eliminar